Reavivados por Sua Palavra


RUTE 4 by jquimelli
5 de junho de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/rute/rt-capitulo-4/

Boaz é compassivo, respeitoso e gentil com Rute, uma jovem viúva pobre de um país estrangeiro. Ele é nobre e determinado a fazer o que é certo, e voluntariamente torna-se seu parente redentor. Através dele tudo o que foi desfeito nas vidas de Rute e Noemi é restaurado e corrigido novamente. Esta é uma bela imagem do que significa ser redimido. É muito mais do que ser salvo da pobreza ou ser capaz de recuperar uma herança familiar. É sobre ser verdadeiramente amado, abençoado, honrado e restaurado.

Boaz dá segurança a Rute: um marido, um lar e um filho. Noemi recupera tudo o que ela perdeu. Sua tragédia tem um final feliz. Quem sabe Deus tenha usado esse processo incomum para contornar uma possível falha genética na família de Noemi e Elimeleque que tenha enfraquecido seus filhos.

Nas cenas finais, a câmera aproxima-se de Naomi, abraçando o bebê Obede alegremente em seu coração. Suas lágrimas de amargura se transformaram em risos. Em seguida, a câmera faz uma panorâmica e coloca essa pequena história de amor no contexto da eternidade, quando Rute se torna a bisavó do rei Davi e uma ancestral de Jesus. Deus pode transformar tragédias em algo inesperadamente belo.

Karen Holford
Diretora dos Ministérios da Família
Divisão Trans Européia

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=482
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



RUTE 4 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
5 de junho de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



RUTE 4 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
5 de junho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Deus não é machista e, nem tampouco a cultura bíblica. Além disso, a Bíblia não é exclusivista, ou regionalista. Rute era mulher, pagã, estrangeira, descendente de incesto (relação sexual da filha com o pai – ver Gênesis 19:37).

• “O livro de Rute é, em essência, um relato acerca de uma mulher, um livro sobre o qual Deus colocou seu selo de aprovação ao incluí-lo na biblioteca divina” (J. Vernon McGee).

Merril F. Unger destaca três pontos deste capítulo:

• O parente mais próximo renuncia ao seu direito (vs. 1-8).
• Boaz efetiva o resgate e casa com Rute (vs. 9-17).
• Genealogia messiânica (vs. 18-22).

“O livro de Rute conclui com uma curta genealogia, ligando Perez (filho de Judá) com Davi. Obede, filho de Rute e Boaz, torna-se o pai de Jessé, e Jessé, o pai de Davi, o maior rei de Israel. O próprio Messias viria ao mundo mil anos depois do grande monarca, sendo chamado filho de Davi”, comenta Hernandes Dias Lopes. E, então, acrescenta:

“O autor do livro de Rute não olha apenas para Obede, ele levanta seus olhos e vê mais além. Ele olha para a história da redenção. Deus não estava trabalhando apenas para prover bênçãos materiais a Noemi, Rute e ao povo de Belém. Ele estava preparando o cenário para a chegada de Davi… O nome Davi trazia consigo a esperança do Messias em um novo tempo de paz, justiça e liberdade, em que o pecado e a morte seriam vencidos. O livro de Rute abre as cortinas da esperança e aponta para Jesus”.

Sendo assim, se você, como…

• …Noemi, afastou-se do povo de Deus, retorne imediatamente!
• …Rute, precisa unir-se ao povo de Deus, faça-o imediatamente!

A história de Rute é uma grande história em poucos capítulos. Entretanto, extraímos extraordinárias lições para nossa vida, fé e caminhada rumo ao Salvador que quer transformar-nos! Quer fazer a máxima diferença? Deixe a Bíblia reger cada momento de tua existência!

• Alguém disse: “A maioria das pessoas quer mudar o mundo para melhorar sua vida. Quanto esforço mal empregado. Se tão somente se melhorassem a si mesmas, estariam melhor e também o estaria o mundo”.

Aceitar Jesus fez a diferença na vida de Rute! Aceite-O também de coração; então, teu viver será bem diferente! – Heber Toth Armí.

Escreva o que mais te impressionou lendo, meditando e aprendendo no livro de Rute…



RUTE 4 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
5 de junho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Ele será restaurador da tua vida e consolador da tua velhice, pois tua nora, que te ama, o deu à luz, e ela te é melhor do que sete filhos” (v.15).


A vida de uma mulher de origem pagã, viúva, pobre e humilde, revelou grandeza, sabedoria, fé e amor. De uma história que tinha tudo para dar errado, à fantástica história de como uma vida entregue a Deus pode se tornar a maior declaração de amor por Ele. Rute abriu mão de viver conforme a sua vontade, para viver a vontade do Senhor. E Deus a livraria de um casamento infeliz. Havia outro resgatador antes de Boaz, que é chamado apenas de “fulano” (v.1). Contudo, não era plano de Deus que o fulano se casasse com Rute, pois suas atitudes revelaram seu verdadeiro caráter: descompromissado com o Senhor. Ele logo aceitou a terra de Noemi, mas recusou-se a arcar com as obrigações do levirato. Aceitou os direitos, mas não os deveres. Com isso, deixou a Boaz o caminho livre para assumir tanto um, quanto o outro.

“Disse, pois, o resgatador a Boaz: Compra-a tu. E tirou o calçado” (v.8). Esse costume encontra-se registrado em Deuteronômio 25:9-10. Se um resgatador não aceitasse assumir tal responsabilidade, este tiraria o calçado. Mas esta recusa era considerada tão desprezível, que até cuspiam em sua face. Além do mais, sua casa seria conhecida em Israel como “a casa do descalçado” (Dt.25:10). O Fulano não quis assumir sua obrigação, no entanto, havia um Boaz para assumi-la. Diante de testemunhas, Boaz comprou tudo o que pertencia a Noemi e tomou Rute por mulher. Do casamento, nasceu Obede, avô do rei Davi, da linhagem do Messias. Que privilégio!

Rute não precisou fazer muito, mas no pouco que fez amou sem medidas. E foi esse amor que a levou a ser reconhecida como “melhor do que sete filhos”. Vocês têm ideia do valor desse elogio? Um filho homem era considerado, naquela cultura, a maior das bênçãos. Ter um filho varão era como um tesouro de grande valor. Se tivessem dito que Rute valia mais do que um filho já seria um grande elogio. Imaginem uma mulher, de origem pagã, ser considerada melhor do que sete filhos! Isso nos prova que o verdadeiro amor supera qualquer grandeza aos olhos humanos; que Deus havia escolhido Israel como a nação eleita, mas todos eram convidados a fazer parte da nação do Senhor. Lembremos que, antes de tudo, Rute tomou uma decisão. Suas palavras comoventes e firmes (Rt.1:16) testificam do seu caráter íntegro e da sua fidelidade para com Deus.

Aonde você se encaixa nessa história? Você tem sido uma Rute, que se coloca nas mãos do Senhor, que espera, confia e faz a vontade de Deus por amor? Você é um Boaz, que cumpre fielmente a parte que lhe é devida, que escolhe assumir tanto os direitos quanto os deveres de um verdadeiro cristão? Ou você tem sido apenas mais um Fulano da vida, que prefere tirar o calçado do que pisar firme na decisão de seguir a Deus assumindo os direitos e deveres de seu compromisso com o Alto?

O mundo está repleto de “Fulanos”, que lotam as igrejas em busca de bênçãos, e não em busca do Senhor das bênçãos. Notem que Rute escolheu servir a Deus na adversidade. Ela não recebeu bênçãos para depois servi-Lo. Ela amou e serviu ao Senhor e, como consequência, recebeu as bênçãos.

A Bíblia diz: “De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque isto é dever de todo homem” (Ec.12:13). Observem que a Bíblia não diz que é o dever de todo israelita, ou de todo judeu. Este é o dever de todo homem! Rute compreendeu isto mais do que o povo que batia no peito para dizer que era de Deus, e seu nome está escrito na genealogia de Jesus Cristo. Amados, o Senhor nos chama a tomar uma decisão firme e inabalável, assim como foi a decisão de Rute. Ele não promete as bênçãos que desejamos, Ele promete as bênçãos que precisamos. Ser Fulano é ficar limitado aos tesouros que o mundo oferece. Ser filho sábio é ser herdeiro dos ilimitados tesouros celestes. “Seja o Senhor bendito” em tua vida e que o teu nome “seja afamado” no meio do Seu povo (v.14)! Vigiemos e oremos!

Bom dia, filhos sábios do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Rute4 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100



RUTE 4 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
5 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria



RUTE 4 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
5 de junho de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

1548 palavras

Por causa do que aconteceu à porta da cidade, Boaz pôde cumprir sua promessa a Rute e, mais tarde, ter um filho com ela. Bíblia de Estudo Andrews.

à porta da cidade. A entrada de uma cidade era o local habitual para as transações comerciais e legais. Bíblia Shedd.

A porta da cidade era o centro de atividades. Servia de local para assembleias; … Servia como tribunal para tratar de casos legais (cf Am 5.10, 12, 15), como se depara aqui. Bíblia de Genebra.

o resgatador. Havia um parente de Elimeleque mais chegado do que Boaz. Bíblia Shedd.

Meu amigo (NVI; ARA: “fulano”). Boaz devia saber o nome do homem. O narrador cita Boaz usando uma palavra indefinida, talvez para não imortalizar uma pessoa egoísta na sua narrativa. Bíblia de Genebra.

dez homens. O número necessário de homens para agir (ver usos semelhantes do número dez em Gn 18:32; Is 6:13). Bíblia de Estudo Andrews.

está vendendo o pedaço de terra (NVI). Duas interpretações são possíveis: 1. Noemi é dona do terreno, mas está tão sem recursos que é forçada a vendê-lo. Era dever do resgatador comprar quaisquer terras que estivessem sob ameaça de ser vendidas para fora da família. 2. Noemi não é dona do terreno – que teria sido vendido por Elimeleque antes de a família partir para Moabe -, mas ela detém o direito de resgate, de comprar o terreno de volta. Faltando-lhe verba para isso, depende de um resgatador para fazê-lo em nome dela. irmão. Usado no sentido mais amplo de “parente”. Bíblia de Estudo NVI Vida.

resgata-a. O resgate na terra de Israel era regulado pelas leis de Lv 25:24-34, 47-55. Bíblia de Estudo Andrews.

também a tomarás da mão de Rute.

não a poderei resgatar. Seu temor podia ser que, caso tivesse um filho com ela e aquele filho fosse o único herdeiro sobrevivente, seus bens seriam transferidos à família de Elimeleque (v. nota em Gn 38.9). Nesse caso, seu risco não era maior do que o que Boaz assumiria. A recusa desse parente de desempenhar o papel de resgatador ressalta a bondade e a generosidade de Boaz para com as duas viúvas – assim como a volta de Orfa à sua família ressalta a devoção e a lealdade altruísta de Rute para com Noemi. Bíblia de Estudo NVI Vida.

a pessoa tirava a sandália (NVI). O processo de renunciar aos direitos de propriedade e de passá-los a outrem era ratificado publicamente tirando-se uma sandália e transferindo-a ao novo dono (v. Am 2.6; 8.6). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Este ato simboliza a transferência ou direitos de uma pessoa para outra (Am 2:6; 8:6). O parente de Noemi entregou seu calçado a Boaz, renunciando à obrigação de resgatar a terra e se casar com Rute. Bíblia de Estudo Andrews.

todo o povo. Além dos anciãos, o povo testemunha a decisão, reforçando sua imutabilidade. Nesses tempos, pouco se dependia da escrita. Bíblia Shedd.

Quiliom. Não tendo … filhos suscitados em seu nome, sua parte da herança passara para Malom, falecido esposo de Rute. Bíblia Shedd.

10 Que final feliz! A respigadora nunca mais precisará trilhar os campos, seguindo as pegadas dos segadores. Todas aquelas extensas terras eram dela, já que se tornara um com o proprietário. Quando nós somos um com Cristo, não mais nos esforçamos pela nossa redenção; mas, sendo remidos, apresentamos frutos a Deus (Rm 7.4). Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

11  faze-te nome afamado. No conceito semita, isto significaria ter muitos descendentes. Bíblia Shedd.

13-22 Desce a cortina sobre um grupo feliz. O pequenino bebê está no colo de Noemi. Aquelas mulheres que haviam caminhado juntas pelo vale da sombra da morte, agora estão juntas, banhadas de luz no alto da montanha. Deus muda o pranto em alegria (Sl 30.11). E nós, gentios, aprendamos que também temos parte em Cristo. Nele não há judeu nem grego (Cl 3.11). Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

13-17 A conclusão da história forma um equilíbrio com a introdução (1.1-5): 1) No hebraico, ambas têm o mesmo número de palavras; 2) ambas condensam muito assunto em pouco espaço; 3) ambas focalizam Noemi; 4) a introdução ressalta as perdas de Noemi, e a conclusão retrata a plenitude que ela alcança. Bíblia de Estudo NVI Vida.

14 O louvor das mulheres celebra o cumprimento do amor fiel de Deus para com Noemi. Bíblia de Genebra.

15 tua nora.Última referência a Rute no livro. Ela vai desaparecendo da história à medida que seu filho se torna o centro das atenções. Bíblia de Estudo Andrews.

ela te é melhor do que sete filhos. V. 1S 1.8. Como sete era considerado número completo, ter sete filhos, ter sete filhos era o epítome [síntese] de todas as bênçãos familiares em Israel (v. 1Sm 2.5; Jó 1.2; 42.13). A devoção altruísta de Rute para com Noemi recebe seu reconhecimento culminante. Bíblia de Estudo NVI Vida.

O amor de Rute pela sua sogra era conhecido e reconhecido em toda a cidade. Do início ao fim do livro de Rute, sua bondade para com os outros permanece inalterada. Life Application Study Bible Kingsway.

Deus trouxe grandes bênçãos à tragédia de Noemi, ainda maiores do que “sete filhos”, ou uma abundância de herdeiros. Ao longo dos duros tempos pelos quais passou, Noemi continuou a confiar em Deus. E Deus, a Seu tempo, a abençoou grandemente. Mesmo em nossa tristeza e calamidade, Deus pode trazer grandes bênçãos. Seja como Noemi e não volte suas costas a Deus quando tragédias acontecerem. Em vez de perguntar: “Como pôde Deus permitir que isto acontecesse comigo?”, confie nEle. Ele estará com você nos tempos difíceis. Life Application Study Bible Kingsway.

16, 17 Para alguns, o livro de Rute pode ser somente uma bela história a respeito de uma afortunada garota. Mas, na realidade, os eventos registrados em Rute fazem parte da preparação divina para os nascimentos de Davi e Jesus, o Messias prometido. Assim como Rute não tinha noção do propósito maior de sua vida, não conhecemos o total propósito e importância de nossas vidas, até que possamos olhar atrás, na perspectiva da eternidade. Devemos fazer nossas escolhas tendo em mente os valores eternos de Deus. Tomar atalhos morais e viver para os prazeres do momento não são bons modos de seguir adiante. Por causa da obediência fiel de Rute, sua fé e legado foram de grande significância mesmo quando ela não podia ver todos os resultados. Viva em fidelidade a Deus, sabendo que o significado de sua vida se estenderá além do seu tempo de vida. As recompensas excederão qualquer sacrifício que você tenha feito. Life Application Study Bible Kingsway.

16 pôs o menino no colo (NVI). Talvez simbolizando a adoção. Bíblia de Estudo NVI Vida. Isso significa, possivelmente, que houve um procedimento de adoção formal. Mas, seja como for, essa cena é o final feliz do que, verdadeiramente, é “A História de Noemi”. A viúva triste, pensando ter voltado pobre (1.21), recebeu fartura além das suas expectativas. Bíblia de Genebra.

17 A Noemi nasceu um filho. Por meio de Rute, a idosa Noemi, que já não pode ter filhos, obtém um herdeiro para substituir Malom. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Obede. O significado do nome do filho de Rute é “servo”, isto é, servo de Deus. Trata-se de uma forma abreviada de Obadias, que significa “o servo [ou adorador] de Yahweh”. CBASD, vol. 1, p. 469.

pai de Davi. Com estas palavras, o autor chega ao clímax da história, justificando a razão por que a narrou. Elas ressaltam o cumprimento da bênção pronunciada sobre Rute pelos habitantes de Belém (ver v. 11, 112, 15). O nome do parente chegado que imaginou que seu casamento com a moabita colocaria em risco sua herança caiu no esquecimento. O nome de Boaz, porém, ficou indelevelmente registrado na história de Israel, pois dele veio Davi, o ancestral e tipo de Cristo. Obede, por sua vez, foi um filho que Rute, graças ao amor que sua vida exalava, ofereceu a Noemi. CBASD, vol. 1, p. 469.

18-22 as gerações de Perez. Entre Judá(c. 1700 a.C.) e Davi (1010 a.C.) decorreram cerca de 700 anos. Evidentemente, as dez gerações aqui mencionadas não preencheram todo o tempo decorrido. Bíblia Shedd.

O fim dessa genealogia é Jesus Cristo, o grande “filho de Davi” (Mt 1.1), que cumpre as profecias e levará o povo do Senhor ao repouso definitivo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

21 Boaz. Embora Obede tenha nascido de um casamento por levirato, sua genealogia é ligada a Boaz, não a Malom. Bíblia de Estudo Andrews.

Se a nação judaica tivesse apreciado devidamente a lição do livro de Rute – de que Deus não faz acepção de pessoas -, a atitude dos judeus em relação aos gentios teria sido completamente diferente da que demonstraram ao longo da história. Eles teriam ficado atentos para esperar um Messias cuja missão era salvar do pecado homens e mulheres de todos os povos, que fossem judeus ou gentios. No entanto, a história mostrou que eles esperavam simplesmente um messias judeu que livrasse a nação judaica do jugo romano. O livro de Rute encerra uma lição para nós também. Se tão somente decidirmos demonstrar amor e empatia aos semelhantes, muitos farão a nós a mesma confissão de fé que Rute fez à sua sogra: “O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus” (Rt 1:16).; e, da nossa parte, poderemos dar-lhes a mesma garantia que Boaz deu a Rute: “O SENHOR retribua o teu feito, e seja cumprida a tua recompensa do SENHOR, Deus de Israel, sob cujas asas vieste buscar refúgio” (Rt 2:12). CBASD, vol. 1, p. 469.




%d blogueiros gostam disto: