Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 2 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
16 de março de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

722 palavras

4 Guardai-vos bem. Os habitantes de Edom ficariam nervosos e apreensivos e, como resultado, podiam fazer um ataque repentino a Israel. Por outro lado, o fato de Israel estar ciente do medo no coração dos edomitas podia fazercom que se sentisse tentado a tomar vantagem desse temos e invadir o país. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 1052.

5. A Esaú. Ver Jr 24:4. Deus é fiel mesmo com os que não fazem parte da aliança. Deus prometeu bênçãos temporais aos descendentes de Esaú e cumpriu Sua palavra. CBASD, vol. 1, p. 1052.

9. Dei Ar. Os descendentes de Ló, como os de Ismael e Esaú, tiveram sua herança confirmada antes que a semente de Abraão ocupasse o que tinha sido atribuído a ela. Ar aparentemente era a principal cidade daquele território, e toda a região recebeu seu nome (Nm 21:15, 28). CBASD, vol. 1, p. 1052.

14, 15 Israel não precisava gastar 40 anos no caminho da terra prometida. Deus os sentenciou a vaguearem no deserto porque rejeitaram Seu amor, rebelaram-se contra a Sua autoridade, ignoraram Seus mandamentos para viver retamente e intencionalmente quebraram seu acordo firmado em Êxodo 19:8 e 24:3-8. Resumindo, eles desobedeceram a Deus. Frequentemente nós tornamos a jornada de nossa vida mais difícil que o necessário pela desobediência. Aceite o amor de Deus, leia e siga Seus mandamentos na Bíblia e faça uma promessa de permanecer com Deus qualquer que seja a situação. Você descobrirá que sua vida será menos complicada e mais recompensadora. Life Application Study Bible Kingsway.

24 Seom, amorreu. Seom tinha tirado esse território dos moabitas, que por sua vez se retirou para o sul do rio Arnom. CBASD, vol. 1, p. 1052.

27 Pela estrada. Uma estrada real mantida para viagens de oficiais e tropas (Nm 20:17; 21:22). Existem vestígios desta antiga estrada desde o golfo de Áqaba em direção ao norte atravessando a Jordânia. CBASD, vol. 1, p. 1052.

30 Fizera obstinado o seu coração. O Senhor não poderia interferir na inclinação natural do coração e dos propósitos de Seom (ver com. de Êx 4:21). Pode-se usar a força mental e do coração, dada por Deus para continuar fazendo o que é errado ou para fazer o que é certo. O Senhor não força ninguém a fazer o bem ou o mal, mas sempre está pronto a cooperar por meio de Seu Espírito com aquele que escolhe o bem. A mesma palavra [traduzida por obstinado] é traduzida em Josué 1:6 como “corajoso”. CBASD, vol. 1, p. 1053.

[Comentário Adventista sobre Êxodo 4:21: “Eu lhe endurecerei o coração”: “…o endurecimento do coração do faraó não foi de forma alguma um ato de Deus , mas uma escolha deliberada de sua parte (ver PP, 268). … Cada manifestação do poder divino … fazia com que ele ficasse mais determinado a fazer sua própria vontade. Ao recusar ser corrigido, o rei desprezou ser corrigido, o rei desprezou e rejeitou a luz, até que se tornou insensível à mesma, e a luz foi finalmente retirada. Foi sua própria resistência à luz que endureceu seu coração. Até os pagãos reconheceram o fato de que foi o faraó e os egípcios que endureceram o coração, e não Deus (1Sm 6:6). … Deus não tem prazer algum com o sofrimento e morte do ímpio. Pelo contrário, Ele deseja que todos se arrependam e sejam, salvos (Ez 33:11; 1Tm 2:4; 2Pe 3:9). Ele faz o sol brilhar sobre os ímpios e os bons (Mt 5:45). Mas, assim como o sol afeta a matéria de diferentes formas, de acordo com sua natureza – derrete a cera e endurece o barro -, assim é a influência do Espírito de Deus sobre o coração humano. Ele produz efeitos diferentes, de acordo com a condição do coração. O pecador arrependido permite que o Espírito de Deus o conduza à conversão e à salvação, mas o impenitente endurece o coração cada vez mais. CBASD, vol. 1, p. 548, 549.]

34 A cada uma destruímos. Literalmente, “colocamos sob maldição”, “colocamos à parte”. Um ato assim pode ser realizado apenas sob ordem divina. O mesmo foi feito com Jericó. CBASD, vol. 1, p. 1053.

37 Jaboque. Ver Nm 21:24; Jz 11:22. Por ordem divina, o território dos amonitas não foi invadido. A ambição deve estar sempre em harmonia com a vontade de Deus e não procurar ir além dos limites estabelecidos por Ele. Assim, o êxito nesta vida será uma bênção. Mas caso se vá além da vontade divina para buscar mais do que Ele permite, o êxito provará ser um fruto estéril. CBASD, vol. 1, p. 1053.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: