Reavivados por Sua Palavra


II CORÍNTIOS 11 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
4 de julho de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz” (v.14).


O pecado teve início no coração de um ser perfeito, criado para propósitos grandiosos e eternos, mas que misteriosamente rebelou-se contra Deus na tentativa de assumir o Seu trono (Is 14:14). Lúcifer começou a espalhar o engano entre os anjos, causando uma divisão que resultou na queda de terça parte deles (Ap 12:4). Feito isto, foi lançado para a Terra juntamente com seu exército de anjos caídos, onde “enganou a Eva com sua astúcia” (v.3). Desde então, o inimigo tem introduzido no mundo, todo tipo de engano a fim de seduzir a humanidade e celebrar as suas mais cruéis “conquistas”.
 
Paulo zelava pelos irmãos “com zelo de Deus” (v.2), para livrá-los das distrações satânicas que corrompiam a mente e os apartava “da simplicidade e pureza devidas a Cristo” (v.3). A tolerância quanto aos falsos apóstolos estava minando a mente dos coríntios em três aspectos destacados por Paulo: “outro Jesus”, “espírito diferente” e “evangelho diferente” (v.4). Ou seja, era uma mensagem que incluía o nome de Jesus, que alegava possuir o “espírito” e que pregava um “evangelho”. Porém, apesar do pouco conhecimento, a eficácia de seu discurso conquistava a simpatia dos ouvintes, enquanto Paulo alegava ser “falto no falar”, mas rico “no conhecimento” (v.6).
 
O ministério apostólico era mantido pela generosidade dos irmãos, mas, por vezes, também tinha a necessidade de ser mantido pelo labor dos próprios apóstolos. No caso de Paulo, ele procurava evitar qualquer coisa que pudesse dar ocasião a ser comparado com os “obreiros fraudulentos” (v.13). Por isso que a sua obra “nas regiões da Acaia” (v.10), não foi sustentada pelos coríntios, para não causar nenhum impedimento no avanço da pregação do evangelho naquele lugar. Homens que se denominavam “apóstolos de Cristo” (v.13), não passavam de ministros de Satanás usados como seus instrumentos para enganar através de uma aparência de piedade e empatia popular.
 
O que Paulo alegou ser loucura e insensatez foi o fato de ter que expor todos os seus sofrimentos e tribulações a fim de desassociar da mente dos coríntios qualquer tipo de ligação com os falsos apóstolos. Ao listar tudo o que havia passado, desde então, por amor a Jesus, seu objetivo não era o de mostrar maior espiritualidade, mas de fazer diferença entre o verdadeiro e o falso. As igrejas precisavam saber fazer esta diferença de modo que estivesse blindada contra a mentira e a extorsão. E nós, sabemos fazer esta diferença? Se naquele tempo já haviam falsos apóstolos e falsos profetas, quanto mais em nossos dias. E a nossa salvaguarda está em conhecer a Jesus, receber o Espírito Santo e abraçar o evangelho de Cristo.
 
Jesus nos advertiu, dizendo: “Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta” (Ap 12:12). Para não sermos atingidos pela fúria do Maligno, precisamos estar em constante vigilância a fim de sermos encontrados “como virgem pura a um só esposo, que é Cristo” (v.2). Satanás deseja corromper a nossa mente com toda sorte de enganos aparentemente inofensivos, mas que causarão a destruição eterna de todo aquele que não se manteve vigilante. Você e eu temos em mãos o maior mapa do tesouro, a Palavra de Deus. Estamos explorando-a? Ou será que estamos com o mapa em mãos afirmando estar sendo orientados por ele, enquanto não estamos dispostos a seguir suas coordenadas? Há um só caminho a seguir: “o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um” (1Jo 5:7). Que como Paulo, tenhamos a ousadia e a autoridade de afirmar: “A verdade de Cristo está em mim” (v.10).
 
Bom dia, portadores da verdade de Cristo!
 
Rosana Garcia Barros
 
#PrimeiroDeus #2Coríntios11 #RPSP

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: