Reavivados por Sua Palavra


SALMO 139 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
20 de junho de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão” (v.5).

A experiência da comunhão com Deus é pessoal e intransferível. Ninguém pode se valer da fé de outrem ou pleitear por obtê-la enquanto acalenta um coração dividido. Para cada filho Seu, Deus possui um planejamento bem definido e ordenado assim como os padrões singulares de nossas digitais. Mas a ordem que do Céu é proclamada expressa um único desejo e objetivo: a salvação. A nota tônica deste Salmo não está no ser humano e em suas limitações, mas no Criador e em Seu ilimitado conhecimento e poder.

Ciente de sua nudez diante dAquele que tudo vê e tudo conhece, Davi compôs as palavras que mais o definem como o homem segundo o coração de Deus. Todas as vias de sua alma estavam expostas e disponíveis para o agir de Deus. Desde sua concepção, quando “substância ainda informe” (v.16), foi o termo utilizado pelo salmista como o princípio da vida já idealizada pelo Criador. Desde a origem do feto, há uma agenda no Céu escrita e determinada com a assinatura da redenção em cada dia. Não se trata, porém, de uma imposição divina, mas de um cronograma que, apesar do que o pecado e o mal possam nos causar, o Senhor estende diante de cada um de nós com o amoroso e salvífico convite: “Vinde a Mim” (Mt.11:28).

O Senhor não determinou os nossos sofrimentos, e sim a solução deles: “Porque satisfiz à alma cansada, e saciei a toda alma desfalecida” (Jr.31:25). Todo aquele que, como Davi, O busca com fé simples e sincera, se depara com o conhecimento “sobremodo elevado” (v.6) proveniente da total dependência de Deus; com a diária obra do Espírito Santo em sondar, provar e guiar o coração que reconhece a sua necessidade. Oh, amados, somos tão falhos em nossas expectativas diárias! Quanto necessitamos cada dia subir com Jesus ao monte da comunhão e só descer de lá quando os planos do Pai estiverem descortinados ante nossos olhos!

Mediante apressado culto matinal ou pela privação deste, nos colocamos à exposição de nossos próprios e maus pensamentos, aborrecendo “com ódio consumado” e considerando “inimigos de fato” (v.22) aqueles pelos quais maior deveria ser o exercício da compaixão. “Sonda-me, ó Deus” (v.23), seja o nosso apelo esta manhã; “vê se há em mim algum caminho mau” (v.24), seja o que introduza a confissão de nossa alma; “e guia-me pelo caminho eterno” (v.24), seja o pedido resultante de nosso genuíno arrependimento. Confiemos a nossa vida Àquele que nos criou para uma agenda eterna. Vigiemos e oremos!

Feliz sábado, criados para a eternidade!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo139 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Bom dia, Rosana! Graça e paz !!!

Acompanho diariamente este site e, mais especificamente suas postagens diárias. No entanto tenho notado que elas estão vindo com 1 dia de atraso, por exemplo, para hoje está referenciando o Salmo 139.

Que Deus continue abençoando e conduzindo as vidas e ministérios de vocês.

Abraço fraternal.

Comentário por Alexander




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: