Reavivados por Sua Palavra


NEEMIAS 13 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
12 de dezembro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Ouvindo eles, o povo, esta lei, apartaram de Israel todo elemento misto” (v.3).

A ausência de Neemias em Jerusalém provou a força de sua influência e a fraqueza de caráter do povo, principalmente por parte de seus líderes. O período em que ele retornou ao palácio do rei Artaxerxes foi suficiente para que o povo quebrasse a aliança estabelecida e voltasse a transgredir a Lei de Deus. Casamentos mistos, mau uso da Casa de Deus, negligência quanto à devolução dos dízimos e comércio no dia de sábado despertaram o zelo de Neemias e o fizeram agir de maneira ainda mais enérgica.

A presença de Tobias no templo e a honra que lhe foi dada pelo próprio sacerdote, fazendo “para este uma câmara grande” (v.5) no lugar em que deveriam ser depositados os dízimos e as ofertas do Senhor, foi o fator determinante para Neemias iniciar as reformas necessárias. Atirando “todos os móveis da casa de Tobias fora da câmara” (v.8), sua atitude se assemelha à atitude de Jesus, quando purificou o templo expulsando os cambistas e derrubando as mesas “e as cadeiras dos que vendiam pombas” (Mt.21:12).

Aquele ato de sua indignação foi seguido por um discurso de repreensão aos magistrados, um protesto contra os que trabalhavam no sábado, uma ameaça contra os negociantes e vendedores reincidentes e uma sessão de agressões físicas contra alguns dos judeus que “haviam casado com mulheres asdoditas, amonitas e moabitas” (v.23). Certamente, Neemias tornou-se alguém respeitado e temido, pois não admitia que em seu governo houvesse quem cometesse injustiça sem que fosse por isso punido e corrigido.

Movidos pelo Espírito Santo, Neemias e Esdras, cada um em sua esfera de influência, agiram conforme suas funções lhes exigiam. Mesmo que em uma função administrativa, Neemias desempenhou o seu trabalho com o temor e tremor de quem realizava, acima de tudo, uma obra espiritual. Apesar de sua firmeza um tanto severa em reconduzir o povo à obediência, seu coração era motivado pelo amor; amor a Deus e amor àqueles que tão rapidamente haviam se desviado da Lei do Senhor.

Enfrentar o erro e buscar corrigi-lo nunca foi tarefa fácil. É necessário, porém, capacitação do alto para que a correção seja eficaz em seus efeitos. Enquanto Neemias pôde, fez de tudo para orientar seus irmãos conforme a Lei de Deus. Foi perseguido, caluniado, ameaçado, mas em nenhum momento bateu de frente com a oposição ou questionou seus inimigos. Com prudência, ignorou as mentiras e orou por livramento e justiça. Sua vida de comunhão com Deus lhe conferia a autoridade de admoestar e corrigir ainda que isto lhe custasse poucos amigos e muitos inimigos.

Em tempos em que toda repreensão é considerada um julgamento, precisamos ter muito cuidado para não inibirmos a atuação do Espírito Santo e nem tampouco agirmos como justiceiros. Assim como a Bíblia também é útil para repreender e corrigir (2Tm.3:16), Deus também ainda tem servos fiéis que Ele usa neste mister, mas sempre com cautela e sabedoria. E o melhor método de todos sempre será o exemplo de uma vida totalmente dedicada ao Senhor. Como diz Jesus: “Pelos seus frutos os conhecereis” (Mt.7:16).

A observância do sábado, a proibição do jugo desigual e a devolução dos dízimos e das ofertas ainda são mandamentos em vigor que têm sido negligenciados. Que pela graça de Deus e pelo poder do Espírito Santo, sejamos testemunhas de Jesus no mundo, “manifestos como carta de Cristo… não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus” (2Co.3:3 e 5). Vigiemos e oremos!

Bom dia, fiéis servos do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Neemias13 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: