Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 30 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
29 de abril de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

PROVÉRBIOS 30 – A loucura repele as pessoas; entretanto, a sabedoria atrai.

Precisamos saber que nossa mente é como paraquedas, se não abrir, ela cai. Agur abriu sua mente, e o resultado foi magnífico. Talvez Agur fosse atraído a Salomão por sua sabedoria, e certamente se converteu ao princípio da verdadeira sabedoria: O temor do Senhor.

Agur era árabe, de Massá, no Oriente, um professor de renome, que enviou uma carta ao dois de seus alunos destaques: Itiel e Ucal – após sua conversão. Ele havia sido grande homem intelectual, mas desprovido do conhecimento do Deus verdadeiro.

Provavelmente, Agur ouviu falar da Sabedoria de Salomão, ou ele próprio foi visitar ao rei israelita. Ele abriu a mente, aprendeu a verdadeira sabedoria e agora compartilha com seus pupilos (e conosco também).

De seus escritos, extraio alguns princípios:

1. Quem tem contato com a verdadeira sabedoria e se rende a ela, torna-se a humildade em pessoa; despreza a arrogância, o orgulho e a vaidade e até o conhecimento que antes pensava equivocadamente ser sabedoria (vs. 1-3).
2. Quem se converte genuinamente à sabedoria divina reconhece que a Palavra de Deus é a verdade e, qualquer coisa contrária a ela não passa de ilusão, fraude e mentira (vs. 4-6).
3. Quem se converte deixa de ser ambicioso, materialista e ganancioso, passa a desejar somente o essencial para não perder-se do caminho da salvação, de sua fidelidade a Deus e, de Seus princípios morais (vs. 7-9).

“O desenvolvimento da mente é um dever que devemos a nós mesmos, à sociedade e a Deus. Nunca devemos, entretanto, planejar meios para o cultivo do intelecto à expensas da parte moral e espiritual. E é somente pelo harmonioso desenvolvimento das faculdades mentais, tanto como das morais, que se alcança a mais alta perfeição de ambos” (Ellen G. White).

Na sequência do texto bíblico, Agur, inspirado por Deus, oferece-nos máximas sapienciais:

• Não humilhe os humildes (v. 10);
• Fuja da arrogância (vs. 11-14);
• A ganância é insaciável (vs. 15-16);
• Filhos arrogantes sofrerão terrivelmente (v. 17);
• Enigmas da vida (vs. 18-20);
• Coisas intragáveis (vs. 21-23);
• Coisas pequeninas que ensinam importantes lições (vs. 24-28);
• Coisas ilustres (vs. 29-31);
• A arrogância causa desgraça, a humildade atrai graça (vs. 32-33).

Amigo(a), anima-te! Faça como Agur, converta-se e compartilhe sabedoria! – Heber Toth Armí.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: