Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 12 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
2 de setembro de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO ISAÍAS 12 – Primeiro leia a Bíblia

ISAÍAS 12 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

ISAÍAS – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)

VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)



ISAÍAS 12 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
2 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

1. Graças te dou, ó SENHOR. Este capítulo é um salmo de ação de graças, uma continuação apropriada do capítulo anterior, no qual o Messias liberta os justos das mãos dos opressores.

2. Deus é a minha salvação. No tempo da invasão de Senaqueribe, foi Deus que salvou Seu povo, nãos os muros que cercavam Sião ou os exércitos de Judá (Is 37:33-36). Nos últimos dias, o remanescente fiel será salvo do poder do inimigo pelas mãos do Senhor.

4 Tornai manifestos os Seus feitos. O povo de Deus é encorajado a relembrar as misericórdias divinas e a contar a outros as bênçãos recebidas. Se houvesse mais louvor entre o povo de Deus haveria menos desânimo e crítica. O ser humano falha em não relembrar as misericórdias do Céu e, com isso, tende a se esquecer de Deus (Rm 1:21-23) e a se demorar nos erros de seus irmãos.

5 Coisas grandiosas. Incontáveis são os atos de misericórdia da parte de Deus para com Seus filhos. Então, por que não relembrá-los e cantar louvores ao Senhor por Suas misericórdias? Cantar afasta o desânimo, o medo e a tentação e fortalece contra os ardis do diabo.

6 O Santo de Israel. O profeta não representava um Deus distante, que Se encerra num Céu santo, mas um Deus que habita com Seu povo (Is 57:15; 66:1, 2). O fato de Deus estar com Seu povo – Emanuel, “Deus conosco”- era a mensagem da vida do profeta e de suas palavras (ver Is 7:14; 8:8, 10). Os que foram libertos do pecado interior e dos inimigos exteriores (ver com. do v. 1) não podem permanecer em silêncio. Não é suficiente pensar que só no futuro, sobre o mar de vidro, será o momento de se unir ao cântico dos remidos. É nosso privilégio nesta vida alçar a voz e cantar, com a alegria e paz do Céu no coração. Este hino de louvor (Is 12) conclui o que é chamado de “Livro de Emanuel” da profecia de Isaías.

 

Fonte: Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol.4.



ISAÍAS 12 by Jobson Santos
2 de setembro de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/Is/12

“Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!” Filipenses 4:4 NVI.

Amo cantar e acho difícil me sentir triste ou deprimida quando ergo minha voz em louvor a Jesus. Quando concentro meus pensamentos em Deus e O louvo pela beleza ao meu redor, isso ilumina o meu dia. Só de passar algum tempo olhando as flores que desabrocham em meu jardim ou os passarinhos que vêm à minha janela traz alegria ao meu coração.

“Abrimos para nós mesmos as comportas da infelicidade ou da alegria. Se permitimos que a mente se nos absorva com as aflições e as mesquinharias da Terra, o coração encher-se-nos-á de incredulidade, sombras e maus pressentimentos. Se fixarmos as afeições nas coisas que são de cima, a voz de Jesus nos falará ao coração, silenciarão as murmurações, e os pensamentos aflitivos se desvanecerão em louvores a nosso Redentor.” Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, p. 234

Treine seus olhos para procurar pela beleza ao seu redor, em vez de se concentrar no mundo feio e pecaminoso. Isso manterá seus olhos focados em Deus e em Sua misericórdia amorosa. Declare aos outros como Deus tem conduzido a sua vida. Comece um diário para anotar as orações e como Deus trabalhou em sua vida. Então, durante os dias de desânimo, você pode ler essas bênçãos e novamente confiar em Jeová, nossa força e nosso cântico.

Cheri Holmes
Enfermeira alto padrão
Lynden, Washington, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=937
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli



ISAÍAS 12 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
2 de setembro de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Cantai louvores ao Senhor, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra” (v.5).

Um coração agradecido, cheio de louvor, entende que a sua principal motivação não deve ser o que Deus faz, mas o que Deus é. Ao chamar Moisés para a grande obra de sua vida, este temeu por sua incapacidade e pela rejeição do povo. Então, ao pedir que o Senhor revelasse o Seu nome, ouviu a seguinte declaração da boca de Deus: “EU SOU O QUE SOU” (Êx.3:14). Ou seja, Deus é Aquele que subsiste pelo Seu próprio poder. O verso cinco não se trata de uma contradição a tal pensamento, mas uma confirmação de que é Ele quem realiza todas as coisas em favor daqueles que O buscam, o “restante do Seu povo” (Is.11:11).

Creio que o grande desafio da fé é crer que DEUS É. Que Deus não tem a salvação, “Deus é a minha salvação… Ele se tornou a minha salvação” (v.2). Que Deus não tem a força, “o Senhor Deus é a minha força” (v. 2). Deus não tem a grandeza, mas “grande é o Santo de Israel no meio de ti” (v.6). Compreendem? Se Deus não for o EU SOU em nossa vida, corremos o risco de viver uma fé baseada apenas em condições favoráveis, ignorando que neste mundo também passamos por aflições (Jo.16:33). Apesar da grande tribulação sofrida pelo povo, Deus consolaria o Seu remanescente. Para um cristão verdadeiro, as provações não são obstáculos que o afastam de Deus, mas são degraus que o fazem chegar mais perto dEle, como está escrito: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança” (Tg.1:2-3).

Em João, capítulo oito, Jesus declarou por três vezes: “EU SOU”, e de forma clara afirmou ser o mesmo Deus que falou com Moisés na sarça ardente. O nosso louvor e adoração deve ser ao único Deus: “Aquele que É, que ERA e que de vir” (Ap.1:8). E a nossa adoração deve ser conhecida “em toda a terra” (v.5). Temos o privilégio de sermos atalaias do Deus Todo-Poderoso e permitirmos que o poder atuante e constante do Espírito Santo faça de nossa vida um cântico de louvor ao Senhor para que o último sinal que antecede a volta de Jesus seja cumprido: “E será pregado este evangelho do Reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim” (Mt.24:14).

Seja a minha e a sua vida um cântico de louvor em testemunho ao Deus EU SOU, e certamente faremos parte, “naquele dia” (v.4), do grupo de salvos que entoará o cântico de abertura dos portais da eternidade! “Exulta e jubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti” (v.6)! Vigiemos e oremos!

Bom dia, “habitante de Sião”!

* Oremos para que o Espírito Santo nos ensine a sempre ter um cântico no coração.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Isaías12 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



ISAÍAS 12 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
2 de setembro de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 12 – A verdadeira religião produz salvação para quem está sentenciado à condenação. A libertação, obviamente, produzirá alegria e adoração.

“Este capítulo 12 é uma conclusão poética da primeira grande divisão do livro de Isaías […]. É uma conclusão apropriada das mensagens dos primeiros onze capítulos, e especialmente de 11:1-10. Expressa com força e clareza a esperança do profeta de que Israel, apesar da sua infidelidade como nação, tem um grupo dos fieis ao Santo de Israel que cumprirá a sua missão messiânica” (A. R. Crabtree).

Tanto no capítulo anterior, como neste, percebe-se o plano de Deus contemplando toda a terra. Portanto, “Isaías revela que o Messias é um grande missionário de Deus, que deseja se tornar um ponto de ligação não só para seu povo escolhido, mas para todo o mundo” (Comentário Bíblia de Estudo Andrews).

“O cântico apresenta-se em duas porções. Os versos de 1 a 3 expressam a gratidão individual, talvez da assembleia congregada no culto. Os versos 4 a 6, no plural, falam da gratidão ao Senhor, e da proclamação das suas grandes obras em toda a terra” (Crabtree).

Jesus disse: “E eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo” (João 12:32).

Jesus é o Messias, o Salvador da humanidade. Assim como Israel seria restaurado, pecadores são salvos da escravidão resultantes do pecado. Quem realmente experimenta a graça do plano da salvação, exulta em louvor e adoração: Gratidão a Deus inunda o coração do pecador.

• Prevendo a futura libertação do pecado e suas consequências, o profeta declara como reagirá o povo de Deus e até mesmo o que dirá quando experimentar a salvação (v. 1);
• Os salvos reconhecem que a salvação não está fundamentada em coisas ou filosofias, mas em uma pessoa, o Messias – O Senhor é força, salvação e cântico do condenado pecador. A música comum difere do louvor ao Senhor! (v. 2);
• Os miseráveis pecadores resgatados exploram as bênçãos da conversão. Os salvos são beneficiados com o refrigério espiritual e se tornam fontes de bênçãos aos outros (vs. 3-4);
• Quem experimenta realmente o milagre da graça em sua vida desgraçada, proclamará alegremente ao mundo os divinos atos salvíficos (vs. 5-6).

A presença de Deus é nossa única esperança (v. 6)! Com tal mensagem, resta-nos reavivarmo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: