Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 27 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
28 de julho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

1. A confiança serena em Deus, que caracteriza o  cristão (Rm 8:28; Fp 4:11), o capacita a enfrentar o futuro sem medo, mesmo que, assim como o descrente, não consiga ver o que acontecerá no dia de amanhã.

3. O peso da pedra e a leveza da areia  são enfatizados a fim de preparar a mente para refletir sobre o peso esmagador do mau humor e de ataques desarrazoados de insensatos irritadiços.

4. A ira e a raiva são explosões súbitas que passam rápido, mas a inveja e o ciúme consistem em emoções de combustão lenta, que esperam anos pela oportunidade de derramar o ódio que corrói a alma sobre o inimigo (ver Pv 6:34; Ct 8:6). A inveja foi o  primeiro pecado a introduzir sua presença misteriosa no universo perfeito (ver Is 14:13, 14). Caso tivesse feito sua estreia com um ataque súbito de violência, a natureza da emoção ficaria aparente de imediato para os anjos e poucos teriam deixado sua lealdade a Deus para simpatizar com um mal tão declarado.

5. … aquilo que nunca é demonstrado ou expresso não pode ajudar a outra parte. O amor deve agir; caso contrário, desaparece aos poucos.

7. Nada apetece quem está saciado; mas tudo é delicioso para o faminto.

8. O ser humano deve ficar contente de permanecer em casa e não buscar prazeres mais empolgantes fora.

14. O cumprimento em voz alta de alguém que se levantou cedo só para adular não é genuíno; em vez disso, trata-se apenas de um meio de assegurar alguma vantagem. Esses cumprimentos devem deixar a pessoa tão alerta quanto se houvesse recebido uma ameaça (ver Lc 6:26; Gl 1:10).

17. … a maioria considera que o significado [de afiar] é de aumentar a sabedoria e a iniciativa do amigo, por meio do auxílio mútuo e da concorrência, assim como o ferro de uma lima ou de um martelo afia uma lâmina de ferro.

18. Este provérbio também pode apontar para segurança desfrutada pela pessoa que produz a maior parte daquilo que come e veste. Ela se deixa afetar menos pela subida e queda dos preços ou pela escassez causada por greves e manipulações do mercado. Pois recebe uma recompensa direta pelo labor e cuidado que emprega em suas plantações (ver CBV, 188-193).

19. O ser humano vê no outro um reflexo dos próprios pensamentos e sentimentos. Quanto mais aprende a entender sua mente e seus motivos, melhor compreende os dos outros, mesmo que não consiga ver seus pensamentos (ver I Co 2:11).

20. Quanto mais o indivíduo tem, mais quer. O egoísmo é a paixão dominante do ser humano não regenerado. Por isso, não há limite para suas ambições, nem para a destruição e morte que pode ocasionar aos outros no processo (ver Pv 30:15, 15; Ec 1:8; cf I Jo 2:15, 16).

22. As mulheres moíam o grão em pilões com um bastão pesado, usando toda a força dos braços e das costas. essa imagem representa de forma vívida que nem mesmo o castigo mais severo é capaz de curar a loucura de um insensato.

25. Ou, “o pasto fica nu”, isto é, toda a relva é cortada e ajuntada a fim de abrir espaço para capim novo. O feno das colinas era cortado e armazenado. Tudo isso faz parte do cuidado necessário para formar a imagem de prosperidade retratada nos dois versículos seguintes.

26. Os bodes darão lucro suficiente para comprar o campo.

27. O leite de cabra era alimento comum na Palestina. Era usado fresco e coalhado, doce e azedo, frio e quente. a carne dos bodes também era ingerida (ver Ex 23:19; Lv 7:23; Lc 15:29).

Fonte: Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3.    JAQ/GASQ


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: