Reavivados por Sua Palavra


2CRÔNICAS 15 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
29 de outubro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Entraram em aliança de buscarem ao Senhor, Deus de seus pais, de todo o coração e de toda a alma” (v.12).

Asa não só promoveu reformas religiosas, mas reformas espirituais que mudariam o curso da nação. À semelhança do Reino do Norte, Judá se envolveu com os deuses estrangeiros e levou para dentro de seu território as mesmas abominações que o Senhor havia condenado. O terceiro rei de Judá liderou o povo num verdadeiro movimento de reavivamento e reforma, que foi confirmado e abençoado pelo Senhor através das palavras de Azarias.

A obediência de Asa gerou uma assembleia solene, reunindo “todo o Judá e Benjamim e também os de Efraim, Manassés e Simeão que moravam no seu meio, porque muitos de Israel desertaram para ele, vendo que o Senhor, seu Deus, era com ele” (v.9). E após oferecerem grande “sacrifício ao Senhor” (v.11), foi feita uma aliança nacional “de buscarem ao Senhor, Deus de seus pais, de todo o coração e de toda a alma” (v.12). “Todo o Judá se alegrou por motivo deste juramento”, e o “Senhor lhes deu paz por toda a parte” (v.15).

A reforma promovida por Asa não excluiu os de sua própria casa. Até mesmo sua mãe foi deposta “da dignidade de rainha-mãe”, por ter feito “uma abominável imagem” (v.16), que Asa cuidou de destruir e queimar. Mas houve um porém: os altos “não foram tirados de Israel” (v.17). Uma mancha foi ignorada e aquele cujo coração “foi perfeito todos os seus dias” (v.17), colheria no futuro as terríveis consequências de tal concessão.

Nunca houve tempo em que se falasse tanto de reavivamento e reforma como nos últimos anos. Homens e mulheres têm se dedicado à obra de renovar “o altar do Senhor” (v.8) e preparar um povo que esteja pronto para o segundo advento de Cristo. Contudo, sem incitar juízo infamatório ou julgamento prévio, precisamos ponderar acerca do que temos visto e ouvido. Há a urgente necessidade de mudança no meio do povo de Deus, mas não é a mera aparência de piedade que identifica a verdadeira adoração. “Mas, quando, na sua angústia, eles voltaram ao Senhor, Deus de Israel, e O buscaram, foi por eles achado” (v.4).

Toda reforma deve ser resultado de um reavivamento. Os dois andam juntos. Reavivamento sem reforma é presunção. Reforma sem reavivamento é legalismo. O prefixo “RE” significa “duas vezes”. Reavivamento, então, é viver novamente, é buscar de volta a imortalidade perdida no Éden. Reforma é buscar de volta a forma original, a imagem e semelhança do nosso Criador, que foi corrompida pelo pecado. Portanto, o movimento de reavivamento e reforma é o caminho de volta para o Paraíso, e deve ter início em nosso coração.

A nossa busca, porém, precisa ser diária e constante, e não pode depender da fidelidade alheia. É importante ter pessoas ao nosso redor que nos animem e encorajem pelo caminho; referências que nos revelem o quanto vale a pena ser fiel a Deus. Entretanto, não podemos e não devemos depositar toda a nossa confiança em pessoas, para que as decepções não abalem a nossa fé.

Diante de um cenário profético em rápido andamento, que a nossa vida seja governada pelo Espírito Santo, e ensinada, corrigida, repreendida e educada na justiça pela Palavra de Deus, “a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm.3:15-16). E “sede fortes, e não desfaleçam as vossas mãos, porque a vossa obra terá recompensa” (v.7). Vigiemos e oremos!

Bom dia, perfeitos de Deus!

Desafio da semana: Vamos fechar com chave de ouro a oitava semana do desafio da saúde, com o último remédio natural: confiança em Deus. Prepare uma caixa ou um pote da gratidão. No final de cada dia escreva somente motivos de agradecimento e deposite ali. Na próxima terça-feira separe um momento para reler os agradecimentos e perceber o quanto o Senhor tem sido bondoso com você. Gratidão gera saúde! Faço votos por tua saúde!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #2Crônicas15 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Obrigado por me reanimar a cada leitura com suas sábias palavras Rosana Barros, a cada nova leitura da Biblia, tento compreender a mensagem de Deus para mim naquele dia e já fico curiosa pra saber o que tem no seu post. Não é para exaltá-la jamais, sempre lembro das palavras sábias “…que Ele cresça e eu diminua”, mas por mero agradecimento por sua dedicação santificada em Cristo Jesus.

Comentário por Jouseline

Bom dia, amada irmã!
Deus seja louvado por tudo! Sou um mero instrumento e entendi suas palavras. É o que peço ao Senhor, que eu diminua e Ele cresça, pois só assim esta obra pode produzir muito fruto. Que o Espírito Santo continue nos reavivando por Sua Palavra. Peço que ore por mim e por este ministério que também tem uma equipe abençoada por trás, inclusive meu marido, Ivan. Deus te abençoe! 🛐❤😘

Comentário por nanalipe




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: