Reavivados por Sua Palavra


I TIMÓTEO 1 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
4 de agosto de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

I TIMÓTEO 1 – Timóteo era jovem quando pastoreava a grande metrópole de Éfeso, capital da Ásia Menor. Ele era natural de Listra, região da Licaônia. Seu pai era grego e sua mãe judia.

Embora fosse fruto de um casamento caracterizado de jugo desigual e não ter sido circuncidado como todo menino judeu, Timóteo foi educado na religião bíblica por sua mãe, Eunice, e sua avó, Loide.

Apesar de ter recebido excelente educação, o jovem pastor era tímido. Ele não era destemido, ousado e dinâmico; era sensível e acanhado. Consequentemente, tinha tendência ao desânimo.

• Nesta carta, temos o legado de Paulo de como os líderes experientes e os administradores eclesiásticos devem lidar com líderes espirituais jovens, sensíveis e tímidos como Timóteo.
• Também, os jovens obreiros encontram nesses relatos inspirados o que realmente Deus espera de Seus ministros aqui no mundo.

O primeiro contato de Paulo com Timóteo foi durante sua primeira viagem missionária (Atos 16:1-3), que resultou em companhia para o apóstolo em outras viagens. Teve um tempo em que se separaram, mas logo se encontraram novamente em Atenas, de onde saiu com mensagem do apóstolo aos tessalonicenses. Depois, mestre e pupilo encontraram-se em Corinto.

Na sequência, na terceira viagem missionária do apóstolo, Timóteo o acompanhou durante três anos em Éfeso, de onde Paulo o enviou aos cristãos problemáticos de Corinto. Ao retornar, acompanhou Paulo na visita à Grécia fazendo parte da sua equipe missionária.

Observe o início da primeira carta de Paulo a Timóteo, conforme George W. Knight:

1. Saudação (vs. 1-2);
2. Mandamento de Paulo a Timóteo para que resista diante das falsas doutrinas e impulsione o evangelho e seu objetivo, que é o amor:
• O mandamento, o objetivo e uma descrição dos falsos mestres (vs. 3-7);
• Uso legítimo da Lei (vs. 8-11);
• A comissão e conversão de Paulo como exemplo da verdade do evangelho (vs. 12-17);
• Responsabilidade de Timóteo com o exemplo negativo de Himeneu e Alexandre (vs. 18-20).

Introvertidos podem parecer inadequados ao padrão de líder conforme o mundo (e até para muitos membros da igreja), mas não para Deus.

Quem desvaloriza os introvertidos revela desinformação ou desprezo pela diversidade criada por Deus. Assim como as digitais, cada pessoa tem seu jeito de ser; e Deus pode usar a todas!

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: