Reavivados por Sua Palavra


SALMO 92 by jquimelli
31 de janeiro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Dois tipos de pessoas são apresentadas neste Salmo: o ímpio e o justo.

Independentemente das suas características naturais e práticas comportamentais, aquele que se volta para Deus com arrependimento é chamado de justo. Aquele que não se volta para Deus, não cessa de confiar em suas próprias obras, e não aceita a oferta divina de justiça, é chamado de ímpio.

O título deste salmo diz: “Um cântico. Para o dia de sábado”. “Sábado” vem do verbo “cessar”, “descansar”. O objetivo de Deus ao dar o sábado ao seu povo foi justamente prover um dia para que as pessoas se voltassem para Ele, cessassem suas obras, confiassem nEle e aceitassem a Sua oferta de justiça. No Sábado temos o privilégio de desfrutar da obra realizada pelo Senhor por nós.

Este Salmo diz que os ímpios certamente perecerão; o justo juízo de Deus, um dia, finalmente, entrará em cena. O Salmo também dá um aviso aos leitores: se alguém está andando por maus caminhos, por favor, abandone-os e viva!

Na verdade devemos orar por eles e trabalhar em prol deles, para que eles possam enxergar a bondade do Senhor nosso Deus.

Bondade e fidelidade, dois destacados atributos de Deus são introduzidos aqui (v. 2, 4, 5, 8, 10, 12-15). Os profundos pensamentos do Altíssimo alimentam a todos os seres vivos. Aqueles que são transplantados para o Seu tribunal crescerão e florescerão como palmeiras novas (v. 12). Deus promete exaltá-los.

Uma vez que Deus é justo, se você der o coração a ele, você será como o cedro do Líbano, produzindo fruto para a eternidade. Se você se afastou ou se desviou dEle, por favor retorne o quanto antes.

Sook -Young Kim
Kyungpook National University
Coréia do Sul

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/92 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/92/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 92 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



SALMO 92 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
31 de janeiro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 92 – Celebrar é a atitude de todo aquele que reconhece quão importante é conhecer a Deus e tê-lo como Senhor de Sua vida.

Reflita:

• Adorar ao Senhor, anunciar Seu caráter dia e noite, sem ou com instrumentos musicais, são ações naturais de quem se rende e se submete ao Deus vivo e verdadeiro (vs. 1-3).
• Há diversas razões para celebrar a Deus e testemunhar de Seus feitos; aqueles que possuem discernimento e reconhecem as obras de Suas mãos no mundo, proclamarão aos quatro ventos Suas obras e Seus pensamentos com convicção (vs. 4-8).
• Deus tem inimigos, estes são praticantes da iniquidade, os quais recebem da bondade de Deus, mas por rejeitá-lO, passarão pela vida, mas perecerão eternamente (v. 9).
• Os súditos de Deus enfrentam desafios, oposições e até ameaças, mas quem confia em Deus e conhece Seus planos, não se entregam ao medo nem reagem dominados pelos mal (vs. 10-11).
• Os justos sabem o que Deus promete fazer com eles, e confiam o futuro nas mãos divinas, crentes que segurança e sucesso os acompanharão (v. 12).
• A resistência dos servos de Deus é como as grandes árvores ao redor da Casa de Deus, que além de ornamentar e embelezar, produzem seus frutos para honrar, glorificar e exaltar a Deus (vs. 13-15).

O Salmo em questão, utilizado pelos judeus para o dia de sábado, é um hino de adoração ao Altíssimo, que alegra a vida do salvo durante a semana e opera grandes feitos em prol de sua felicidade.

O Salmo é uma canção de gratidão que pode ser utilizado ainda hoje ao pôr-do-sol para ser lido em família por tantas maravilhas que Deus opera em nossa vida.

O Salmo também nos oferece um contraste entre a vida presente, fútil e problemática do ímpio com a vida segura, abençoada e próspera do justo.

1. Enquanto os justos encontram inúmeros motivos para louvar, adorar e exaltar o nome de Deus de diversas formas os pecadores arrogantes não conseguem compreender a grandeza da natureza nem a beleza dos pensamentos de Deus revelados em Sua Palavra.
2. Enquanto os ímpios se apegam apenas a esta vida efêmera, sem sentido e vazia, os justos crescerão e frutificarão para proclamar a força, a retidão e a justiça divina.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



SALMO 92 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
31 de janeiro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Bom é render graças ao SENHOR e cantar louvores ao Teu nome, ó Altíssimo” (v. 1).

A gratidão nem sempre é tão praticada quanto o pedido. Pedimos muito e agradecemos pouco. E, geralmente, pedimos o que queremos. Os nossos desejos são alimentados para saciar a nossa própria vontade e a nossa ansiedade por conquistas pessoais. Não é errado ter sonhos e ir em busca deles. O erro está em colocá-los acima dos sonhos de Deus para nós.

No verso quatro, o salmista faz uma declaração a respeito disso: “Pois me alegraste, SENHOR, com os TEUS FEITOS, exultarei nas obras das TUAS MÃOS”. Percebem, amados? A verdadeira gratidão brota de um coração que compreende que a vontade de Deus é sempre a melhor. Já “o inepto não compreende e o estulto não percebe isto” (v. 6). Isto é, aquele que procura somente os seus próprios interesses, que não busca andar no centro da vontade divina, jamais irá compreender as obras grandiosas de Deus e, consequentemente, nunca compreenderá o valor e a alegria que emanam da gratidão.

Sendo um Salmo sabático, também revela o cuidado paterno de Deus em estabelecer um tempo especial de gratidão e de louvor para que Seus filhos O reconheçam, a cada manhã e a cada noite (v. 2), como o Criador de todas as coisas. O sábado foi feito para nos deleitarmos na presença do Altíssimo e nEle encontrar o descanso que nos proporciona a plena união com Ele e de uns com os outros. 

A gratidão nos faz exercitar, além de outras coisas, a confiança em um Deus que é reto e justo (v. 15), a ponto de encontrarmos alegria e satisfação mesmo em meio a perseguição (v. 11). Viver “a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2), sempre será a melhor decisão a ser tomada. Não troque o florescimento eterno (v. 12) pelo terreal (v. 7). Este pode até parecer um lindo jardim, mas o seu final será a destruição eterna (v. 7). Apegue-se ao SENHOR e na sabedoria da Sua vontade, e serás bem-sucedido em florescer “nos átrios do nosso Deus” (v. 13).

Bom dia, justos do Altíssimo!

Desafio do dia: Pela manhã, escreva no início de uma folha em branco a palavra GRATIDÃO, e no fim do dia escreva no mínimo sete razões para render graças a Deus.

*Leiam #Salmo92

Rosana Garcia Barros 




%d blogueiros gostam disto: