Reavivados por Sua Palavra


I Samuel 29 – Comentário Rosana Barros by Jeferson Quimelli
1 de abril de 2016, 0:35
Filed under: Sem categoria

I Samuel 29 – Comentário Rosana Barros

"Então, Davi disse a Aquis: Porém que fiz eu? Ou que achaste no teu servo, desde o dia em que entrei para o teu serviço até hoje, para que não vá pelejar contra os inimigos do rei, meu senhor?" (v. 8).
Até ali, Davi e seus homens haviam derrotado povos inimigos sem levantar suspeitas. Aquis confiava tanto em Davi, que a respeito deste, disse: "Bem o sei; e que, na verdade, aos meus olhos és bom como um anjo de Deus" (v. 9). E nem sabia ele que o "anjo de Deus" estava lhe enganando.
Só que o capítulo de hoje começa a mostrar os resultados da mentira de Davi. Se achou esperto, mas estava prestes a cair em uma grande cilada que ele mesmo armou.
Aquis podia acreditar em Davi, mas os príncipes filisteus não. Era do conhecimento deles a fama de Davi e a música que embalava as danças de vitória de Israel já era conhecida de todos os povos vizinhos: "Saul feriu os seus milhares, porém Davi, os seus dez milhares" (v. 5). A mesma música que despertou a ira em Saul, despertou a desconfiança nos príncipes filisteus.
Nas vezes em que Saul perseguiu a Davi, este sempre interrogava aquele: "Que fiz eu?"
A mesma pergunta Davi faz a Aquis quando lhe é exigido que não vá à peleja com os filisteus: "Porém, que fiz eu?"
Na verdade, Davi deveria estar em tremenda aflição diante do que estava prestes a fazer: marchar contra o seu próprio povo.
Mas não é interessante a pergunta de Davi?
No contexto deste capítulo a retórica de Davi não tem o mínimo cabimento.
Sabem uma pessoa que lhe prejudica e depois, de cara lavada, ainda pergunta: "O que foi que eu fiz?"
Foi exatamente o que fez Davi. Só que Aquis não fazia ideia do jogo sujo do homem que ele considerava reto (v. 6).
A batalha que Davi estava travando era consigo mesmo. Seus planos e objetivos começaram a ser traçados sem a aprovação do SENHOR. Se não tomasse cuidado, cairia no mesmo erro de Saul, negando vez após vez ouvir a voz de Deus, até tornar-se surdo aos apelos divinos.
O SENHOR precisava chacoalhar a Davi e fazê-lo voltar ao primeiro amor.
"Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor" (Apocalipse 2:4).
E como voltar? Deus permitiria que as consequências dos atos de Davi começassem a tomar forma.
"Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras" (Apocalipse 2:5).
Geralmente, para lembrarmos onde nos machucamos, basta olhar para as cicatrizes. As marcas nos lembram onde caímos, como nos machucamos e por quê.
Tenho uma cicatriz no joelho esquerdo que "ganhei" quando tinha apenas uns quatro anos de idade. Nunca esqueço como aconteceu, porque a marca está sempre ali para me lembrar. O parquinho da escola estava molhado e eu inventei de passar justamente dentro de uma poça d’água. Só que eu escorreguei e meu joelho foi direto em uma cerâmica quebrada. Então, a partir dali, eu nunca mais inventei de andar dentro de poças d’água.
Compreendem?
Ah, se toda cicatriz fosse apenas externa!
Tantas vezes sabemos que podemos nos machucar, sabemos que podemos machucar outras pessoas, no entanto assumimos o risco. Só que as sequelas machucam, e as vezes causam tanto dano, tanto mal, que abrem feridas difíceis de cicatrizar.
Pela fé, vão-se as feridas mas ficam as cicatrizes. Ficam as marcas que imprimem em nós lembranças que, se pudéssemos, escolheríamos esquecer.
Davi foi infeliz em deixar o deserto para ir habitar entre os inimigos. Deixou o refúgio do SENHOR para construir o seu castelo de areia, que estava prestes a desabar e causar muito sofrimento a ele e a todos os seus valentes.
"Quem teme ao homem arma ciladas, mas o que confia no SENHOR está seguro" (Provérbios 29:25).
Davi preferiu armar ciladas a confiar em Deus. Preferiu buscar o favor do que governa do que aguardar a justiça do SENHOR (Provérbios 29:26).
A dura tribulação que estava por vir despertaria o homem segundo o coração de Deus, da escuridão de seu próprio coração.
Em meio à perseguição era fiel e verdadeiro, dentro da "segurança" dos muros de Ziclague, tornou-se cínico e mentiroso.
Davi precisava lembrar onde e como havia caído, para então voltar ao primeiro amor. PRECISAVA RETROCEDER PARA ENTÃO AVANÇAR!
E as marcas certamente o ajudariam neste processo.
Você está precisando retroceder? Por certo existem cicatrizes que lhe fazem lembrar das quedas. O SENHOR lhe convida, hoje, a lembrar de suas marcas com remorso pela última vez. Ele promete transformá-las de marcas de dor em marcas de vitória. Jesus recebeu chagas de morte para ficar com marcas do amor! Escolha trocar as marcas da mágoa, da raiva, da intriga, pelas marcas da justiça de Cristo! Somente quando nos arrependemos genuinamente das quedas do passado, é que estas coisas ficam para trás, e, como Paulo, avançamos para o alvo, "para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" (Filipenses 3:13-14).
Que as marcas do amor de Cristo superem as marcas que a vida lhe causou!
Bom dia, marcados pelo amor de Cristo, conte-nos seu testemunho e deixe seu pedido de oração!
*Leiam ‪#‎1Samuel29‬

Rosana Garcia Barros


6 Comentários so far
Deixe um comentário

Obrigado oor todo esforço em postar, todos os dia, estes imspiradores textos! De fato, Deus tem falado ao nosso coração através daqui também!

Comentário por Eliel

Bom dia! Infelizmente, em nossa caminhada nos ferimos e aos outros também. E as marcas e cicatrizes ficam ali, mostrando nossos erros… Graças à Deus temos um Pai que sara, que alivia as dores, que nos fortalece. Orem, por favor, por esta serva do Senhor.

Comentário por Zilá Meireles

Deus te abençoe!!

Comentário por maria conceição

Tenho uma vasta experiência em retroceder, para só então, avançar! Estou vivendo isso hoje, e acredito que Deus está mostrando a mim o caminho certo!

Comentário por Cláudia Cristina Gonçalves Ferreira

Muito grata por estes estudos tenho aprendido muito estou atrasada mas estou rstudando todos com calma. ORAÇÃO pelos meus filhos afastados da presença do Senhor

Comentário por isabel cristina alves de oliveira

Que bom, Isabel!
Colocarei seu nome na nossa lista de oração.
Abraço, Deus te abençoe neste estudo de Sua Palavra.

Comentário por jquimelli




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: