Reavivados por Sua Palavra


EZEQUIEL 18 by Jeferson Quimelli
9 de janeiro de 2021, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/ez/18

Ezequiel 18 começa com um provérbio que era popular entre os exilados na Babilônia: “Os pais comem uvas verdes e os dentes dos filhos se embotam” (v. 2, NVI). Os exilados acreditavam que o julgamento que se abatera sobre eles era devido aos pecados de seus ancestrais e não deles, e que não havia nada que eles pudessem fazer a respeito. Eles falharam em reconhecer sua própria maldade e o papel que haviam desempenhado em trazer julgamento sobre si mesmos, e acabaram acusando Deus de ser injusto.

O restante do capítulo refuta esse falso provérbio, demonstrando o princípio bíblico básico de que “A alma que pecar, essa morrerá” (v. 4, ARA). Embora seja verdade que as gerações seguintes muitas vezes sofrem as consequências dos pecados da geração passada, a culpa de seus antepassados não é transferível para eles. Cada um é responsável por seus próprios pecados e, portanto, seus próprios atos serão a base da sua punição.

O apelo urgente da hora é o arrependimento, a mudança de rumo. Provisão é feita para que todos recebam “um coração novo e um espírito novo” (v. 31). E isso é GRAÇA!

Chawngdinpuii Chawngthu
Spicer Adventist University, Índia

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=1066
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Luis Uehara


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: