Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 15 – COMENTÁRIO PR HEBER by jquimelli
29 de outubro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

II CRÔNICAS 15 – O povo de Deus está tão sem apetite espiritual hoje como esteve na época do rei Asa. Quando as coisas de Deus parecem não atrair o povo é preciso alguém que lhes abra os olhos diante das perplexidades da vida pela falta de paz, harmonia e felicidade como fez o profeta Azarias (II Crônicas 15).

Alguns passos devem ser dados para recobrar o ânimo e o alento espiritual de quem está indiferente:
1. Alguém cheio do Espírito Santo deve ser usado por Deus para falar a líderes do povo de Deus (v. 1).
2. Falar palavras positivas, encorajadoras e não fazer críticas ou falar palavras depreciativas (v. 2).
3. Explicar a situação real em que o povo vive fazendo um Raio-X da sociedade e da igreja de forma espiritual (vs. 3-6).
4. Escolher as mais positivas palavras para animar e empolgar quem já não está tão empolgado com as coisas de Deus (v. 7).

A igreja moderna não está apenas precisando de um despertamento espiritual, ela também carece de líderes sábios, cheios do Espírito Santo que falem equilibradamente. Muitos se levantam tentando levar a igreja a um reavivamento sem o Espírito Santo, tais pessoas fazem estragos na igreja, causam divisões, e em vez de reforma espiritual eles deformam espiritualmente a igreja. De um lado, pessoas legalistas revelam-se zelosas enquanto, pelo outro lado, os liberais tentam defender seus fracos pontos de vista; tanto legalistas quanto liberais estão errados. O equilíbrio só tem quem tem o Espírito Santo regendo seu ser!

A nossa geração espiritual está dormindo. Está enferma e não sabe. Está carente de Deus, e corre atrás de coisas para tentar preencher o vazio da alma. Há muitos compradores compulsivos, outros vivem o capitalismo, outros estão obcecados pelo dinheiro e trabalho enquanto outros o estão pelo poder e, tem uma multidão buscando todo tipo de prazer. Já não tem prazer na igreja, não têm tempo para Deus, não oram mais e nem leem a Bíblia, muito menos pregam o evangelho. A vida se resume em correria, trabalho e contas para pagar e ainda se dizem espirituais. Precisamos de pessoas que tenham fome de Deus e sede da Sua Palavra. Falta de apetite espiritual é doença que precisa ser tratada, e Jesus tem a solução (Mt 4:4; Ap 3:17-18). As reuniões de oração estão morrendo em nossas igrejas, as pessoas não tem pressa para orar como tem para trabalhar! O reconhecimento de estar distante de Deus é o primeiro passo para uma restauração espiritual (2Cr 15:8). Logo após reconhecer isso, deve-se tirar de dentro de casa tudo o que Deus não aprova (vs. 8, 16) e, por fim, renovar o culto a Deus e consagrar-lhe a vida (v. 8, 12, 15). A partir destes passos Deus age, protege, dá vitórias e paz ao Seu povo (vs. 7, 15, 19). Uma igreja moldada pelo mundo, enfraquecida pelas forças diabólicas e detonada pelas investidas satânicas só poderá obter vitórias através do poder de Deus sobre ela. Clamemos por esse poder, ele está a nossa disposição!

Quando a igreja tem a presença, a bênção e a intervenção de Deus em resposta à consagração, dedicação e reavivamento espiritual do povo, muito pessoas são atraídas a ela (2Cr 15:9-12). Igrejas que não recebem visitas e não têm batismos, é carente de Deus e de um reavivamento espiritual que as desperte e restaure. Quando o povo de Judá se consagrou a Deus, os apostatados de Israel deixaram as tradições religiosas instituídas por Jeroboão e correram para onde Deus estava presente (v. 9) ofereceram-Lhe sacrifícios (v. 11) e se consagraram a Ele (v. 13). Precisamos da presença poderosa de Deus em nossos cultos, em nossas igrejas; assim que as pessoas perceberem que Deus está em nossa igreja, elas virão de todas as direções e religiões apostatadas e se unirão a nós. Quando o Espírito Santo enche a igreja com a gloriosa presença de Deus, os corações dos membros são renovados e restaurados, o povo se inclina e se rende ao Salvador Jesus. E ela se levanta com ousadia no poder do Espírito Santo para alcançar os perdidos, libertar os cativos, incendiar o coração com o fogo do Espírito daqueles que estão se congelando nas frias trevas do mundo; assim ela atrairá multidões aos pés da cruz de Cristo. Recursos são trazidos à igreja pelos membros antigos que estavam apáticos (v. 18) e a igreja se torna poderosa e operosa. Eu como pastor, sonho isso para as igrejas que Deus me confiou! Oro por isso sempre e me coloco à disposição de Deus; e você, o que vai fazer? – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: