Reavivados por Sua Palavra


NEEMIAS 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
10 de dezembro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

631 palavras

Resumo do capítulo: Após momentos de confissão e renovação da aliança, é tempo de recompor a comunidade e encher a cidade (Andrews Study Bible).

1,2 Os exilados que retornaram eram poucos em comparação à população de Jerusalém nos dias dos reis. E porque os muros tinham sido construídos sobre as fundações originais, a cidade parecia esparsamente povoada. Neemias pediu que um décimo do povo das áreas afastadas se mudasse para dentro dos muros da cidade para evitar que grandes áreas da cidade ficassem vazias. Aparentemente estas pessoas não queriam se mudar para a cidade. Somente poucas pessoas foram voluntárias (v. 1, 2). Então Neemias fez um sorteio para determinar quem, do povo restante, deveria se mudar para a cidade. Muitos deles talvez não quisessem morar na cidade porque: (1) Não judeus colocaram um estigma sobre os residentes de Jerusalém por conta de suas crenças; (2) Mudar-se para a cidade envolvia reconstruir suas casas e restabelecer seus empreendimentos, um grande investimento de tempo e dinheiro; (3) Viver em Jerusalém requeria obediência estrita à Palavra de Deus por causa da maior pressão social e da proximidade do templo (Life Application Study Bible).

santa cidade. Esta indicação ocorre nas profecias (Is 48:2; 52:1;Dn 9:24;Jl 3:17), no entanto, é utilizada neste verso pela primeira vez na narrativa histórica. A partir de então, esse emprego se tornou mais frequente (ver Mt 4:5; 27:53; Ap 11:2; etc.) e até recebeu o nome arábico Al-Quds, “O santo lugar”. Isso foi mantido como seu nome oficial até agora (CBASD, Vol. 3, p. 483).

Israel. Esta palavra refere-se ao povo que voltou (Bíbla Shedd).

928. Benjamim forneceu duas vezes mais homens que Judá (v.6) para viver e proteger Jerusalém (Bíblia de Estudo NVI Vida).

16 trabalho externo Deveres fora do templo (cf 1Cr 26.29), mas relacionado com ele (Bíblia de Estudo NVI Vida).

18 284. É notável o número relativamente pequeno de levitas, comparado com 1.192 sacerdotes (somando os 822, 242 e 122 dos v. 12,13) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

20 sua herança. Provavelmente foram restauradas as antigas heranças das famílias sacerdotais e dos levitas, que existiram durante séculos, antes do cativeiro na Babilônia (Bíblia Shedd).

23 mandado do rei. Não de Davi, que regulamentou o serviço dos levitas (1Cr 25), mas do rei persa Artaxerxes I, que, ao que parece, designou uma remuneração diária proveniente da renda do rei para sustentar os cantores levitas. O motivo para este favor especial pode ter sido que o coro levítico orava “pela vida do rei e de seus filhos” (Ed 6:10) (CBASD, Vol. 3, p. 485).

25 aldeias. A palavra “aldeias” significa […] “lugares de acampamento” (Gn 25.16; Lv 25.31; Js 19.28). O fato de empregar-se essa palavra revela as péssimas condições de vida que o povo estava enfrentando (Bíblia Shedd).

Quiriate-Arba. [“Cidade de Arba”] Um nome antigo de Hebrom (Jz 1:10) que, aparentemente, foi baseado no nome de seu fundador Arba, um dos anaquins (Js 14:15; 15:13; 21:11). É interessante que o antigo nome tenha sido restaurado depois do cativeiro (CBASD, Vol. 3, p. 485).

30 desde Berseba até ao vale de Hinom. Do limite sul de Canaã até o Vale de Hinom, em Jerusalém – este era o território chamado Yehud, pelos persas (Bíblia Shedd).

Para fins práticos, as regiões norte e sul da antiga tribo de Judá são mencionadas neste verso, uma distância de 65 km em linha reta. O vale de Hinom ficava imediatamente ao sul de Jerusalém. Isto pode ser comparado com a expressão similar “desde Dã até Berseba” (CBASD,Vol. 3, p. 486).

31 Betel. Hoje Beitin, 17,6 km ao norte de Jerusalém. Betel desempenhou papel importante na história de Israel. Foi ali que Jacó sonhou com a escada que alcançava o céu (Gn 28). Durante o período do reino de Israel, Betel foi a localização de um dos dois templos apóstatas criados por Jeroboão I (1Rs 12:28, 29) (CBASD, Vol. 3, p. 486).

32 Nobe. Esta cidade, famosa pelo massacre de sacerdotes por Doegue, no tempo de Saul (1Sm 22:18,19), podia ser vista de Jerusalém (Is 10:32). Foi identificada provisoriamente como et-Tor, no monte da Oliveiras(CBASD, Vol. 3, p. 486).


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: