Reavivados por Sua Palavra


SALMO 72 by jquimelli
11 de janeiro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Qual é o tamanho da sua lista de desejos? Quando Deus perguntou a Salomão, o que ele queria, ele pediu apenas uma coisa – sabedoria.

Recentemente, li a história de um voluntário que estava ajudando em um orfanato. Ele perguntou à mulher que havia trabalhado na cozinha durante quase toda a sua vida o que ela pediria se lhe fossem concedidos três desejos. Sem pensar, ela respondeu: “alimento suficiente para todas as crianças”. Como seu segundo desejo, ela disse: “Talvez uma máquina de lavar roupas”. Ao ser encorajada a expressar o seu terceiro desejo, ela pensou um pouco e disse: “Eu não sei. Dois desejos são suficientes”. Muitos de nós também teríamos que pensar um pouco, não pela ausência de um terceiro desejo, mas para conseguirmos reduzir a nossa lista a apenas três!

A sabedoria e o acurado senso de justiça de Salomão tornaram-se lendários. Sua fidelidade a Deus resultou na prosperidade da nação. E Deus concedeu-lhe ainda outras bênçãos – vitórias nas guerras, que lhe trouxeram considerável riqueza, e vida longa .
Infelizmente, Salomão abandonou a Deus e desperdiçou grande parte da sua longa vida. Perseguiu fama e honra. Procurou a felicidade em bens materiais. Mais tarde, porém, Ele percebeu que a felicidade é um dom de Deus, mas havia perdido tempo valioso.

Cada um de nós também recebe dons especiais e uma alta vocação. Não desperdicemos nosso tempo correndo atrás daquilo que é ilusório. Usemos os dons recebidos para abençoar as nações (v. 17, NVI) e para encher a terra com a glória de Deus, o seu caráter (v. 19, NVI).

Gordon Christo 
India

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/72
Texto expandido da tradução anterior: href=”https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/10/18/”
Tradução: Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 72 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leitura da semana programa Crede em Seus Profetas: blog Conferência Geral e blog Crede em Seus Profetas



SALMO 72 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
11 de janeiro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 72 – As palavras da Bíblia são preciosas orientações para a vida. Encontramos em cada leitura sólido alimento para nossa alma. Sem ela ficamos raquíticos espiritualmente. Ela nos liga a Deus, que preenche de satisfação ao nosso coração.

Como um legado deixado por Salomão, esse salmo está recheado de sábios ensinamentos. Embora seja aplicável diretamente ao escritor, o Salmo vai muito além, aponta para o autor: Deus e Seu Filho, Jesus Cristo.

1. Embora um bom político possa fazer muito para promover a justiça, o Messias com Seu caráter divino, é quem irá implantar retidão, justiça e paz no coração de Seus súditos. Essa consciência e oração de abertura deveria ser proferida por todo líder em sua função (vs. 1-2).
2. Conquanto a profecia descrita nos versículos 3 a 19 seja mais plenamente aplicada a Cristo em Seus diversos detalhes, é possível que aqueles que morrem para o EU para que Cristo viva em Seu lugar apresente vislumbres desse cumprimento profético:
a) Cristo julga a Terra, mas os salvos participarão com Ele do processo desse julgamento (I Coríntios 6:1-2).
b) Cristo governa todo o Universo, porém, os salmos terão o privilégio de participar dessa administração (Apocalipse 3:21).
c) Cristo promove a paz, Seus súditos, antes mesmo de adentrar aos Céus, são pacificadores aqui na Terra (Mateus 5:9).
d) Cristo se compadece dos pobres e infelizes, assim cada representante dEle deve mostrar tal preocupação e atender aos carentes com amor no coração (Mateus 25).
e) Cristo irá reinar eternamente, e com Ele os salvos de todos os tempos; Sua regência irá erradicar ao pecado, trará copiosas e constantes chuvas de bênçãos à Terra, os justos florescerão e não restará espaço nenhum no Universo para o Diabo e seus súditos.
f) Cristo será honrado e exaltado por todos os povos como Rei dos reis, Seu reino será universal. Todos os Seus súditos acompanharão cada fase do desenvolvimento de Seu governo com alegria e exultação.

Salomão, filho de Davi, herdeiro de um grande reino, não titubeou em exaltar o ministério do Messias que viria. Nós, que aguardamos a segunda vinda do Messias não podemos fazer menos do que Ele. Podemos dar os primeiros passos testemunhando do Reino que muito em breve suplantará todos os reinos corruptos…

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí



SALMO 72 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
11 de janeiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… nele sejam abençoados todos os homens, e todas as nações lhe chamem bem-aventurado” (v. 17).

Apesar de trazer no título “Salmo de Salomão”, é mais provável que tenha sido escrito por Davi, tanto pelo fechamento do Salmo, que diz: “Findam as orações de Davi, filho de Jessé” (v. 20), quanto pelo teor do texto parecido com as palavras que disse em II Samuel 23:1-5 (Comentário Bíblico Adventista, p. 898). Se Salomão seguisse todas as orientações deixadas ali, certamente seria bem sucedido em seus propósitos. Sabemos que o seu pedido a Deus foi sincero e humilde. Salomão pediu um “coração compreensivo” (Vide I Reis 3:9) para julgar o povo e discernimento para saber fazer diferença entre o bem e o mal. Em outras palavras, e de forma mais popularmente conhecida, Salomão pediu sabedoria e Deus fez de Salomão o ser humano mais sábio que já pisou nesta Terra. 

Por outro prisma, este Salmo, em parte, também é considerado messiânico pelo fato de apresentar um reino totalmente justo e eterno. Cristo veio a primeira vez não para estabelecer este reino, como esperavam os judeus, mas para nos garantir a vitória sobre o mal. Ele nos deixou exemplo de como podemos ter um coração compreensivo e cheio de compaixão, principalmente pelos mais desvalidos, como está escrito: “Ele tem piedade do fraco e do necessitado e salva a alma aos indigentes” (v. 13). Este sim é o verdadeiro Rei, Justo e Eterno!

Salomão recebeu o que pediu, mas não soube fazer bom uso. Foi um rei que usou para com o povo de um jugo pesado (Vide I Reis 12:4) e seu envolvimento com mulheres estrangeiras o tornaram um idólatra (Vide I Reis 11:1-8). Todas as bênçãos descritas neste Salmo eram promessas para a descendência de Davi se tão-somente seguissem as instruções do SENHOR. Mas o Único que assim procedeu e que viveu em perfeita harmonia com o que lemos no texto sagrado de hoje, não recebeu as honras do povo e não foi por ele coroado e bendito. Pelo contrário, veio ao mundo da forma mais humilde que poderia haver, recebeu adoração da classe mais humilde de pastores e não recebeu as honrarias dos maiorais de Seu povo e nem as riquezas de Sabá (v. 15), mas presentes de sábios do Oriente que, contrariando todo um povo que se julgava o único conhecedor das profecias, foram os únicos que identificaram o fiel cumprimento da profecia messiânica.

Meus amados, todos somos detentores da promessa de um reino justo que não terá fim. Hoje, todos nós temos em mãos o “mapa do tesouro” eterno nos indicando não somente para onde devemos ir, mas como devemos andar para chegarmos lá. Cristo, o Rei da Glória, o Rei “Bendito para sempre” (v. 19) é a resposta. Só Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida (Vide João 14:6). Por coroa, Ele recebeu espinhos. Por trono, uma cruz. Por adoração, uma turba furiosa. E tudo isso para nos garantir a vitória final. Ele nos deixou as pegadas da salvação para que as sigamos e vivamos. Ele viveu o que nós devemos viver. Somente quando experimentamos o que Ele viveu aqui, conseguimos compreender por onde devemos andar. Buscar conhecê-Lo diariamente é o segredo para alcançar a vida eterna (Vide João 17:3). Por essa maravilhosa e verdadeira promessa, podemos adorá-Lo neste momento com as palavras finais do Salmo de hoje e do Livro II de Salmos:

“Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só Ele opera prodígios.

Bendito para sempre o Seu glorioso nome, e da Sua glória se encha toda a Terra. Amém e amém!” (v. 18-19).

Bom dia, filhos do Rei dos reis!

Desafio do dia: Medite nas palavras de Cristo em João 17 e busque do SENHOR sabedoria para estar diariamente pronto para o retorno do Rei da Glória.

*Leiam #Salmo72

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: