Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 27 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
5 de março de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1529 palavras

1 Esta narrativa está dentro do assunto da divisão da terra, cuja legislação segue o segundo censo, no capítulo anterior. […] O 27º capítulo nos ensina: 1) Como solucionar as dificuldades, levando-as a Deus; 2) A beleza do caráter: Moisés não se queixou, preocupando-se comente com o progresso do povo de Israel, vs 12-16; 3) O segredo do poder: o Espírito de Deus, v 18; 4) O líder de Israel tinha de ser um tipo de Cristo, na obra de reger, guiar e cuidar, 17  (Bíblia Shedd).

à porta da tenda da congregação. Sem dúvida, era costume de Moisés, Eleazar e dos príncipes se reunirem à porta do tabernáculo para congregar como um tribunal (Êx 18:25,26). Isso significava que, se fosse necessário, Moisés teria facilidade de se achegar a Deus e consultá-lo (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

No seu próprio pecado. Isto é, em pecados pessoais dos quais todos eram culpados, não um pecado de franco desafio ou negligência voluntária. (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Tivera uma morte natural dentro daquela geração rebelde que não tivera licença de entrar na Terra Prometida, 14.2-4, 21-23. Não foi executado, 16.26-35  (Bíblia Shedd).

Por que se tiraria o nome de nosso pai…? As moças quiseram preservar a herança e o nome de seu pai,  (Bíblia Shedd).

Na sociedade patriarcal israelita, a herança ocorria através dos homens. Contudo, o falecido Zelofeade havia tido apenas filhas mulheres, que não poderiam, pelo costume vigente, receber nenhuma herança. Assim, seu nome não estaria ligado a nenhuma porção da terra prometida de modo que se mantivesse sua memória viva (comparar Rute 4). Isto significava puni-lo injustamente após a morte. A solução seria que suas filhas pudessem receber sua herança, neste caso (ver tb cap. 36) (Andrews Study Bible).

Essas proteções, bem como a proibição de transferências permanentes de terras de uma família para outra, estavam arraigadas no fato de que Deus era o proprietário supremo da Terra Prometida (Lv 25.23) e que Ele tinha confiado essas terras a todo o seu povo, como uma boa dádiva e uma possessão permanente a ser desfrutada (Lv 25.34; Dt 6:10-12; 8.10-13). As terras não eram simples propriedades privadas a serem transferidas com base nas convenções e acordos humanos. Pelo contrário, simbolizavam a vida com Deus. Bíblia de Genebra.

Moisés levou a causa delas. A decisão do tribunal convocado foi considerada inadequada para resolver o assunto. Como Moisés não queria tomar a decisão sozinho, levou o assunto a Deus, conforme recebera a ordem de fazer em várias ocasiões (Êx 25:22; Nm 7:89) (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

[Vemos aqui Deus restaurando o direito das mulheres, corrigindo a noção machista corrente.]

6 Disse o Senhor a Moisés. O contato imediato e direto de Moisés com o próprio Deus é a base da formação de toda a lei dos israelitas; Deus falou claramente ao Seu servo Moisés, boca a boca, 12.8  (Bíblia Shedd).

Falam o que é justo. O Senhor aprovou a causa das filhas de Zelofeade. O caso veio à tona novamente após a entrada em Canaã (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Certamente, lhes darás. No hebraico, a palavra “lhes” é masculina, referindo-se à descendência em potencial das moças. As filhas eram consideradas representantes dos filhos que esperavam ter (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Quando alguém morrer. O caso das filhas de Zelofeade abriu um precedente e um estatuto formal foi constituído para solucionar casos semelhantes posteriores (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Deus disse a Moisés que se um homem morresse sem filhos, sua herança iria para suas filhas (27:8). Mas as filhas somente poderiam conservá-la se se casassem dentro de sua própria tribo, provavelmente para que as linhas territoriais permanecessem intactas (36:5-2). Life Application Study Bible Kingsway.

Se não tiver filha. As disputas entre irmãos, com respeito a questões de propriedades, podem ser causa de grande amargura (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

11 Ao parente mais chegado. Estes deveres e direitos do parente mais próximo são iguais, na lei de vários países. Hoje, porém, a esposa tem a primazia  (Bíblia Shedd).

12 Sobe a este monte Abarim. Como Zelofeade, Moisés não entraria em Canaã. A sua hora de morrer – devido à sua desobediência em Cades (cap. 20) – estava próxima (ver em Deut. 34 o registro de sua morte) (Andrews Study Bible).

Abarim. A palavra ‘Abarim está no plural, e talvez se refira à uma cadeia de montanhas que forma a margem ocidental do planalto moabita. Pisga é outro nome de Abarim ou se refere à seção norte da cordilheira (Dt 32:49; 34:1). O monte Nebo é um cume da seção norte (Dt 32:49; 34:1). Proveniente do verbo “atravessar”, o substantivo significa “vau”, um lugar adequado para atravessar o rio. Por isso, as montanhas eram chamadas de ‘Abarim, literalmente “vaus”, por estarem situadas perto dos vaus do outro lado do rio Jordão, em frente a Jericó (cf. Nm 21:11) (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

13 serás recolhido ao teu povo. Ver com. [CBASD] de Gn 15:15; 25:8. A região do Nebo seria o local temporário de seu sepultamento. (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1, p. 1005).

14 Na contenda. No lugar chamado Meribá, “Contenda”, por causa da murmuração do povo, 20.3, e de Moisés, 20.10  (Bíblia Shedd).

fostes rebeldes. Ver Nm 20:1, 12 e 24. O pecado de Moisés e Arão (Nm 20:8-13) é chamado, nesta passagem, de rebelião. (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

15 Disse Moisés. A grandeza de Moisés no exercício da liderança é vista no fato de ele ter se colocado em segundo plano e começado a planejar o futuro do povo de Deus (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Muitas pessoas querem ser reconhecidas como líderes. Algumas são muito capazes de atingir seus objetivos enquanto que outras cuidam intensamente das pessoas a seus cuidados. Os melhores líderes são tanto orientados a objetivos como orientados a pessoas. Life Application Study Bible Kingsway.

16 autor e conservador de toda vida. Moisés gostava de dar este título a Deus, que pela Sua Graça poupava a um povo que, pelos seus pecados, estava constantemente atraindo sua própria destruição e morte, 16.21-22  (Bíblia Shedd).

17 Saia. As expressões “saia” e “entre” são usadas para denotar as experiências comuns da vida (Dt 28:6; 31:2) Fazer sair e fazer entrar sugerem a relação de um pastor com seu rebanho (Jo 10:3-9) (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Como ovelhas. A Bíblia, muitas vezes, usa esta palavra para descrever o povo de Deus; no Antigo Testamento, Moisés, Davi e depois o próprio Deus são sucessivamente chamados “Pastor de Israel”. No Novo Testamento, a soma destes ensinamentos se resume na pessoa de Jesus Cristo, o Bom Pastor que dá a Sua vida para que as ovelhas pudessem ter a vida em abundância, tanto na terra como nos Céus, Jo 10.1-18  (Bíblia Shedd).

18 homem em quem há o Espírito. Literalmente, “em que é espírito”. A referência aqui é à riqueza de espírito necessária, sob o temor de Deus e o controle do Espírito Santo, o único que pode habilitar o ser humano para as responsabilidades na obra do Senhor. (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1, p. 1005).

Josué possuía valiosa experiência como assistente por longo tempo de Moisés(11:28; Êx 24:13; 33:11)  e como comandante militar (Êx 17:8-13). Mas ter o Espírito era sua mais importante qualificação para liderar o povo de Deus (comparar Núm. 11:16-17, 24-29) porque estava em contato com o divino Rei de Israel e seguiria Sua liderança. Andrews Study Bible.

O substituto de Moisés é indicado por Deus: Josué, por intermédio de quem Deus continuaria a Sua obra, […] Note-se a humildade de Moisés em aceitar a indicação divina, sem pensar em um dos seus próprios filhos  (Bíblia Shedd).

impõe-lhe as mãos. Uma cerimônia de bênção (Gn 48:14) e consagração (Nm 8:10), acompanhada e executada pela orientação e pela sabedoria do Espírito Santo (Dt 34:9). Na igreja cristã, a imposição das mãos no rito da ordenação combina os seguintes três aspectos: bênção, sucessão no cargo e autoridade para ensinar (At 6:6; 13:3; 2Tm 1:6) (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

19 Perante a congregação. A cerimônia devia ter o caráter mais público possível, para que não houvesse questionamento ou dúvida quanto à autoridade de Josué (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

20 Põe sobre ele da tua autoridade. O fato de Moisés haver comissionado a Josué e repartido poder com ele enquanto Moisés ainda estava vivo [a transmissão poderia ter ocorrido após a morte e ressurreição de Moisés] garantiria uma transição tranquila (Andrews Study Bible).

A palavra traduzida por “autoridade” é usada com frequencia para a majestade e o poder reais. Moisés devia começar imediatamente a transmitir um pouco de sua responsabilidade e autoridade para Josué, a fim de que ele começasse a exercê-las junto com o experiente líder.

Para minimizar vácuos de liderança, qualquer um em posição de liderança deveria treinar outros a carregar as responsabilidades que ele ou ela provavelmente deixarão. Quando você tiver a oportunidade, siga o padrão de Moisés: ore, selecione, capacite e comissione. Life Application Study Bible Kingsway.

21 Perante Eleazar. Ao que parece, a autoridade de Josué era, em certos aspectos, menos que a de Moisés. Este recebia conselhos diretamente de Deus, mas Josué devia recorrer ao sumo sacerdote, que seria um mediador entre ele e o Senhor (Comentário Bíblico Adventista do 7º Dia, vol. 1).

Apesar de não ter a interação face a face, como Moisés tinha (12:8; Deut. 34:10), ele receberia orientação específica através do oráculo sacerdotal do Urim e Tumim (Núm 27:21; comparar com Êx. 28:30) (Andrews Study Bible).

23 lhe deu as suas ordens. Lit. “comandou/encarregou”, isto é, o comissionou (Andrews Study Bible).


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: