Reavivados por Sua Palavra


II Samuel 23 – Comentário Pr Heber Toth Armí by Jeferson Quimelli
26 de abril de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

II SAMUEL 23 – Todo grande pecador precisa de um Salvador maior que seus pecados. Mas, para isso, a devoção Àquele que, unicamente, resolve nossa situação oferecendo-nos salvação, deve ser tão real como a realidade de nossas transgressões.

Falando sobre Davi, Paul R. House sintetiza: “Ele peca, mas sempre volta para Yahweh, o que demonstra que no íntimo está comprometido com o Senhor. Davi falha, contudo avança em seguida na direção de Deus. Desse modo, sua devoção é tão real quanto seu pecado”.

Certamente, Davi revela que Deus sempre foi Sua prioridade. Diferentemente de Saul que, quanto mais tempo vivia, mais afastava-se de Deus, as últimas palavras de Davi revelam poeticamente sua exemplar devoção a Deus (vs. 1-7).

House também observa que Davi “em dois poemas ele canta acerca da ajuda divina (22.1-51; 23.1-7), contudo também depende da ajuda de seres humanos inescrupulosos (21.15-22; 23.8-29)”. Após o cântico, o texto apresenta nomes de homens valentes:

• Os três principais e primeiros valentes de Davi são: Josebete-Bassebete, Eleazar, e, Samá. O relato destaca façanhas e proezas destes três valentes que ajudaram, apoiaram e lutaram por Davi (vs. 8-12).
• Além destes três, há outros valentes em destaque: Abisai e Benaia (vs. 13-23).
• Há mais trinta guerreiros citados por nomes (vs. 24-39).

Embora fosse grande pecador, Davi submeteu-se ao grande Salvador. Isso faz toda diferença! Por isso, Davi também foi um grande guerreiro; um grande rei, quem deu início ao ungido trono messiânico; e, um grande profeta, e também sacerdote (Atos 2:30; Salmo 110:4).

Antes de apresentar os valentes, o autor inspirado apresentou o que, na visão de Ellen G. White é “um cântico de confiança, do mais sublime princípio, e fé imortal”. Desta forma, observando o capítulo inteiro, captamos grandes aplicações, importantes aos cristãos do século XXI:

1. Como igreja, precisamos ser dependentes de Deus, contudo, importa usar nossas forças e habilidades para derrotar as portas do inferno que obstaculizam o caminho ao céu.
2. O texto inspirado visa inspirar a sermos crentes corajosos, ousados e habilidosos ao avançar enfrentando oposições no engajamento dos planos divinos.
3. Todo membro da igreja cristã deve unir suas forças para que o reino de Deus avance sobre o reino das trevas.

Reflita: Se priorizarmos Deus em nossa vida, faremos proezas! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: