Reavivados por Sua Palavra


HEBREUS 2 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
19 de agosto de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos” (v.1).


A negligência quanto ao estudo da Bíblia resulta em apatia espiritual e fraqueza para vencer as tentações que nos assaltam. O chamado para que nos apeguemos às verdades do Senhor com mais firmeza, no entanto, envolve não só o conhecimento teórico das Escrituras, mas o conhecimento prático. A distribuição dos dons do Espírito Santo e a manifestação deles é o testemunho de Deus na Terra através daqueles que se dispõem a fazer a Sua vontade. Envolve a entrega da própria vida aos cuidados do Espírito a fim de que a nossa mente seja renovada e possamos não somente compreender, mas “experimentar qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12:2).

É através desta experiência, que deve ser diária, que nos é dada mais luz e entendimento acerca da Palavra de Deus e passamos a viver debaixo da graça de um Deus que constantemente nos dá provas inquestionáveis de Seu cuidado e amor para conosco. Este conhecimento prático nos ensina a depender mais e mais do Senhor, paulatinamente nos faz crescer em graça e sabedoria, além de nos motivar a amar o nosso próximo na devida proporção exigida pela régia Lei. Deus deseja ardentemente que Seus filhos O busquem com o coração contrito e humilde, a fim de que não sejam as nossas vis expectativas alcançadas, mas as expectativas divinas, cujo fim é proveitoso e cuja perspectiva é eterna.

O “Autor da salvação” (v.10) experimentou viver neste mundo de pecado e sentir na pele a nossa triste condição. Em tudo foi tentado, mas em nada pecou, tornando-Se o nosso Substituto e provando “a morte por todo homem” (v.9). E “aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo” (v.14), foi vencido pela morte de Cristo que nos dá a fiel esperança de nossa eterna redenção. Como Deus “misericordioso e fiel Sumo Sacerdote” (v.17), Ele deseja nos purificar e santificar conforme a nossa entrega e busca pessoal pelo aperfeiçoamento. O diligente exame das Escrituras é uma poderosa arma conferida por Deus aos homens de encontrar seguro refúgio contra as artimanhas do Maligno. Sobre os enganos do adversário, escreveu Ellen White:

“Por meio de todo artifício possível, Satanás tem procurado invalidar o sacrifício do Filho de Deus, tornar inútil Sua expiação e Sua missão um fracasso. Ele tem afirmado que a morte de Cristo tornou desnecessária a obediência à lei e possibilitou que o pecador caísse nas boas graças de um Deus santo sem abandonar o seu pecado. Ele tem declarado que a norma do Velho Testamento foi rebaixada no evangelho e que os homens podem ir a Cristo, não para serem salvos de seus pecados, mas em seus pecados” (Fé e Obras, p. 79).

Não crer no Filho não se trata apenas de negar a Sua existência ou divindade, mas permanecer no pecado transformando a misericórdia divina em assentimento da vontade humana. Não foi para que permaneçamos no pecado que Ele foi feito, “por um pouco, menor que os anjos” (v.7), mas para que, seguros em Seus méritos, confiemos de que Ele “é poderoso para socorrer os que são tentados” (v.18). “Coroado de glória e de honra” (v.9), Jesus nos concede o direito de participarmos de Sua vitória e das recompensas eternas que o Senhor nos prometeu. “Como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação?” (v.3). Apegue-mo-nos, portanto, “com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos” (v.1). O nosso Sumo Sacerdote está prestes a encerrar a Sua obra nos corações e a declarar perante o Universo: “Eis aqui estou Eu e os filhos que Deus Me deu” (v.13; Is 8:18). Que Ele nos encontre com nossas lâmpadas bem acesas.

Feliz semana, apercebidos às verdades eternas!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Hebreus2 #RPSP

Deixe o seu comentário:


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Se fazer um de nós… que grande atitude. Pra salvação ser completa e, não deixar espaço pro diabo, Ele se tornou igual a nós, porém sem pecado. Que atitude.

Comentário por Vilmar Ismael Moura.

Feliz em te-la como conselheira.

Comentário por Anesio Rosalem




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: