Reavivados por Sua Palavra


II Samuel 9 by jquimelli
12 de abril de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Neste capítulo vemos o rei Davi sendo bondoso com a descendência de seu inimigo do passado, o rei Saul. Davi pediu que qualquer parente vivo de Saul fosse trazido a ele e, assim, o filho de Jônatas, Mefibosete, foi levado a Davi. O rei tratou dele muito gentilmente e restaurou-lhe a propriedade de Saul.

Qualquer cristão que tenha feito inimigos no passado sabe que em determinado momento Deus o fará desejar transpor a barreira. Isso é exatamente o que Davi está fazendo aqui e o Espírito Santo inspirou o autor para selecionar este bom acontecimento na vida do rei como um exemplo do que é correto fazer. Ele sente que tem de fazer a restauração o mais breve possível, mesmo que isso demore alguns anos para se concretizar. O Espírito Santo quer que façamos o mesmo com nossos relacionamentos quebrados e que também aprendamos a ser pacificadores.

Querido Deus,
Ajude-nos a dedicar nosso tempo e energia a construir pontes onde as anteriores foram queimadas, parcial ou totalmente, especialmente se devido às nossas próprias ações ou envolvimento. Em nome de Jesus oramos. Amém.

Koot van Wyk
Kyungpook National University
Sangju, Coréia do Sul

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2sa/9 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2sa/9 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/2sa/9/
Texto traduzido anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/01/16/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: II Samuel 9
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: Patriarcas e Profetas, cap. 20



II Samuel 9 – Comentário Pr Heber Toth Armí by jquimelli
12 de abril de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

II SAMUEL 9 – A graça divina imbuída na alma humana age na desgraça alheia! “Onde há alguém para que eu pratique o bem?”

Davi, neste capítulo, anseia por algum remanescente familiar de Saul para demonstrar amor prático. O único era um neto aleijado: Mefibosete! O qual, sentindo-se extremamente insignificante, questionou Davi e suas graciosas intenções:

– “Quem sou eu para merecer sua atenção: um cão morto como eu?”.

Mas Davi não fez questão de responder, apenas deixou que seu amor, bondade, graça e misericórdia falassem mais alto que suas palavras. Portanto, “Mefibosete viveu em Jerusalém, participando todos os dias da mesa do rei. Ele era aleijado de ambos os pés” (v. 13).

Esses treze versículos em apreço nos revelam o amor de Deus agindo miraculosamente em Davi para com alguém que não poderia oferecer-lhe benefício. No mundo hodierno existem muitos Mefibosetes porque nos faltam pessoas como Davi!

Ore por transformação. Medite:

1. Quando líderes políticos governam no Espírito do Rei do Universo, necessitados do mundo crerão no governo; do contrário, ninguém acredita que deles poderão surgir bondade, amizade e amor altruísta.

2. Muitos vivem em lugares como Lo-Debar: Insalubres, esquecidos, deprimentes, inseguros e sem futuro. Quando pessoas que reconhecem a bondade de Deus – como Davi – compartilham suas bênçãos, tornando-se esperança, alegria e restauração aos pobres coitados.

3. Comer à mesa era um costume cultural que implicava intimidade. Davi levou à mesa real o neto aleijado de seu perseguidor: Isso é incrível! Nos dias atuais, até amigos se visitam pouco… quanto mais filhos de inimigos!

4. O amor altruísta está desaparecendo de nossa sociedade, pois está sendo sufocada pelo amor egoísta, interesseiro – falso! Nem mesmo a igreja cristã está livre dessa fatídica ameaça.

O antídoto contra o amor egoísta é viver o amor altruísta. Todo miserável pecador que aceita a misericórdia do Salvador oferece o amor prático aos miseráveis sofredores.

QUEM…

• …experimenta a graça divina tem o suficiente para compartilhá-la aos que vivem na desgraça.
• …reconhece sua necessidade e experimenta o amor e o perdão de Deus, oferece favor até aos familiares de quem o prejudicou.
• …aceita a salvação, torna-se agente do evangelho aos inválidos, imprestáveis e desprezíveis da sociedade.

Façamos a diferença a quem sofre pela indiferença! “Senhor, torna cada crente num agente de amor!” – Heber Toth Armí.



II Samuel 9 – Comentários selecionados by jquimelli
12 de abril de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

9.1 – 20.26 Esses capítulos, junto com 1Rs 1.1-2.46, são muitas vezes mencionados como a “história da Corte de Davi” e aclamados como um dos exemplos mais primorosos de narrativa histórica que o mundo antigo já produziu. Seus pormenores íntimos e precisos marcam-nos como obra de uma testemunha ocular [e não de quem ouviu de “segunda mão”]. Bíblia de Estudo NVI Vida.

O cap.9 é posterior ao incidente do cap 21.1-14. Bíblia Shedd.

que eu use de bondade…? Davi não se esqueceu da sua promessa a Jônatas (v. 1Sm 20.15, 42). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Ziba. Homem desleal e ambicioso (16.1-4; 19.24-30). Bíblia Shedd.

da bondade de Deus. Isto é, da bondade motivada por Deus. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 695.

Ainda há um filho. Parece que Mefibosete, com medo de perder a vida, havia se escondido tão bem, que seu paradeiro eera conhecido apenas por alguns dos amigos mais íntimos da casa de Saul. CBASD, vol. 1, p. 695, 696.

Maquir. Segundo parece, um rico benfeitor de Mefibosete que posteriormente socorreu Davi (17.27). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Mais tarde, Davi colheria os frutos da bondade demonstrada à casa de Saul, pois, quando fugia de Absalão, Maquir, filho de Amiel, reagiu com liberalidade ao fornecer as provisões necessárias a ele e a seu exército (2Sm 17:27-29). CBASD, vol. 1, p. 696.

5, 6 Mefibosete teve medo de visitar o rei, que queria tratá-lo como um príncipe. Apesar de Mefibosete temer por sua vida e se sentir indigno, isso não significa que ele deveria recusar as dádivas de Davi. Quando Deus graciosamente nos oferece perdão de nossos pecados e um lugar no Céu, nós podemos nos sentir indignos, mas receberemos estas dádivas [gifts, no original] se as aceitarmos. Uma recepção ainda mais calorosa do que a que Davi concedeu a Mefibosete espera por todos que recebem as dádivas de Deus através de Jesus Cristo, não porque as merecem, mas por causa da promessa de Deus (Efésios 2:8, 9). Life Application Study Bible Kingsway.

prostrando-se, com o rosto em terra. Mefibosete percebeu que sua vida estava à mercê do rei. CBASD, vol. 1, p. 696.

Não temas. Davi sabia que, enquanto qualquer descendente de Saul estivesse vivo, seu próprio trono poderia estar em risco. No entanto, sua natureza generosa, juntamente com a promessa que fizera a Jônatas, o motivaram a ter uma atitude de bondade e misericórdia. CBASD, vol. 1, p. 696.

comerás pão sempre à minha mesa. A expressão não precisa ser tomada literalmente. O sentido básico é que aquele a quem fosse mostrado tal favor devia, daí por diante, ser sustentado pela generosidade do rei- em outras palavras, devia receber uma pensão vitalícia. Nesse sentido é que os 400 profetas do poste-ídolo comiam “da mesa de Jezabel” (1Rs 18:19). CBASD, vol. 1, p. 696.

cão morto como eu (NVI). Expressão de profunda humildade. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Os cães selvagens do antigo Oriente se alimentavam das carniças da comunidade, e eram olhados com repugnância. Um cão morto era a coisa mais desprezível que se podia imaginar. CBASD, vol. 1, p. 697.

10 quinze filhos e vinte servos. O número de homens trabalhando nas terras mostra que as propriedades eram extensas. O número também indica o poder de Ziba e sua ameaça em potencial para Mefibosete (16:3; 19.26). Bíblia de Genebra.

11 como um dos filhos do rei. Por seu grande amor por Jônatas, Davi fez de Mefibosete seu filho adotivo. Andrews Study Bible.

12 Quando Davi começou a reinar, Mefibosete tinha cinco anos (4.4). Mas ele agora já tem um filho pequeno, Mica, que continuará a descendência de Jônatas (1Cr 8.35). Bíblia Shedd.

Tanto quanto se sabe, Mefibosete teve apenas um filho, Mica, mas a posteridade de Mica foi numerosa (1Cr 8:35-40; 9:40-44). CBASD, vol. 1, p. 697.

13 Ele era coxo. Devido a esta deficiência, Mefibosete foi impedido de sair de Jerusalém quando da insurreição de Absalão. Foi o ato de Mefibosete permanecer em Jerusalém que deu plausibilidade à acusação de que ele era desleal (2Sm 16:3; 19:25-27). CBASD, vol. 1, p. 697.



II Samuel 9 – Comentário Rosana Barros by jquimelli
12 de abril de 2016, 0:20
Filed under: Sem categoria
#rpSp #2Samuel9
“Disse Davi: Resta ainda, porventura, alguém da casa de Saul, para que use de bondade para com ele, por amor de Jônatas?” (v. 1)
Havia um filho esquecido. Um rapaz aleijado dos dois pés que jamais imaginou o que estava para acontecer em sua vida infeliz. Quando Davi vê o filho de seu melhor amigo, exclama: “Mefibosete!” (v. 6). Davi exulta em saber que poderá cumprir com a aliança feita entre ele e Jônatas. Cuidaria de seu filho sem se importar de forma alguma com a sua limitação física. A aceitação de Mefibosete na família real foi tão verdadeira, que participava das refeições à mesa do rei. Davi não mediu esforços para fazer com que Mefibosete se sentisse em casa.
A palavra de ordem hoje é hospitalidade. Davi, com certeza, nos deixou uma aula de hospitalidade no capítulo de hoje. Mas o que é ser hospitaleiro? É apenas receber alguém em casa? De acordo com o dicionário, hospitaleiro é aquele que é acolhedor, que recebe as pessoas com satisfação, com alegria. E é, sem dúvidas, uma característica essencial na vida do cristão. A arte em recepcionar, em acolher pessoas vem lá de Abraão, quando este recebeu dois anjos e o próprio SENHOR (Gênesis 19). Abraão não sabia que os três homens que fez questão de acolher com carinho e atenção eram visitantes celestes. Da mesma forma, a Bíblia nos diz que também podemos acolher anjos sem saber: “Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos” (Hebreus 13:2). E não para por aí.
O apóstolo Paulo também aconselha: “compartilhai as necessidades dos santos; praticai a hospitalidade” (Romanos 12:13). Pedro ainda vai além: “Sede, mutuamente, hospitaleiros, sem murmuração” (1 Pedro 4:9). Não como por obrigação, meus amados, mas por amor. Hospitalidade é nada mais, nada menos, que acolher com amor! Cristo é o maior Hospitaleiro e nos deixou o exemplo. Mas como, se as Escrituras dizem que Ele não tinha nem onde reclinar a cabeça, quanto mais uma casa para receber pessoas? Cristo era a própria casa por onde quer que fosse. Em cada lugar onde passava recebia Seus filhos com generosidade e olhar afetivo. Hoje temos a oportunidade de sermos “casa espiritual” (1 Pedro 2:5), oferecendo aos que estão ao nosso redor o banquete do pão da vida (Mateus 4:4).
A hospitalidade deve nos acompanhar ao trabalho, à escola, à faculdade, ao supermercado, à fila de um banco. Ou seja, a nossa vida deve ser uma casa que esteja sempre de portas abertas para acolher e compartilhar do Pão do Céu que um dia mudou a nossa história. Temos em nossas mãos a oportunidade e o privilégio de sermos acolhedores de anjos e de futuros vizinhos da Pátria Celeste.
Querem um passo à passo de como receber bem? Vejamos: “Dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2:10); “Dar-lhe-ei do maná escondido” (Apocalipse 2:17); “Lhe darei uma pedrinha branca… escrito um nome novo” (Apocalipse 2:17); “Dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã” (Apocalipse 2:28 ); “Será assim vestido de vestiduras brancas” (Apocalipse 3:5); “Entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, Comigo” (Apocalipse 3:20); “Dar-lhe-ei sentar-se Comigo no Meu trono” (Apocalipse 3:21). Deus é, sem dúvida alguma, a própria hospitalidade!
E assim como Davi acolheu como um membro da família uma pessoa que poderia ser uma ameaça ao seu reino, um marginalizado pela sociedade, o SENHOR, muito em breve, acolherá você e a mim em Sua própria Casa e de uma forma que jamais merecemos. Pela amizade entre Davi e Jônatas, Mefibosete foi salvo do infortúnio e do descaso. Por nossa amizade com Deus seremos salvos por meio de Jesus Cristo.
Sejamos, pois, hospitaleiros ambulantes, levando o Evangelho prático aonde quer que formos!
Bom dia, casas espirituais!
*Leiam #2Samuel 9
Rosana Garcia Barros



%d blogueiros gostam disto: