Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 17 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
2 de outubro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

729 palavras

1 Disse ao profeta Natã. No palácio que havia construído para si, Davi começou a pensar no quanto era impróprio que os serviços de Deus fossem realizados numa tenda. Era seu plano que Jerusalém fosse o centro de adoração para toda a nação. Moisés tinha instruído que ali devia ser um centro de adoração (Dt 12:13, 14). Davi planejava colocar em prática essa instrução construindo um majestoso templo que daria a honra devida ao grande Deus dos céus. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 173.

O desejo de Davi estava correto, mas o tempo de sua ação [timing] estava errado. … Se você mora comparativamente bem enquanto a obra de Deus, casa ou seus ministros estão carentes, talvez Deus queira que você mude a situação. Como Davi, atue para corrigir o desequilíbrio, mas esteja desejoso de se mover de acordo com o tempo de Deus. Life Application Study Bible Kingsway.

2 Faze tudo. Natã era um profeta, mas aqui é evidente que estava expressando sua própria opinião. O conselho que deu a Davi estava em harmonia com seu modo de pensar; ele não o apresentou como sendo uma revelação de Deus. CBASD, vol. 3, p. 173.

7 Malhada. Do heb. naweh, “uma morada”. A morada pode ser tanto de pastores ou rebanhos, ou, no sentido poético, naweh pode descrever qualquer habitação. Aqui se refere à humilde habitação de Davi ou ao seu rebanho de ovelhas. CBASD, vol. 3, p. 173.

10 O Senhor te edificaria uma casa. A palavra “casa” neste contexto significa “dinastia”. Bíblia de Estudo Andrews.

12 Esse me edificará casa. A verdadeira morada de Deus é o Céu, mas o nome divino habita no templo. Bíblia de Estudo Andrews.

Para sempre. O cumprimento desta promessa dependia da obediência (1Cr 28:6, 7). Devido à falha humana, a promessa será finalmente cumprida apenas por meio de Cristo (ver Lc 1:32, 33; ver com. de 2Sm 7:13). CBASD, vol. 3, p. 174.

O Novo Testamento revela que as promessas feitas a Davi se cumpriram em Cristo. Cristo cumpriu de modo perfeito as condições da aliança com Davi (Hb 4.15); ele serviu de Mediador da aliança da graça (At 2.25-36); Hb 9.15) e prometeu voltar à terra como Rei conquistador (Mt 24.29-31; Mc 13.24-27; Lc 21.25-28). Bíblia de Genebra.

13 Eu lhe serei por pai … por filho. Essa linguagem indica uma adoção especial do rei escolhido e não uma crença na divindade do monarca como acontecia em outras culturas antigas do Oriente Próximo e Médio (Sl 2.7; 45.6; 89.27 e nota). Bíblia de Genebra.

14 seu trono será estabelecido para sempre. Deus designou a linhagem de Davi como a dinastia permanente sobre o seu povo. Quando os descendentes de Davi fracassavam, eram punidos (2Sm 7.14), mas Deus sempre levantava outro filho de Davi para continuar a linhagem. Essa promessa, que transmitia esperança à comunidade depois do exílio no século VI a.C. cumpriu-se em Jesus, o qual reina para sempre sobre o trono de Davi (vs. 7-14, nota; 2Cr 21.7). Bíblia de Genebra.

16 Quem sou eu. A sincera expressão de humildade de Davi traz um exemplo atraente e valioso (29.14-16; 2Cr 2.6). Bíblia de Genebra.

20 Além de Ti. O ser humano comete o maior dos erros e demonstra a maior das tolices quando confia em deuses falsos. Somente por meio do reconhecimento do verdadeiro Deus é que o ser humano terá plenitude de alegria e paz. CBASD, vol. 3, p. 174.

21, 22 As referências ao êxodo do Egito relembrariam aos leitores do cronista o segundo grande êxodo, em que a comunidade da restauração foi liberta do período do cativeiro babilônico. Bíblia de Estudo NVI Vida.

22 Por Teu povo. Para o verdadeiro israelita, saber que pertencia ao povo escolhido de Deus era motivo de constante conforto e alegria – um povo escolhido, protegido e redimido por Ele. Porém, o mesmo conhecimento tranquilizava a muitos, causando-lhes uma falsa segurança, fazendo com que ignorassem dois fatos: (1) que essa posição de “povo escolhido” também dependia da obediência (Êx 19:5, 6); e (2) que o verdadeiro Israel incluía não apenas os hebreus, mas povos reunidos desde as extremidades da terra “todos os que são chamados pelo Meu nome”(Is 43:1-7, 21; cf. Gn 12:3; 18:18; 22:18; 26:4). CBASD, vol. 3, p. 174, 175.

26. Tu mesmo és Deus. Davi … orou para que Deus confirmasse Sua palavra, não porque temesse que Ele voltasse atrás na promessa, mas movido por um sentimento de profunda indignidade, e porque todo seu desejo correspondia ao de Deus. Ao mesmo tempo, estava plenamente ciente da possibilidade de falha humana. Mas, como esse era o desejo de Deus, ele também desejou que fosse assim, e orou para que isso se cumprisse. CBASD, vol. 3, p. 175.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: