Reavivados por Sua Palavra


JONAS 2 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
18 de dezembro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

1. Jonas … orou. Esta oração notável narra a história do livramento de Jonas. Ele era, sem dúvida, um homem de oração, tanto nos momentos de angústia, quanto nos de ira (2:1; 4:1, 2). Bíblia de Estudo Andrews.

A oração descreve a experiência de Jonas enquanto esteve no ventre do peixe. Ele reconhece o livramento como um fato consumado. As passagens que falam de oração respondida e de libertação, provavelmente, são expressões da forte fé de Jonas na sua libertação e da certeza divina de que sua vida havia sido poupada. A oração de Jonas faz referência a certos salmos. … Sempre que estiverem em necessidade, os filhos de Deus têm o precioso privilégio de apelar a Ele por ajuda. Não importa quão inadequado possa ser o local, os ouvidos misericordiosos de Deus estão abertos a seu clamor. Lugares desolados e obscuros se transformam em verdadeiro templo através da oração de um filho de Deus. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1107.

2-9 Salmo de ação de graças por ter sido livrado da morte no mar. Jonas relembra sua oração por socorro ao afundar-se nas profundezas. A gratidão é intensificada pela conscientização de que merecia a morte, mas que Deus lhe outorgou misericórdia extraordinária. A linguagem desse cântico revela que Jonas estava familiarizado com Salmos. Bíblia de Estudo NVI Vida.

2 Abismo. Do heb. she’ol, o lugar figurativo da morada dos mortos (ver com. de Pv 15:11). CBASD, vol. 4, p. 1107.

Me lançaste. A linguagem poética desta seção descreve uma pessoa afundando nas profundezas do mar. Bíblia de Estudo Andrews.

5. As algas se enrolaram. Há dúvidas quanto a interpretar esta linguagem altamente poética de forma literal. Jonas está descrevendo o destino de alguém consignado às profundezas, portanto, com imagens dramáticas e vívidas,. CBASD, vol. 4, p. 1107, 1108.

6. fundamentos. A imagem da base das montanhas [fundo do mar] com ferrolhos [prisão virtual] dramatiza o confinamento, o desespero e a ameaça à vida que caracterizaram a experiência de Jonas no mar. Bíblia de Estudo Andrews.

7. Jonas disse: “Quando, dentro de mim, desfalecia a minha alma, eu me lembrei do SENHOR”.Muitas vezes, agimos do mesmo jeito. Quando a vida está indo bem, confiamos no cuidado de Deus; Mas quando perdemos a esperança, clamamos por Ele. Esse tipo de relação com Deus só pode resultar em uma vida espiritual inconsistente, ascendente e descendente. Um compromisso consistente e diário com Deus promove um relacionamento sólido com ele. Olhe para Deus durante os tempos bons e maus, e você terá uma vida espiritual mais forte. Life Application Study Bible Kingsway.

9. Ao SENHOR pertence a salvação! O âmago desta prece celebra a intervenção milagrosa divina para resgatar Jonas por meio de um peixe. … As criaturas obedecem à voz do Senhor. Os seres humanos foram dotados com a prerrogativa singular de dizer não. Bíblia de Estudo Andrews.

Foi necessário um milagre de libertação para fazer com que Jonas fizesse o que Deus ordenara. … A história de Jonas começou com uma tragédia, mas uma maior tragédia teria acontecido se Deus lhe permitisse continuar correndo. Quando você sabe que Deus quer que você faça algo, não corra. Deus pode não impedi-lo como fez com Jonas. Life Application Study Bible Kingsway.

10. Falou. Deus está no controle das criaturas que Ele fez. O conhecimento desse fato fundamental fortalece contra teorias falsas sobre Deus, que O descrevem como sujeito às leis naturais ou como parte inseparável da própria natureza. A concepção bíblica de Deus é que Ele é o criador da natureza, aquele que, à parte dela, dirige e sustenta o universo, e que está sobre todas as coisas (ver Jó 38, 39, Sl 19; Cl 1:12-17; Ap 14:7). CBASD, vol. 4, p. 1108.

 


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: