Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 5  #RPSP  Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
4 de abril de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade” (v. 18).

Exatamente hoje, meu marido e eu completamos mais um ano de casamento. Há treze anos atrás afirmamos o nosso desejo de estar unidos pelo matrimônio diante de Deus, de nossos familiares e amigos. E eu posso afirmar com convicção, que a mesma certeza que nos moveu a dizer “Sim” no altar é a mesma que nos move a fazer a mesma escolha à cada dia, não por sermos melhores do que ninguém, mas porque sabemos que isto é o melhor de Deus para nós. Em uma época em que o casamento é considerado uma instituição falida, Deus espera dos Seus filhos que esta realidade esteja bem longe de seus lares.

A vida a dois foi planejada ainda na perfeição como um símbolo de unidade e de amor: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois UMA SÓ CARNE” (Gênesis 2:24). Infelizmente, após a entrada do pecado, a corrupção passou a fazer parte da natureza humana e o que era para ser uma benção, começou a transformar-se em maldição. Os filhos de Deus encantaram-se pelas filhas dos homens e começaram a tomar para si quantas mulheres pudessem satisfazer as suas concupiscências (Gênesis 6:2). E foi este mal que desencadeou um dos episódios mais tristes da história deste mundo: o dilúvio.

A depravação foi tão terrível que corrompeu toda a Terra (Idem, 6:5). Apenas Noé e sua família foram salvos, porque mantiveram-se puros mesmo em meio a uma geração adúltera (Idem, 7:1).

Em Sua Lei imutável, Deus também nos deixou o seguinte mandamento: “Não adulterarás” (Êxodo 20:14), cuja validade foi ampliada por Jesus (Mateus 5:27-32) e confirmada por Tiago (Tiago 2:10-12). Em Provérbios, podemos extrair três princípios, sendo dois deles os mesmos usados por Davi no Salmo 1: “Afasta o teu caminho… não te aproximes” (v. 8). E numa época em que a distância que separa o homem da lascívia e do adultério pode estar a apenas um clique, não é de se admirar que já tenhamos ultrapassado a corrupção dos antediluvianos.

O apelo que o SENHOR nos faz é este: “filho, dá-me ouvidos e não te desvies das palavras da minha boca” (v. 7). A comunhão através da Palavra do SENHOR é o único meio que temos de manter puro o nosso caminho. Este é o terceiro e o principal princípio. Lembre-se que Noé deu ouvidos às palavras do SENHOR e foi salvo junto com a sua casa. O plano original do Criador é que o casamento esteja sempre blindado pelo amor, satisfação e fidelidade. É por isso que os jovens devem ter como um projeto de especial atenção o unir-se em matrimônio. Como nenhum outro propósito de vida, devem ter em mente que tal decisão deve ser feita apenas sob a certeza da orientação divina. Para que não ande “cego pela estranha” (v. 20) e para que possa se saciar com “a água da sua própria cisterna” (v. 15).

Amados, o adultério é pecado, por isso, passível de morte (Romanos 6:23). Ainda que as leis humanas não o considerem mais como uma infração, a Lei de Deus jamais passará (Isaías 40:8) e será com base nela que seremos julgados (Tiago 2:12). Portanto, aos casados, o SENHOR diz: “Bebe… das correntes do teu poço” (v. 15) para que não “gemas no fim de tua vida” (v. 11), e, aos solteiros, diz: “Filho meu, atende a Minha sabedoria” (v. 1), para escolheres bem e não morreres “pela falta de disciplina” (v. 23). Se tão-somente deres ouvidos às palavras do SENHOR, será sempre “bendito o teu manancial” (v. 18)!

Bom dia, fiéis de Deus!

Desafio do dia

Aos casados: Faça uma surpresa especial para seu cônjuge e separe um momento para fazerem um pequeno culto juntos.

Aos solteiros: Escreva em um papel uma oração especial para que o SENHOR lhe conduza a um casamento feliz e coloque esta oração dentro de sua Bíblia para que sempre possa lembrar de orar por este propósito.

Rosana Garcia Barros 
#PrimeiroDeus  #Provérbios5


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: