Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 22 by jquimelli
7 de outubro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/22

Davi tem um grande desejo. Ele quer que seu povo adore e encontre Deus no templo e sinta a presença de Deus com eles. Para isso, ele está preparando tudo. Pedras são preparadas, ferro, madeira e ouro são comprados em quantidades que dificilmente podem ser contadas. Este projeto está no coração de Davi. Lendo o capítulo, você pode realmente ver que Davi está 100% nele. Ele não está lutando contra a declaração de Deus de que ele próprio não poderia construir o templo. Ele faz o melhor possível e prepara o máximo que pode. Não é um presente único. Não está dando para que as pessoas possam ver. Não está dando para receber a glória: “Veja o que Davi construiu:”. Não, está dando no sentido que Jesus fala sobre dar. Sua mão esquerda não sabe o que sua mão direita deu. Este templo será conhecido como o templo de Salomão.

E nós? Onde está o nosso coração? Qual é a motivação para a nossa doação? Quão alegremente deixamos que outras pessoas recebam crédito e honra? Como preparamos nossos esforços para serem uma bênção após nossa morte?

Essas perguntas podem exigir arrependimento, uma inversão completa da direção de nossas vidas e estilo de vida. Que possamos aprender a dar livremente e apoiar a obra de Deus na Terra.

Kris Lenart, Conselheiro,
Amos Ministry, Áustria

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=606
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 22 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
7 de outubro de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 22 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
7 de outubro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

A casa para Deus deve ser melhor e bem mais elaborada que a nossa casa, pois para Deus sempre o melhor, sempre! Há muita gente que constrói um templo a Deus de qualquer jeito; porém, devemos fazer da melhor forma possível. Temos de fazer o melhor a Deus porque Ele deu o que de melhor tinha no Céu para nós, Seu Filho; o qual deu a Sua vida perfeita na cruz para nos livrar da vida imperfeita no pecado. Veja alguns princípios extraídos de I Crônicas 22:

1. Ao construir uma casa para Deus, escolha bem o local, o melhor lugar (v. 1);

2. Reúna o melhor material de construção: confira a qualidade, pois é para Deus (vs. 2-5);

3. Coloque alguém responsável, espiritual e dedicado a Deus para construí-lo (vs. 6-16);

4. Solicite o apoio total de toda a liderança da igreja no projeto de construção da Casa de Culto a Deus (vs. 17-19).

Não aceite morar numa casa melhor do que a casa de Deus. Empenhe-se para deixar bem preparada a Casa do Deus vivo que deu Seu Filho para dar a vida não só por você, mas também por tua família, por teus parentes, amigos, vizinhos, ou seja, para o mundo todo. Deus merece mais do que o melhor que podemos dar, mas aceita o melhor que podemos fazer! Não se satisfaça enquanto não ver a casa de culto bem preparada para a adoração ao Deus Todo-Poderoso. Incentive a tua igreja a melhorar a casa de adoração ao único Deus verdadeiro!

Todas as pessoas, de todos os lugares, de todas as épocas devem buscar ao Senhor Deus Criador. Quem não faz isso não perde a metade da vida, perde a vida toda, principalmente a vida eterna! No entanto, a orientação de Davi mostra que os líderes de uma nação e de uma igreja devem buscar a Deus de todo coração (I Crônicas 22:14-18). A mesma ordem deve ser atendida por cada um dos servos de Deus dos dias atuais. O imperativo é: “Disponde agora o vosso coração e a vossa alma para buscardes ao Senhor vosso Deus” (v. 19). Muitos líderes espirituais, no afã de buscar o crescimento de suas igrejas, deixam de buscar ao Senhor; outros preocupados com números e fama, esquecem de Deus e de sua doutrina. Por esse caminho vão muitos pregadores modernos, que não pregam a Palavra de Deus e não conduzem às pessoas à genuína e verdadeira adoração, porque chamam a atenção para si mesmos, pregam para agradar, massagear o ego e satisfazer carnalmente as pessoas que buscam alimento espiritual sólido. Muitos falam o que o público quer ouvir não o que Deus quer falar. Deus deixou de ser o centro e o primeiro, não só na vida das pessoas, mas até na vida da igreja. Precisamos de uma reforma espiritual baseada na Bíblia, temos de parar de pregar doutrinas de homens e passar a pregar as doutrinas de Deus; temos de levar as pessoas a se entregarem de todo coração e alma a Deus. Só podemos fazer isso pelas pessoas se já estivermos fazendo isso de coração!

Adore a Deus. Louve o nome santo do Senhor do Céu e da Terra. Reconheça Sua infinita Soberania. Exalte o Seu poder. Faça isso diariamente com ousadia e fé, com reverência e respeito. Glorifique ao teu Deus que te ama, que te protege e te sustenta. Deixe Deus ser Deus no teu coração, porque do Universo Ele já é. Como o tema dominante em I Crônicas é o templo e seu serviço, esse deve ser o tema dominante em tua e em minha vida.

O capítulo 22 foca nos preparativos para o templo que o Rei Davi fez depois de ter alcançado a paz por meio do poder de Deus frente aos inimigos de Israel. Porém, ele não poderia edificar o templo de um Deus santo tendo derramado muito sangue em guerras (v. 8). Foi então que Salomão recebeu a incumbência de seu pai para construir o templo. Todavia, antes de construí-lo, Davi incentivou seu filho a ser fiel a Deus em tudo a fim de obter sucesso. Estas palavras de orientação ao verdadeiro sucesso servem para cada um de nós nos dias de hoje, porque Deus é o mesmo e deixou tais palavras inspiradas para nossa orientação. Desta maneira, expresso meu desejo a você, querido leitor, com as seguintes palavras: Desejo a você que “o Senhor te dê prudência e entendimento… a fim de que guardes a lei do Senhor teu Deus. Então prosperarás, se tiveres o cuidado de guardar os estatutos e juízos que o Senhor mandou… Esforça-te e tem bom ânimo. Não temas, não te desalentes” (vs. 12-13).

Não há melhor legado de um pai para seu filho do que o legado espiritual. Todo pai deveria ensinar seu filho a ser fiel a Deus como Davi ensinou seu filho Salomão (Leia I Crônicas 22). Pais, sejam pais segundo o coração de Deus a fim de que tenhas filhos segundo o coração de Deus. Reavivamento e reforma espiritual acontece primeiro em casa antes de acontecer na igreja. Busquemos esse reavivamento de forma séria! Tenha um excelente dia adorando a Deus e seja próspero!  – Heber Toth Armí



1Crônicas 22 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
7 de outubro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Que o Senhor te conceda prudência e entendimento, para que, quando regeres sobre Israel, guardes a lei do Senhor, teu Deus” (v.12).

Não seria Davi o edificador da Casa do Senhor, mas isso não o impediu de contribuir com o melhor que tinha para que seu filho a edificasse. Davi aplicou os últimos anos de sua vida neste sentido, e “com penoso trabalho” (v.14), preparou abundância de materiais para a construção do templo.

Salomão, por sua vez, era “homem sereno” (v.9). A palavra sereno significa pacífico, tranquilo, manso, calmo, que não se perturba, que não se atemoriza. Eis como foi Salomão. Sobre ser sereno, o escritor James Allen escreveu: “O homem sereno descobre em si mesmo a fonte da felicidade e do conhecimento, fonte que nunca seca”. Concordo com o resultado que concluiu acerca da serenidade, só não concordo com a forma de encontrá-la. Não conseguimos e nem podemos buscar a serenidade em nós mesmos, porque ela é um dom que procede de Deus. Salomão recebeu paz e tranquilidade porque o Senhor lhe concedeu (v.9), e porque buscou em Deus “prudência e entendimento” (v.12).

Salomão teve a oportunidade de pedir o que quisesse a Deus, e uma coisa ele pediu: “Dá, pois, ao teu servo coração compreensivo para julgar a Teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal” (1Rs.3:9). O pedido de Salomão agradou a Deus e explica o fato de o haver escolhido para a edificação de Sua Casa. Salomão não apenas seria o edificador do templo físico, mas o seu trono seria para sempre estabelecido (v.10). Nunca mais haveria um reinado terreno tão próspero e tão memorável quanto o de Salomão.

O Senhor deseja derramar sobre cada um de Seus filhos abundância de serenidade e de entendimento. Assim como Salomão recebeu de Deus uma grande missão, Deus também nos chama para cumprirmos a Sua obra hoje: “Dispõe-te, pois, e faze a obra, e o Senhor seja contigo!” (v.16). Salomão teria consigo “trabalhadores em grande número” (v.15). Mas a realidade que Cristo nos apresentou, mostra um quadro diferente: “A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a Sua seara” (Mt.9:37-38). É por isso que a Bíblia chama o povo de Deus dos últimos dias de “restantes”, “os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus” (Ap.12:17).

A prosperidade que o mundo tem supervalorizado é muito diferente da prosperidade como resultado da obediência. A maioria das pessoas se recusa a ouvir as instruções do Senhor, mas exige receber as Suas bênçãos. Dispor o coração e a alma para buscar ao Senhor não se trata de esperar algo em troca, e sim de dar o primeiro passo na direção do centro da vontade de Deus; “então, prosperarás” (v.13). Fato é que o mundo carece de pessoas serenas e prudentes, que na teoria, e principalmente na prática, revelem a glória de Deus. Precisamos rogar a Deus que aumente o número de trabalhadores, mas também necessitamos vigiar e orar constantemente para que o Senhor nos confirme em Sua obra.

Meus amados, não é tempo de brincar de ser cristão, é tempo de uma entrega genuína, autêntica. É tempo de “penoso trabalho” (v.14) em favor dos que estão ao nosso redor perecendo. É tempo de ser “forte e corajoso” (v.13) e não ter medo diante das dificuldades. É tempo de buscar ao Senhor de todo o coração, e renunciar tudo aquilo que tem nos afastado dEle. Então, Ele nos acrescentará dia após dia os que serão salvos (At.2:47) e conservará o nosso galardão (Ap.22:12). Que a nossa vida seja verdadeiramente “santuário de Deus… porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado” (1Co.3:17). Vigiemos e oremos!

Bom dia, serenos e prudentes do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Crônicas22 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 22– VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
7 de outubro de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 22 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
7 de outubro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

204 palavras

2 estrangeiro. Em heb ger significa “residente tolerado”. A obra era tão árdua que os homens livres não participavam da mesma. Bíblia Shedd.

5 Moço e tenro. Isto quer dizer que Salomão não tinha experiência. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 188.

8, 9 Em 1Rs 5.3 Salomão explica que Davi estava ocupado demais com as guerras. A nuança do cronista é um pouco diferente – não somente que as guerras ocupavam tão grande parte do seu tempo, mas que Davi, em algum sentido, era contaminado por elas por causa do derramamento de sangue. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Davi estava ritualmente contaminado pelo derramamento de sangue (Bíblia Shedd).

9 Salomão. O nome hebraico Shelomoh significa “homem de paz” e está ligado à palavra hebraica shalom, que quer dizer “paz, prosperidade e saúde”. Bíblia de Estudo Andrews.

Seu nome. Os pais atribuíam grande importância aos nomes dos filhos. Com frequência, esses nomes correspondiam a traços de caráter que os pais desejavam que seus filhos tivessem (ver PR, 481). Salomão também tinha outro nome, Jedidias (2Sm 12:25), “por amor do Senhor”. CBASD, vol. 3, p. 189.

19 casa, que se há de edificar ao nome do SENHOR. A verdadeira morada de Deus é no Céu, mas seu nome habita na Terra. Bíblia de Estudo Andrews.




%d blogueiros gostam disto: