Reavivados por Sua Palavra


I TESSALONICENSES 2 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
28 de julho de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

I TESSALONICENSES 2 – Antes de estudar a carta em análise, você precisa conhecer os detalhes históricos descritos em Atos 17 e 18.
“A primeira carta que [Paulo] escreveu que em seu ministério, tomou todos os cuidados para conservar a saúde espiritual da igreja e dos novos convertidos. Seus sofrimentos pelo evangelho tornam-se um modelo para o sofrimento que a igreja terá de enfrentar (2:1-2; 3:3-4). O fato de não existir sustento da igreja, mas de trabalhar por conta própria e ainda assim pregar o evangelho será corretivo para aqueles que queriam ser sustentados pela igreja e viver sem trabalhar (2:5-9; 4:11-12). O fato de preocupar-se com a fé dos irmãos levou-o a enviar vários obreiros para aquele local e manter-se em oração a favor deles (2:17-3:10). A leitura destes fatos mostra como devemos agir dentro da igreja de Deus, no cuidado com os novos convertidos” (Álvaro César Pestana).
O capítulo em apreço é continuação do capítulo 1. Os crentes que haviam ouvido o evangelho verdadeiro e se convertido verdadeiramente a ele, tornaram-se modelo a outros crentes pois, por meio de uma conduta transformada, a pregação da Palavra ganhou força. Após Paulo ter saído rapidamente de Tessalônica, a igreja precisava continuar seu ministério naquela cidade, por isso a carta (vs. 1, 17-20).
1. O ministério evangelístico deve ser feito pelas pessoas cuja motivação seja a aprovação de Deus (vs. 1-6), e não a…
• Aprovação humana;
• Ambição;
• Planos secretos.
2. O ministério evangelístico deve ser feito pelas pessoas cujo interesse seja o bem dos outros (vs. 7-12), não por pessoas…
• Que querem tirar proveito; gananciosas;
• Indelicadas, estúpidas e rudes;
• Egoístas.
3. O ministério evangelístico tem conteúdo em sua mensagem, que não é de origem humana, mas divina (vs. 13-16).
Os crentes tessalonicenses eram exemplares porque ouviram e aceitaram o verdadeiro evangelho.
Escrevendo à igreja recém-formada, Paulo revela terno cuidado e atenção aos novos na fé. Estes, como crianças, precisavam de cuidado, orientação e repreensão.
• Para que haja crescimento espiritual é necessário investimento espiritual.
Além de novos na fé, os crentes de Tessaolônica enfrentavam oposição política, desafios financeiros e opressão religiosa. Sendo assim, a mensagem de Paulo visa inspirar e avivar a esperança no crente que vive num mundo alheio a Deus e Seus princípios.
Também precisamos? – Heber Toth Armí.

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: