Reavivados por Sua Palavra


JOSUÉ 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
21 de abril de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

553 palavras

Depois do povo atravessar o rio, qual seria o próximo passo? Conquistar a terra? Não ainda. Primeiro, Deus os orientou a erigir um memorial com 12 pedras retiradas do rio por 12 homens, um de cada tribo. Isto parece ser um passo insignificante em sua missão de conquistar a terra, mas Deus não queria que se lançassem a ela despreparados. Eles deveriam se focar em Deus e se lembrar de quem os estava guiando. Quando você estiver ocupado fazendo as tarefas da obra de Deus, aquiete-se por alguns momentos, tempo para que você construa seu próprio memorial do poder de Deus. Muita atividade pode retirar seu foco de Deus.Life Application Study Bible Kingsway.

e levantaram doze pedras do meio do Jordão. As pedras representam as doze tribos de Israel. Com elas se erigiu uma coluna memorial em Gilgal (20). Deus, sabendo da nossa deficiência humana de esquecer, sempre facilita, por um meio ou outro, a lembrança dos grandes eventos relacionados com a nossa salvação. Note-se, por exemplo, as festas de Israel e a Ceia do Senhor e, também, o batismo neotestamentário. Bíblia Shedd.

9 Outras doze pedras foram colocadas no leito do rio e se tronariam visíveis sempre que as águas baixassem. Era uma visível demonstração, portanto, de que Israel estivera, uma vez, naquelas profundezas. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento. F. B. Meyer.

18 Somente a presença da arca mantinha as águas amontoadas. E é assim que Jesus se coloca entre nós e qualquer coisa que possa engolfar-nos, principalmente o pecado e a morte (Hb 2.14). Não aconteça que, rejeitando-a, rejeitemos nossa única salvação. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento. F. B. Meyer.

19 no dia dez do primeiro mês. Esse é o dia em que o cordeiro pascal devia ser escolhido (Êx 12.3), sublinhando a conexão entre a travessia do rio Jordão e o êxodo. Ver vs. 23; 5.10.

Gilgal. Em geral identificada com as ruínas de Khirbet el-Mafjer, quase 4 km a nordeste de jericó. Bíblia de Estudo NVI Vida.

21, 22 É de suma importância educar os filhos naquilo que Deus fizera, particularmente tudo que Ele nos ensina na Sua Palavra. É de se notar que por deixar de cumprir a este mandamento específico, mais do que por qualquer outro motivo, Israel foi levado à idolatria e desviou-se de Deus em poucos anos, como deparamos nos tempos dos juízes. Bíblia Shedd.

24 todos os povos da terra. As maravilhas dos caps. 3-4 teriam efeitos que ultrapassariam a geração imediata e iriam muito além do povo de Israel (2.10; 5:1; cf 12.3). As admiráveis obras de Deus na Bíblia deveriam afetar aqueles que ouvem falar delas, tão poderosamente como aqueles que as vêem (Êx 10.2; Jo 20.30-21). Bíblia de Genebra.

O Senhor desejava que Sua relação com Israel se transformasse em uma lição prática para toda a humanidade. O povo não devia, em egoísmo, reter para si o conhecimento do Deus verdadeiro e de Seu poder para salvar. Esse conhecimento devia se estender por toda a Terra em resultado da correta educação dos filhos (ver v. 22), que, por sua vez, deveriam se tornar missionários. à medida que os israelitas crescessem em número e influência, toda a Terra aprenderia sobre o verdadeiro Deus e O glorificaria. No entanto, Israel fracassou e, posteriormente, Cristo deu a mesma ordem aos discípulos (Mt 29:19, 20). A “palavra da reconciliação” hoje é confiada a nós (2Co 5:19). Não podemos fracassar. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 180.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Que mantenhamos a tocha da reconciliação a crepitar em todas as comunidades que fazemos parte, a primeira delas é a família, depois a igreja e só então com as bases da fé mais encorpada saíamos a comunidade propriamente dita que são as proximidades da igreja, reconciliando-os com nosso Salvador! Reavivemo-nos!!!

Comentário por pantojacarlos




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: