Reavivados por Sua Palavra


TITO 1 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
14 de agosto de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“No tocante a Deus, professam conhecê-Lo; entretanto, O negam por suas obras; é por isso que são abomináveis, desobedientes e reprovados para toda boa obra” (v.16).


Após sairmos das cartas a Timóteo, um jovem “mestiço” quanto à sua origem, entramos na carta escrita por Paulo a Tito, um jovem grego, ou seja, um gentio. Realmente as associações de Paulo se tornaram uma afronta ao orgulho judaico. Seu ministério aos gentios foi divinamente conduzido e sustentado, e de outra forma não poderia ter alcançado êxito. Debaixo de duras provas, por muitas vezes sentiu-se esmagado e gravemente oprimido, mas o Senhor o confortava com o apoio, amor e orações de amáveis irmãos. Tito foi um forte replicador do evangelho e sua firmeza de caráter e fé inabalável o tornaram um importante líder, principalmente na igreja de Corinto (2Co 8:16-23). E, da mesma forma que Paulo orientou a Timóteo como a um filho amado, Tito foi igualmente orientado, como “verdadeiro filho, segundo a fé comum” (v.4).

Muitos eram os enganos que se alastravam entre a igreja primitiva através de “muitos insubordinados… especialmente os da circuncisão” (v.10). Ou seja, judeus professos convertidos ao cristianismo ainda oprimiam o povo a manter as tradições das leis que consistiam em ordenanças. Com a adesão dos gentios à igreja, não admitiam que não seguissem com rigor as leis judaicas e, com isso, pervertiam “casas inteiras” (v.11). O contexto da igreja de Creta era sobremodo preocupante e Tito foi enviado por Paulo a fim de servir como um freio de Deus aos judeus insensatos daquele lugar. No entanto, a severa repreensão daquele líder não deveria despertar-lhes o ódio, e sim conduzi-los ao sincero arrependimento, “para que [fossem] sadios na fé” (v.13).

A advertência foi proclamada e ecoa, hoje, aos nossos ouvidos: “e não se ocupem com fábulas judaicas, nem com mandamentos de homens desviados da verdade” (v.14). O mundo cristão seria tão diferente e não teríamos mais de quarenta mil placas de igrejas se todos buscassem com ardente zelo examinar as Escrituras. Se cada cristão dedicasse um tempo de seu dia para estudar a vida de Jesus, o nosso sublime e perfeito Exemplo, este título seria reconhecido em cada canto do planeta assim como o foi, pela primeira vez, em Antioquia (At 11:26). Aqueles judeus cretenses professavam conhecer a Deus e ao Seu Cristo, mas estavam bem longe disto. Suas obras, palavras e intenções os reprovavam, perante o Céu, “para toda boa obra” (v.16). Suas falácias e fingimento, no entanto, encontravam resistência frente aos verdadeiros filhos de Deus. Revestido do dom de discernimento de espíritos, Paulo reconhecia a malícia deles como quem vê a podridão no interior de uma fruta.

Colocar em ordem uma casa em desordem demanda tempo e muito trabalho. A igreja de Creta precisava ser ordenada e os presbíteros eleitos, a fim de que pudesse crescer e dar bons frutos. A escolha desses líderes deveria seguir os mesmos critérios listados por Paulo em sua primeira epístola à Timóteo. Homens de Deus que por preceito e por exemplo, fossem “homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo” (EGW, Educação, p. 57); que não temessem chamar o pecado pelo nome e erguer a bandeira de Cristo acima de todos os “mandamentos de homens” (v.14). No entanto, Tito teria de identificar os gananciosos, “impuros e descrentes” (v.15), repreendê-los com severidade e mantê-los afastados do convívio com as famílias da igreja.

Diante do fato de que “casas inteiras” (v.11) eram pervertidas por falsos ensinos, precisamos estar com os olhos bem abertos para a nossa realidade que não dista muito daquela. Destruindo as famílias, Satanás destrói o núcleo da igreja, bem como da sociedade. Que como “eleitos de Deus”, nossa fé esteja bem firmada “no pleno conhecimento da verdade segundo a piedade, na esperança da vida eterna que o Deus que não pode mentir prometeu antes dos tempos eternos” (v.1-2). Meus irmãos, sejamos sóbrios e vigilantes, primando pela nossa salvação e de nosso lar, sabendo que “ainda dentro de pouco tempo, Aquele que vem virá e não tardará” (Hb 10:37).

Bom dia, verdadeiros filhos de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Tito1 #RPSP

Deixe um comentário


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Estar nas fileiras da Obra do Evangelho requer um senso de missão abarcante e de profunda seriedade. Respirar as virtudes do fruto do Espírito são apenas algumas credenciais na vida desse líder incansável. Só um poder do Alto e escolha constante pela armadura do Senhor forjarão tais líderes.

Comentário por Claudio Goncalves




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: