Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 21 by jquimelli
26 de junho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/1-samuel/1sm-capitulo-21/

“É apenas uma inofensiva mentirinha branca… não vai machucar ninguém.”

Davi começou a dizer mentirinha após mentirinha ao navegar por esta situação potencialmente ameaçadora à vida. Ele respondeu às perguntas do sacerdote com respostas que ele achava que protegeriam os dois. Felizmente, ele conseguiu sair vivo da situação. O problema? Não era verdade.

Mas isso é realmente um problema? Quem já não enfrentou uma situação na qual pensou em que a única saída seria mentir? Na sociedade atual, falsificar a verdade para proteger alguém é considerado aceitável e, em algumas situações, até necessário. O fato de um programa de televisão chamado “Adoráveis Pequenos Mentirosos” [Pretty Little Liars] ter sido exibido pela rede de TV ABC Family (EUA) durante sete anos com uma audiência enorme fala sobre como a sociedade se sente a respeito das “mentiras inocentes”. “Não é grande coisa”; “Chega a ser elegante”.

A verdade é que “o SENHOR detesta os lábios mentirosos, mas se deleita nas pessoas que são dignas de confiança” (Provérbios 12:22). Quantas vezes Jesus enfrentou situações em que ele foi encurralado e parecia sem saída? Assim como o Espírito Santo guiou os pensamentos de Jesus capacitando-o a dar uma resposta sábia, Ele também pode nos ensinar a falar com veracidade mesmo quando pressionados a mentir.

Pastora Tiffany Brown
Diretora do Centro REACH de Evangelismo Urbano
Maryland, EUA.

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=503
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



1 SAMUEL 21 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
26 de junho de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



I SAMUEL 21 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
26 de junho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

 
O medo te leva a lugares que você nunca imaginou. Te induz a viver loucamente, como alguém desprovido de inteligência.

Dizem que “de médico e de louco todo mundo tem um pouco”. Provavelmente por isso Sêneca declarou: “Se me apetece rir de um louco, não preciso de ir procurar muito longe; rio de mim mesmo”.

Marcel Proust disse que, “para tornar a realidade suportável, todos temos de cultivar em nós certas pequenas loucuras”. Talvez Davi intentasse essa máxima!

Ao despedir-se de seu amigo Jônatas, Davi fugiu de Saul, que desejava avidamente sua morte sem razão alguma, senão sua inveja. Davi desceu a Node, omitiu informações, comeu pão sagrado, pegou a espada de Golias (vs. 1-9) e, dirigiu-se à Gate, terra de Áquis, habitada por inimigos filisteus (vs. 10-15).

Ali, fugindo com medo de Saul, Davi também teve medo dos filisteus. Davi já era famoso; portanto, foi reconhecido e entrou em pânico. E, buscando a sobrevivência, “fingiu estar louco, batendo com a cabeça na porta da cidade e espumando pela boca, enquanto a saliva corria pela barba”.

Que situação: Aquele que matou o gigante Golias nesse estado de humilhação! Como reagiu Áquis? “Aquis olhou para ele e disse àqueles líderes: ‘Não estão vendo que ele está louco? Por que o deixaram entrar? Já tenho loucos suficientes aqui, e vocês me trazem mais um! Tirem-no daqui!”

O que podemos aprender de tudo isso? Veja estes dois parágrafos apresentados por William MacDonald:

1. “Até mesmo os grandes homens têm pontos fracos. Davi não foi exceção. Esse capítulo triste registra as mentiras do fugitivo junto ao tabernáculo em Node (v. 1-9) e sua loucura fingida perante os filisteus (v. 10-15)”.

2. “Em meio a essa provação, porém, Davi aprendeu algumas lições importantes. Antes de passar ao capítulo seguinte de I Samuel, leia o salmo 34, escrito nessa época, e que nos permite entender melhor certos aspectos do caráter de Davi. Graças a sua resiliência admirável, mesmo quando errava, Davi crescia no conhecimento de Deus”.

Precisamos aprender a extrair lições de nossas loucuras. Pois, A MAIOR E PIOR DAS LOUCURAS É NÃO APRENDER NADA COM NOSSOS ERROS!

Martin Luther King alertou: “Temos de aprender a viver todos como irmãos ou morreremos todos como loucos”.

Sejamos sábios! – Heber Toth Armí.



1SAMUEL 21 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
26 de junho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Pelo que se contrafez diante deles, em cujas mãos se fingia doido, esgravatava nos postigos das portas e deixava correr saliva pela barba” (v.13).

O sacerdote Aimeleque ficou tomado de medo ao avistar Davi sozinho e perguntou qual era o motivo de sua visita. Davi mentiu, provavelmente com a intenção de proteger o sacerdote caso Saul soubesse que este o havia ajudado. Mas só havia ali os pães da proposição, ou seja, os pães sagrados do santuário. Após certificar-se de que Davi e seus homens não haviam se contaminado com nada impuro, Aimeleque julgou por bem dar-lhes de comer daqueles pães. Ele passou por cima da lei cerimonial para cumprir uma ainda maior.

Ao ser indagado porque Seus discípulos colheram e comeram espigas no sábado, Jesus usou este episódio da vida de Davi como ilustração. As inúmeras regras criadas pelos judeus acerca da guarda do sábado, havia tornado este dia longe do propósito que realmente deveria cumprir: um dia especial, deleitoso e de profunda comunhão com o Criador (Is.58:13-14). A expressão “Misericórdia quero e não holocaustos” (Mt.12:7), define bem a sábia decisão do sacerdote em alimentar Davi e seus homens, e a inocente atitude dos discípulos em pegar algumas espigas para se alimentar.

Então, dali de Nebo, fugindo de Saul, Davi partiu para Aquis, rei de Gate. Só que ele não esperava encontrar ali pessoas tão informadas acerca de sua fama de guerreiro vitorioso. Davi percebeu, portanto, que havia fugido de um inimigo para cair nas mãos de outro. E o qual foi a sua atitude? Fingir-se de louco! Isso mesmo. Davi se passou por doido, remexendo nas aberturas das portas e babando como um bebê de colo. Imaginem a cena! E a pergunta do rei de Gate confirma a perfeita atuação de Davi: “Faltam-me a mim doidos, para que trouxésseis este para fazer doidices diante de mim? Há de entrar este na minha casa?” (v.15).

O contexto histórico do Salmo 34 é justamente este em que Davi se finge de louco. E o título do Salmo é: “Provai que o Senhor é bom”. Apesar de nossas atitudes impensadas, a bondade do Senhor vai além. Mesmo que o medo nos leve a agir de forma alienada diante dos homens, Deus ouve o clamor do coração: “Clamou este aflito, e o Senhor o ouviu e o livrou de todas as suas tribulações” (Sl.34:6). Apesar do comportamento louco de Davi, seu coração clamava pelo socorro divino. Diante do rei de Gate, Davi era um louco, porém, diante de Deus, era um aflito de coração clamando por livramento.

Quantas vezes julgamos as ações humanas sem misericórdia alguma. Permitam-me ilustrar isto:

Uma dirigente de um ministério de louvor estava se organizando para ministrar a música em determinada igreja, quando um ancião a abordou sobre o fato de dois músicos estarem de calça jeans, e não de social. Aquela mulher, conhecendo a condição humilde daqueles rapazes, mansa e sabiamente respondeu: “Está vendo aquele jovem, meu irmão? Ele veste numeração 40. E aquele outro, veste 42. Estamos abertos a doações”. Sabem o que isto quer dizer? Que somos muito rápidos em julgar, e morosos em amar! O sacerdote preferiu alimentar Davi e seus homens com o pão sagrado do que deixá-los à míngua. Jesus preferiu ser acusado de quebrar uma regra sem sentido do que deixar Seus discípulos passarem o Dia do Senhor com fome. Davi fingiu-se de doido para salvar a sua vida. Sejamos, pois, misericordiosos, assim como o Senhor tem sido misericordioso conosco a cada dia (Lm.3:22-23). Vigiemos e oremos!

Bom dia, misericordiosos do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Samuel21 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100



1 SAMUEL 21 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
26 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria



I SAMUEL 21 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
26 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

518 palavras

Nobe. Após a destruição de Silo [ou Siló], o santuário foi deslocado para Nobe, situado a norte de Jerusalém. Andrews Study Bible.

Porém a arca permanecia na casa de Abinadabe em Quiriate-Jearim. Mais tarde, Davi transportou a arca para Jerusalém (2Sm 6:2, 3). Uma vez que a arca não se encontrava no tabernáculo na época, os cultos provavelmente eram realizados assim como nos dias de Cristo, quando o lugar santíssimo estava vazio [a arca foi provavelmente escondida antes do exílio babilônico]. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 596.

Parece, segundo 22.10, 15, que o propósito de Davi em ir até Nobe era buscar orientação do Senhor mediante o Urim e o Tumim. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Aimeleque. Irmão de Aías (14:3), e bisneto de Eli, o sacerdote. Ele era o principal dos outros 85 sacerdotes. Andrews Study Bible.

o rei me ordenou. Davi não está dizendo a verdade e isto resulta em tragédia. Andrews Study Bible.

O fato de a Bíblia não condenar a duplicidade de Davi não deve ser usado como justificativa para o ato. As Escrituras exigem que se fale a verdade sempre. CBASD, vol. 2, p. 597.

Davi removeu as suspeitas do sacerdote usando um subterfúgio que ele deve ter lamentado até ao fim de sua vida. … A conduta de Davi foi indigna, embora no coração ele se estivesse escondendo em Deus. Não devemos julgar pelas aparências, mas com profundo discernimento. Em todos os santos de Deus há uma extensa medida de humanidade. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

pão sagrado. Doze pães consagrados era trocados a cada sábado. Os pães velhos eram comidos pelos sacerdotes no santuário (Lv 24:9). Com base nesta passagem, Jesus fundamentou Seu argumento de que salvar vidas é mais importante que a lei cerimonial (Mt 12:3-4). Andrews Study Bible.

Doegue, edomita. Mercenários estrangeiros serviam a reis israelitas (1Cr 27:30-31). Esta breve menção a Doegue, que servia como informante de Saul, é importante para o resto da história (cap. 22). Andrews Study Bible.

Doegue é mencionado, também, no título do Sl 52. Bíblia de Genebra.

10 Aquis. Aquis é chamado de Abimeleque no título do Salmo 34. Aqui era um nome filisteu, e Abimeleque, semita. … Por ser foragido, Davi não encontraria auxílio em Israel. Era comum que os foragidos de uma nação recebessem abrigo em terras inimigas. CBASD, vol. 2, p. 599.

11 o rei da sua terra. Ou: “o principal de sua terra”, porque Davi derrotara Golias, que antes habitava em Gate. Os filisteus respeitavam mais a Davi do que a Saul. Andrews Study Bible.

A façanha lhe dera uma forte reputação entre aliados e inimigos, pois foi herói do evento, provando ser o mais valente defensor de Israel. CBASD, vol. 2, p. 600.

12 teve muito medo. Há períodos de grande tentação e provação para toda pessoa, quando os inimigos são exaltados e os amigos humilhados, quando, não importando o caminho escolhido, é impossível encontrar o conselho e auxílio necessários. Nessa situação, é bom relembrar o relato da fuga de Davi, de seu contato com Aimeleque e Doegue em Nobe, da fuga para os inimigos de Israel em Gate e, em seguida, ler seu inspirado cântico de gratidão (Sl 34) composto nessa época. CBASD, vol. 2, p. 600.




%d blogueiros gostam disto: