Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 2 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
3 de julho de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Porque o Senhor dá a sabedoria, e da Sua boca vem a inteligência e o entendimento” (v.6).

Para que possamos tomar decisões bem acertadas, é necessário haver uma prévia comunicação com a fonte do conhecimento. Através da oração, nossa mente é elevada ao trono da graça e renovada pela fé no plano divino. Nossas aspirações tornam-se cada vez mais íntimas com a vontade de Deus, de forma que, orientados pelo Espírito Santo, caminhamos “na sinceridade” (v.7). Aceitar, esconder, fazer, inclinar, clamar, buscar, procurar, indicam as ações associadas com uma vida de harmonia entre orar e agir. Como Jesus, necessitamos subir ao monte da oração, mas descer de lá com mantimento suficiente para suprir as necessidades de outros.

Os veios da “verdadeira sabedoria” (v.7) devem correr de nossa vida para outras. O pedido de Salomão não foi com vistas a satisfazer um desejo egoísta, mas refletiu em seu reinado, e até hoje surte efeitos por meio de seus escritos. Quantos de nós estamos afligindo o coração perante o Senhor em busca da sabedoria altruísta? Como guardadores dos nossos irmãos, estamos dispostos a entregar ao Senhor o pouco que temos a fim de dEle recebermos alimento suficiente para as multidões?

Deus “conserva o caminho dos Seus santos” (v.8), os iluminando com o resplendor de Sua graça e bondade. Esse reflexo torna-se em inconfundível testemunho ao mundo de que há um povo sábio e inteligente, que diverge das massas falidas e corrompidas pela fragilidade de suas ambições terrenas. Logo, todos terão tomado sua decisão definitiva. Haverá apenas dois grupos: “os que caminham na sinceridade” e em “todas as boas veredas” (v.7, 8) e os que andam “pelos caminhos das trevas” e “que se alegram de fazer o mal” (v.13, 14).

A sabedoria é um presente oferecido por Deus ao homem em doses diárias perfeitamente dosadas ao estudante assíduo de Sua Palavra. Ninguém que humildemente clame a Deus por sabedoria fica sem recebê-la. O dia a dia pode até conferir algumas quedas e fracassos. No entanto, ao andar “pelo caminho dos homens de bem” (v.20), o Espírito Santo os conduz e guarda até o momento em que “habitarão a terra” (v.21). “Não clama, porventura, a Sabedoria, e o Entendimento não faz ouvir a sua voz?” (Pv.8:1). Ouve, pois, e atende ao apelo que, dentro em breve, encerrará o seu prazo. Vigiemos e oremos!

Bom dia, homens e mulheres de bem!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Provérbios2 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: