Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 18 by jquimelli
3 de outubro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/18

O relato bíblico nos informa que Davi reinou sobre todo o Israel fazendo o que era reto e justo para todo o seu povo. Como é feliz o povo cujos governantes administram com justiça, não oprimindo os pobres ou favorecendo aos poderosos nos tribunais.

Devido a fidelidade de Davi, Deus lhe concedeu vitória após vitória contra seus inimigos. Ele humildemente reconheceu que a vitória contra estes poderosos inimigos somente somente havia sido possível graças a proteção de Deus sobre os seus soldados. A prata e ouro conquistados dessas nações Davi consagrou ao Senhor.

Um reino próspero e justo não se constrói da noite para o dia. Levou tempo para que Davi conseguisse todas estas vitórias. Os altos oficiais do governo foram importantes para a prosperidade política e espiritual da nação. Com a ajuda deles, Davi estendeu o seu reino até próximo ao rio Eufrates (1Crônicas 18:3).

A construção de um caráter nobre também leva tempo. O Espírito Santo utiliza circunstâncias e pessoas para nos ajudar a vencer nossas falhas de caráter. Agradeça aqueles que tem sido uma influência positiva em sua vida. Dê a eles um lugar de honra em suas memórias e em suas orações.

Pai querido, obrigado pelos homens e mulheres que me incentivaram a dar passos na direção dos Teus sonhos para mim.

Jobson Santos
UNASP
Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=602
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 18 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
3 de outubro de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria

55



I CRÔNICAS 18 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
3 de outubro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

O relato das vitórias de Davi deve incentivar-nos a vencer como ele venceu: dependendo do Deus que nunca perde nenhuma batalha.

O teólogo africano Nupanga Weanzana, comentando este capítulo declara:

“Essa seção está dividida em três partes, cada uma começando com a mesma expressão: Depois disto… (18:1; 19:1; 20:4). A primeira parte (18:1-17) faz menção de diversas guerras, sendo a primeira contra os filisteus, os tradicionais inimigos de Israel. Davi conquistou a cidade de Gate e os territórios que estavam sob a jurisdição dos filisteus (18:1) — na verdade, cidades israelitas que os filisteus ocupavam desde a morte de Saul (10:7). Davi também derrotou os moabitas (18:2), os siros (18:3-10) e os edomitas (18:12-13). Os detalhes dessas batalhas não são relatados porque a intenção é destacar o produto das pilhagens que Davi consagrou a Deus. Por exemplo, em 18:8 lemos que Salomão utilizou o bronze que Davi tomou de Hadadezer para fazer o mar de bronze, as colunas e outros objetos do templo (cf. IRs 7:13-51). Todas as vitórias são atribuídas não à bravura de Davi, mas a Deus. Duas vezes encontramos a sentença o Senhor dava vitórias a Davi, por onde quer que ia (18:6,13)”.

Reflita:

• Deus não é contra que tenhamos recursos para sustentar nossa família. Ele é contra que confiemos mais nesses recursos do que nEle.
• Deus não quer que morramos de fome ao colocarmos Seus princípios em prática, como perder o emprego por causa da guarda do sábado; Ele não quer que confiemos mais no emprego do que nEle.
• Deus não é devidamente adorado quando valorizamos mais nossos míseros salários do que a Ele.

Analise:

• Tudo o que somos e temos devemos a Deus; certamente que, sem Ele nada seríamos.
• Verdadeiro sucesso se obtém fazendo um pacto de fidelidade com Deus.
• Não são as vitórias que fazem alguém ser grande, é Deus Quem engrandece aos humildes.
• Tudo o que somos e temos deve ser consagrado ao Senhor para que Ele faça o que quiser conosco.

Embora seja difícil viver na contramão deste mundo cujos valores estão invertidos e, as pressões sociais nos oprimem, com Deus em primeiro lugar em nossa vida e tendo Sua Palavra como guia, obteremos muitas vitórias sobrenaturais.

Priorize Deus e Sua Palavra; então, vencerás! – Heber Toth Armí.



1CRÔNICAS 18 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
3 de outubro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… e o Senhor dava vitórias a Davi, por onde quer que ia” (v.13).

Davi subiu ao trono de Israel não apenas como um rei, mas como um valente guerreiro e justo juiz. Com a mesma coragem com que desafiou a fúria de Golias, Davi enfrentava cada batalha certo de que o Senhor dos Exércitos ia à sua frente. Em cada conquista, tudo era dedicado a Deus, e boa parte separada para a construção do futuro templo. Certamente, o reinado de Davi tornou-se conhecido entre os povos e, como homem de guerra era temido pelas nações da Terra.

Apesar de sua fama nas batalhas, era um homem que também as evitava, sempre que possível. Quando proposta, a paz era feita em forma de alianças políticas através do pagamento de tributos e de mão-de-obra escrava. Em sua função como juiz, “julgava e fazia justiça a todo o seu povo” (v.14). Na lista de seus oficiais estão inclusos alguns de seus valentes, sendo que seus filhos “eram os primeiros” ao seu lado (v.17). Se os registros de Davi fossem limitados ao que temos visto até agora neste livro, sua biografia poderia ser considerada a de um perfeito governante.

Mas, por algum motivo, o Senhor escolheu revelar as quedas de Davi e deixá-las registradas nas Escrituras. Davi foi vitorioso nos conflitos externos, mas teve de enfrentar terríveis derrotas em conflitos internos. Às escondidas com Bate-Seba, ou na ousadia de levantar um censo sem a permissão de Deus, o bravo monarca teve de encarar de frente as consequências de seus pecados, e o seu pior inimigo: ele mesmo. “Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim” (Sl.51:3).

É fácil ficar em pé diante da vitória, difícil é permanecer da mesma forma em face da derrota. Davi foi considerado um homem segundo o coração de Deus não por causa de suas conquistas, mas porque permitiu que suas quedas se tornassem em degraus para estar mais perto do Senhor. Ele não encontrava desculpas para o pecado, mas o confessava em profundo arrependimento: “Pequei contra Ti, contra Ti somente, e fiz o que é mau perante os Teus olhos” (Sl.51:4).

Às vezes o que nos falta é justamente essa confissão e entrega. Nas vitórias, reconhecer que foi a mão do Senhor. Nas derrotas, clamar por Seu perdão e auxílio. O “Senhor dava vitórias a Davi, por onde quer que ia” (v.6) não porque houvesse em Davi mérito algum, e sim porque Davi confiava em Deus e em Seu amor, como está escrito: “Porque a Mim se apegou com amor, Eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o Meu nome” (Sl.91:14).

Apegue-se ao Senhor! Prossiga em conhecê-Lo! Confesse-Lhe os seus pecados! E as mesmas bênçãos e promessas lhe acompanharão por onde quer que você vá. Vigiemos e oremos!

Bom dia, apegados ao amor de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Crônicas18#RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 18 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
3 de outubro de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 18 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
3 de outubro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

193 palavras

As grandes vitórias de Davi sobre os filisteus, os sírios e outras nações são narradas neste capítulo. Dessa forma, seu reino se expandiu principalmente para o norte e nordeste. Este capítulo é paralelo a 2Sm 8:1-14. Bíblia de Estudo Andrews.

2 O cronista omite o tratamento severo dos moabitas registrado em 2Sm 8.2. Bíblia de Estudo NVI Vida.

4 Jarretou. Isto é, cortou os tendões. A prática consistia em cortar os tendões das patas traseiras a fim de deixar o animal inválido. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 176.

Esta prática incapacitava os cavalos para uso militar. Bíblia de Estudo Andrews.

12 Vale do Sal. Conhecido como Arabá, localizado ao sul do Mar Morto. Bíblia de Estudo Andrews.

14 julgava e fazia justiça. Expressão bíblica comum que descreve a execução de justiça verdadeira. Bíblia de Estudo Andrews.

15 Zeruia. Irmã de Davi (1Cr 2:16). Portanto, Joiada era sobrinho de Davi. CBASD, vol. 3, p. 176.

Ver em 11.4-6; 2Sm 5.6-8 como Joabe conseguiu a sua posição de comandante do exército. Bíblia de Estudo NVI Vida.

17 guarda real (ARA; NVI: “queretitas e peletitas”). Tropa mercenária cujos integrantes vinham da região do mar Egeu. Eles permaneceram leais em tempo de rebelião. Bíblia de Estudo Andrews.




%d blogueiros gostam disto: