Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
5 de julho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

697 palavras

3 Filho em companhia de meu pai. Ao usar esta expressão, Salomão parece sugerir mais do que um relacionamento comum. Era ele quem correspondia às esperanças e à aspiração do pai. CBASD, vol. 3, p. 1079.

4 Ele me ensinava. Neste versículo, Salomão parece citar as palavras de Davi das quais se lembrava. CBASD, vol. 3, p. 1080.

5 Adquire a sabedoria. See este era um conselho típico de Davi para seu filho preferido, não surpreende que Salomão tenha pedido sabedoria quando recebeu a oportunidade de solicitar uma bênção especial (1Rs 3:5-15). CBASD, vol. 3, p. 1080.

12 Não se embaraçarão. O caminho estreito é amplo o suficiente para quem segue sempre em frente. A sabedoria ensina os seres humanos a seguir o caminho direito (Mt 7:14). Se Salomão houvesse dado ouvidos a este conselho o tempo inteiro, seus pés nunca teriam se desviado para caminhos com pedras de tropeço, que o levaram à desgraça diante de Deus e dos homens (1Rs 11:1-13). CBASD, vol. 3, p. 1080.

14 Não entres. Comparar com Sl 1:1. Permanecer na presença do pecado e de pecadores é tirar o verniz da consciência, tornando mais fácil se assentar com os escarnecedores. Por isso a advertência de se manter à distância é repetida seis vezes (Pv 4:15, 16). CBASD, vol. 3, p. 1080.

16 Pois não dormem. A diversificada carreira de Davi o colocou em contato com muitas pessoas más, e ele conhecia muito bem a sinistra compulsão dos pecadores em induzir os outros a se unir a eles em seu pecado. CBASD, vol. 3, p. 1080.

18 A vereda dos justos. Quanto mais perto de Deus o ser humano está, mais tempo e esforço dedica a obter o conhecimento do Senhor, por meio do estudo da Bíblia em espírito de oração – assim a luz brilha cada vez mais. … A transladação colocará a aparência exterior em harmonia com o brilho interno dos santos sem pecado (ver GC, 470, 476). CBASD, vol. 3, p. 1080.

19 O caminho dos perversos. A escuridão que cega os que insistem em seguir os próprios caminhos é tão enganosa que eles pensam ser os que encontraram a verdadeira luz. Tropeçam e caem sem saber. Para elas, as revelações do juízo chegarão como uma temerosa surpresa (ver Mt 25:44; GC, 640, 654). CBASD, vol. 3, p. 1080.

22 Saúde. A relação íntima entre mente e corpo parece ser apontada neste versículo.  A sabedoria e o entendimento levam cura tanto ao corpo quanto à alma. A insensatez, a falta de compreensão, a ansiedade e a culpa são causas comuns de problemas mentais e físicos (CBV, 241). CBASD, vol. 3, p. 1080.

23 Guarda o coração. Ou seja, “guarda a mente” (ver com. de Pv 2:10). A purificação da mente é o primeiro requisito para uma vida sem pecado. O bem e o mal vêm daquilo que enche o coração, ou a mente (ver Lc 6:45). O pecado é a indulgência aos desejos  de um coração pecador e enganoso (Jr 17:9), daí a necessidade de vigiar a mente, para mantê-la submissa a Deus, o único capaz de conservá-la pura (ver Ef 4:17, 23). CBASD, vol. 3, p. 1080, 1081.

24 A perversidade dos lábios. A língua é o órgão mais difícil de se controlas (Tg 3:1-12). Somente com a pureza da mente e a vigilância constante da língua se consegue subjugar este órgão perverso. Aquilo que a língua fala é um bom indicativo do estado da mente. A fofoca, em especial sobre assuntos desagradáveis, revela uma mente ainda repleta de interesses terrenos. Palavras iradas mostram que o orgulho e a vontade própria dominam. Todo desvio da língua deve nos levar a buscar o Senhor, pedindo a purificação da mente (Sl 101:5; Pv 6:12; Mt 12:34; Pv 12:2). CBASD, vol. 3, p. 1081.

25 Olhem direito. Quando o coração está firmado no caminho da retidão, os olhos deixam de vagar sem rumo. A vida moderna das cidades cerca o transeunte de milhares de tentações de todos os tipos. Não há proteção melhor do que seguir em frente, com os olhos fixos no alvo final. Na caminhada cristã, deve-se manter os olhos fixos em jesus, a fim de se obter salvação (Hb 12:2). CBASD, vol. 3, p. 1081.

26 Pondera. Pesar mentalmente. Este procedimento levaria de todos os obstáculos que poderiam fazer os pés tropeçarem. A pureza de coração, a verdade no falar e a singularidade de propósito tornam possível a conquista de uma vida de paz. Estas qualidades trazem a própria recompensa, e a esta Deus acrescenta Sua bênção. CBASD, vol. 3, p. 1081.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: