Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 27 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
26 de abril de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Como o crisol prova a prata, e o forno, o ouro, assim, o homem é provado pelos louvores que recebe” (v. 21).


Tem um ditado que diz mais ou menos assim: Quer conhecer alguém? Dê poder para ele.
No contexto do verso acima poderíamos criar a seguinte versão:
Quer conhecer alguém? Elogie-o.

A Bíblia adverte sobre o auto elogio e aconselha que o louvor por nossas ações não saia de nossos próprios lábios, mas da boca do estranho (v. 2). Em uma época onde as palestras e livros motivacionais e de auto ajuda estão no auge, este conselho parece mais um balde de água fria. Onde predomina a depressão, a reclusão e a anti socialização, a auto estima tem sido evocada como uma ferramenta imprescindível e até curativa. Só que o verso acima, longe de ser um “bullying” ao amor próprio, é uma reflexão sobre o limite da auto estima. Gostar de si mesmo é até imprescindível para que possamos praticar o segundo maior mandamento: “Amarás o teu próximo COMO A TI MESMO” (Mateus 22:39). Eis o limite apresentado por Jesus, um pouco mais a frente: “o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado” (Mateus 23:12).

A provação não se trata apenas de algo externo, mas, principalmente interno. Quando o nosso ego é massageado, há o grande perigo de trocarmos a glória de Deus pelo orgulho próprio. Por isso que é muito melhor “a repreensão franca do que o amor encoberto” (v. 5). Pois “leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos” (v. 6). Receber conselhos cordiais é como “o óleo e o perfume” que “alegram o coração” (v. 9). Contudo, entramos numa zona de risco iminente quando buscamos os holofotes para nós mesmos.

Precisamos buscar a prudência para nos esconder do mal (v. 12) e isto inclui até a auto exposição que vemos hoje. Use suas redes sociais com sabedoria e se elas lhe têm sido uma pedra de tropeço, se desfaça delas. O que você imagina ser uma exposição inocente, pode se tornar pior do que “a ira impetuosa” (v. 4). Quando fazemos o possível para fugir do mal, Deus faz o impossível para que ele não nos alcance.

Escolha atentar para os sábios conselhos do SENHOR, pois “o que atenta para o seu SENHOR será honrado” (v. 18). Porém, “procurar a própria honra não é honra” (Pv. 25:27). Portanto, aceite o terno convite do Pai: “Sê sábio, filho meu, e alegra o Meu coração” (v. 11). Que tudo o que façamos seja com o real objetivo de filhos que querem alegrar o coração de seu Pai!

Bom dia, filhos sábios do Pai!

Desafio do dia: “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo” (Filipenses 2:3).

Rosana Garcia Barros
#PrimeiroDeus  #RPSP  #Provérbios27

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: