Reavivados por Sua Palavra


II SAMUEL 3 by jquimelli
9 de julho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/2sm-capitulo-3/

Sempre que estamos a trabalhar contra o plano de Deus, não podemos esperar prosperar. A casa do rei Saul estava ficando muito fraca. A graça e a força de Deus estavam por trás do recém-ungido rei Davi. Mas nem tudo o que Davi fez foi sancionado por Deus. Davi tinha muitas esposas.

Deus chama a poligamia de desgraça. A descendência de Davi através de suas esposas adicionais foi muitas vezes deplorável. Suas esposas tiveram dele seis filhos nascidos enquanto estava em Hebrom. Aparentemente, ele ainda estava sentindo falta de sua esposa anterior, Mical. Davi a recuperou à força com a ajuda de Isbosete e Abner.

Abner escolhera apoiar rei Saul e sua casa, mesmo sabendo que isto era contra o plano de Deus. Sua vida é um bom exemplo daqueles que sabem que algo é verdadeiro, mas sua vida não reflete esse conhecimento. Seu apoio somente cessou quando Abner ficou ofendido com Isbosete, filho de Saul, quando este o acusou de dormir com a concubina do rei Saul.

A morte de Abner foi uma vergonhosa vingança assassinada por Joabe, fora dos portões de Hebrom – uma cidade de refúgio. Davi chorou quando ouviu falar da morte de Abner. Nunca devemos nos alegrar quando nosso inimigo cai. Davi esperou que Deus o vingasse contra Saul e não procurou resolver as coisas de sua maneira.

Cheri Holmes
Enfermeira
Lynden, Washington, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=516
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



II SAMUEL 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
9 de julho de 2019, 0:56
Filed under: Sem categoria



II SAMUEL 3 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
9 de julho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Por mais complicado que seja viver a vontade de Deus neste mundo de pecado, a perseverança mostrará que existem grandes vantagens.

• Antes de ler este texto, leia a Bíblia! Antes de ler a Bíblia, ore fervorosamente por compreensão!

O capítulo começa informando que a guerra entre as casas de Davi e Saul durou muito tempo; porém, enquanto a casa de Davi se fortalecia a de Saul se enfraquecia (v. 1).

Os pontos seguintes baseiam-se no esboço exegético de Robert D. Bergen:

1. Davi forma sua família em Hebrom (vs. 2-5);
2. Abner muda sua lealdade para Davi (vs. 6-21);
3. Joabe mata a Abner (vs. 22-27);
4. Davi prova sua inocência na morte de Abner (vs. 28-39).

Neste mundo, vida com Deus não parece parques de diversões, pois é marcada por conflitos. Desafios/oposições são reais, grandes e ameaçadores neste planeta: Mais parecido a campos de batalhas do que um belo e pacífico jardim.

• Por mais que cause desarmonia no mundo o harmonizar nossa vida com Deus e Seus planos, Deus conduzirá a história de Seus servos rumo à vitória.

O pecado é sujo, atrevido e traiçoeiro. Diversos pecados intentam infiltrar em cada canto de nossa alma. Assim sendo, Davi passou de bígamo a polígamo – pecado sexual (vs. 1-5).

Além de invadir a vida de Davi, o pecado penetrou principalmente na vida daqueles que estavam contra Davi: Houve acusações de Isbosete a Abner. Todavia, o resultado tornou-se positivo: Abner aliou-se a Davi com todas as outras tribos que não o apoiaram antes. Contudo, a condição imposta por Davi a Abner abriria mais um capítulo amargo para sua biografia (vs. 6-39).

Este capítulo “mostra como Deus usou o pecado e as intrigas humanas para unir o reino de Davi. O Senhor faz até a ira dos homens louvá-lo (Sl 76:10)”, observa William MacDonald.

• Apesar do poder do pecado, Deus controla a história;
• Embora o pecado seja estúpido e ardiloso, Deus é soberano sobre tudo;
• Conquanto pecados sejam “armas” do diabo para destruir o povo de Deus, Deus pode reverter qualquer situação, e usá-los a Seu favor para Seus sublimes propósitos;
• Ainda que haja reis na Terra, Deus reina dos Céus sobre todos nós, soberanamente.

Por tudo isso, reaviva tua confiança e fé nEle! – Heber Toth Armí.



2SAMUEL 3 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
9 de julho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Todo o povo notou isso e lhe pareceu bem, assim como lhe pareceu bem tudo quanto o rei fez” (v.36).

Davi estava com seu governo estabelecido em Hebrom e ali nasceram os seus primeiros filhos. A poligamia nunca foi aprovada por Deus. Era porém um costume pagão que Israel havia adquirido. E veremos no decorrer de nossos estudos, que a família de Davi não foi nada convencional e nem tampouco estruturada. Enquanto isso, na casa de Saul, Abner se fazia cada vez mais poderoso. Ao acusar Abner de se deitar com uma das concubinas de Saul, Isbosete provocou-lhe a ira e, em retaliação, Abner resolveu fazer aliança com Davi.

Sob a condição de lhe devolver Mical como esposa, Abner conseguiu fazer um acordo de paz com Davi. Quando Joabe chegou com seus homens de uma batalha e soube do ocorrido, ficou furioso, até perceber que seria a oportunidade perfeita de vingar a morte “de seu irmão Asael” (v.27). Quando Davi soube da traição de Joabe ficou muito angustiado e lamentou com grande pesar a morte de Abner, com palavras tão comoventes que “todo o povo chorou muito mais por ele” (v.34).

Abner não era filho de Davi, muito menos um de seus melhores amigos, e sim o capitão da guarda que queria derrotá-lo e acabar com o seu reinado. Então, porque Davi chorou a morte de Abner com tanta intensidade? Primeiro: seu reino estava no início e precisava de reforços, não de mais inimigos. Segundo: ele havia feito aliança com Abner e seu nome estava em jogo. Terceiro: Davi não concordava com rivalidade entre irmãos. O verso 29 demonstra uma solução humana para tentar impedir que outros viessem a cometer o mesmo erro de Joabe. E o final do verso 39 foi um clamor pela justiça divina.

“Se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer” (Rm.12:20). Foi o que fez Davi ao oferecer um banquete a Abner e a seus homens. “Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Rm.12:18). “Assim, despediu Davi a Abner, e ele se foi em paz” (v.21). Essas atitudes foram fruto da bondade de Davi? Não, amados. Foram fruto da bondade do Senhor em Davi. Eis o que faz toda a diferença. Pois, “todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer” (Sl.14:3). Não somos merecedores da graça divina, nem tampouco nossa vida tem algo de bom para oferecer. Há somente Um que é bom e Ele em nós é o segredo para uma vida íntegra.

Permita que Cristo viva em você, e, como foi com Davi, “todo o povo [notará] isso” (v.36). Não aja às escondidas, como Joabe, lançando o veneno do ódio sobre outros. Se Deus “não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniquidades” (Sl.103:10), quem somos nós para fazermos vingança com as próprias mãos?

“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt.5:9). “O Senhor faz justiça” (Sl.103:6). Confiemos sempre em Sua providência! Vigiemos e oremos!

Bom dia, filhos de Deus!

Rosana Garcia Barros

Desafio da semana: Você pode ser um agente da paz ao estender a mão para quem necessita de ajuda. Ore pedindo ao Espírito Santo que lhe conceda oportunidades e que lhe oriente acerca de como ajudar aqueles que precisam. Não como uma obrigação ou para postar nas redes sociais, mas como um exercício do que Jesus nos ensinou em Mateus 6:2-4.

#PrimeiroDeus #2Samuel3 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100



II SAMUEL 3 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
9 de julho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria



II SAMUEL 3 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
9 de julho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1204 palavras

muito tempo. Sete anos, cinco dos quais foram gastos em escaramuças, e dois no reinado de Is-Bosete. Bíblia Shedd.

Poucos detalhes sobre esta guerra são revelados. Bíblia de Estudo Andrews.

Davi ia se fortalecendo. Esta é uma introdução ao aumento da família de Davi e à inclinação de Abner para o lado do novo monarca. Bíblia de Estudo Andrews.

Os passos iniciais para a transferência do reino para ele [Davi] foram dados por Abner. Foi ele que se comunicou com Israel e Benjamim e, depois, com Davi.  Vemos, então, como grandes acontecimentos podem ocorrer ao nosso redor enquanto vivemos no centro da vontade de Deus em prefeita paz. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento. F. B. Meyer.

2-5 Dos seis filhos de Davi, de seis mulheres diferentes, nascidos em Hebrom, Amnom é o primogênito, deu grande desgosto ao pai (cap 13); Absalão, o terceiro filho, usurpou-lhe o trono (caps 13-18); Adonias, o quarto, seguiu o caminho do anterior (1Rs 1.5-7; 2.25). Os outros filhos são figuras apagadas ou já teriam morrido. Bíblia Shedd.

O fato de que esses seis filhos nasceram, respectivamente, [cada qual] de uma mãe diferente, nos informa, indiretamente, que Davi se casou com mais quatro esposas (v. 2.2) durante sua permanência em Hebrom. O escritor não faz nenhuma crítica direta dessa prática polígama (v. 5.13), que está em conflito com Dt 17.17, mas deixa os resultados destrosos na vida familiar de Davi falar por si mesmos (v. cap. 13-19; 1Rs 1,2). Bíblia de Estudo NVI Vida.

filhos. Só é mencionado um filho de cada esposa. Muitas esposas e diversos filhos eram sinais de status. Bíblia de Estudo Andrews.

Maaca, filha de Talmai. Sem dúvidas, o casamento entre Davi e Maaca tinha implicações políticas. Tendo Talmai como aliado na fronteira norte de Is-Bosete, Davi flanqueava o reino do Norte, tanto do sul quanto pelo norte. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Adonias. Foi morto porque tentou usurpar o trono antes de Salomão poder ser coroado. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Abner se fez poderoso. Primo de Saul e general chefe do exército (1Sm 14.50-52), tornou-se virtual dono de Israel; Is-Bosete não passava de um preposto seu. Bíblia Shedd.

concubina… Rispa (21.8-11).  As esposas e concubinas do rei, por tradição, pertenciam ao novo rei. Apossando-se alguém delas era declarar-se investido de poder real (16.20-22; 1Rs 2.21-22). Bíblia Shedd.

As ações de Abner eram [ou seriam] equivalentes a reivindicar o trono de Saul para si (16.22). Bíblia de Estudo Andrews.

cabeça de cão. Ser chamado de cão, animal imundo, era ser debochado e desprezado (9.8; 16.9; 1Sm 17.43; 24.14). Bíblia Shedd.

por causa desta mulher. É possível que a acusação contra Abner tenha sido injusta. Rispa, por outro lado, era mulher de gestos e sentimentos admiráveis (ver 21.10). Bíblia Shedd.

10 desde Dã até Berseba. As duas cidades marcavam as fronteiras norte e sul de Israel. Bíblia de Estudo Andrews.

13 Davi exige de volta a sua mulher Mical, pela qual pagou um preço dobrado (1Sm 18.27). Ao mesmo tempo, o gesto de Davi era político, pois isso agradava aos amigos de Saul e à tribo de Benjamim, Bíblia Shedd.

O casamento de Davi com a filha de Saul dava a ele o direito de suceder Saul como rei. Bíblia de Estudo Andrews.

Não podemos justificar o ato de Davi reivindicando a devolução de Mical. Assim agindo, levou o sofrimento a um casal aparentemente feliz, e a vingança de Mical feriu-o profundamente (2Sm 6.20). Mas ele pode ter-se sentido no direito de insistir em manter sua condição legal de genro do rei anterior. Essa precaução, no entanto, não era necessária, visto que os que esperam em Deus não precisam usar dos expedientes utilizados pela prudência do mundo. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento. F. B. Meyer.

16 Baurim. Última cidade benjamita no caminho para Hebrom (v. 16.5;17.18). Bíblia de Estudo NVI Vida.

15 Paltiel. Saul dera Mical a ele como esposa (1Sm 25:44). Bíblia de Estudo Andrews.

17 Outrora, procuráveis. Indica que os anciãos de Israel já tinham pensado em Davi como rei sobre eles. Bíblia Shedd.

21 em paz. Um dos três textos desta narrativa (v. 22, 23) com a função de mostrar que Davi não teve ligação nenhuma com a morte de Abner (v. 37).Bíblia de Estudo Andrews.

22-25 É possível que a ausência de Joabe tenha sido determinada por Davi; pois, com ele presente, não teria sido possível realizar qualquer conferência política com Abner (ver nota sobre2.24). Bíblia Shedd.

25 para enganar-te. Joabe tinha medo de que Abner tomasse o lugar dele de comandante do exército e o acusou de espionar Davi. Bíblia de Estudo Andrews.

26 Poço de Sirá. Fica a uns 4 km de Jerusalém. Bíblia Shedd.

27 o feriu no abdômem. Joabe golpeou Abner na barriga, assim como Abner havia feito a Asael (2.23). Bíblia de Estudo Andrews.

vingança. O sentimento de vingança é causa de fracasso de qualquer relação pública. Vingança do Sangue, da parte de Joabe, não passava de simples pretexto para se livrar de um seu rival (2.19-33; 3.33-34; 1Rs 2.5; Êx 21.14). Movido por esse vil sentimento, Joabe cometeu ações que o privaram do apoio e estima de Davi (28.39; 19.13), determinaram a sua própria morte (1Rs 2.5-6.31) e provocaram um anátema sobre seus descendentes (29; 1Rs 2.33). Bíblia Shedd.

Ele [Joabe] não podia reivindicar o direito de agir como goel – vingador de sangue – pela morte de Asael, pois este tinha morrido como soldado no campo de batalha. … Evidentemente ele era um homem feroz, cruel e inescrupuloso, que mais prejudicou a Davi do que o ajudou (v. 39). Mas Joabe estava destinado a sofrer punição semelhante posteriormente. Este mundo é governado de acordo com um plano divino. Nós não precisamos assumir uma posição de juiz; Deus já a assumiu. Suas recompensas e castigos recaem com maior certeza do que pensamos. Não importa se as tramas dos ímpios estão ocultas em meio às complexidades do estado ou espostas a todos os olhares; podemos ter certeza de que eles colherão o que semearem, bem como sofrerão males semelhantes àqueles que procuraram infligir a outros. Todos nós receberemos o que merecermos. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento. F. B. Meyer.

29 Jamais falte. Davi deixou nas mãos de Deus a vingança pelo derramamento de sangue inocente. O vocabulário descritivo é comum em maldições. Bíblia de Estudo Andrews.

Nessa hora crucial, na qual o relacionamento entre Davi e as tribos do norte pesava na balança, parece não ter se sentido suficientemente seguro na sua posição para justiçar Joabe publicamente (cf. v. 39). Esse crime passou sem castigo até o começo do reino de Salomão (2.5, 6, 29-35). Bíblia de Estudo NVI Vida.

30-32 Abner era nobre (38) e estimado pelo povo. Bíblia Shedd.

31 Joabe. Ele também foi obrigado a participar do luto. Bíblia de Estudo NVI Vida.

panos de saco. Vestir panos de saco é sinal de luto. Bíblia de Estudo Andrews.

33 como se fora um perverso. Abner foi morto em tempos de paz (v. 27), ao passo que Asael morreu em batalha. Bíblia de Estudo Andrews.

35 eu provar pão. Davi jejuou até a noite e lamentou intensamente a morte de Abner. Bíblia de Estudo Andrews.

37 ficaram sabendo. O povo ficou sabendo que não foi Davi o autor da morte de Abner; caso contrário, a situação política se agravaria ainda mais. Bíblia Shedd.

39 sou fraco. Abner morreu no processo de transformar Davi em rei de Israel. Bíblia de Estudo Andrews.

Davi confessa que os filhos de Zeruia eram mais fortes. Joabe, além de ser prepotente, ciumento e vingativo, tinha nas suas mãos o comando dos “600 homens” de Davi. Bíblia Shedd.




%d blogueiros gostam disto: