Reavivados por Sua Palavra


SALMO 125 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
6 de junho de 2020, 6:30
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 125 – Leia a Bíblia antes

SALMO 125 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

SALMO 125 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA(link externo)



SALMO 125 by Jeferson Quimelli
6 de junho de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/125

Montanhas sempre me atraem. Eu amo as colinas da região onde vivo. Elas são em boa parte cobertas por árvores verdes e por tufos de nuvens que lhes dão o seu nome, Smoky Mountain [Montanha da Neblina]. Não importa o tamanho de uma montanha, quando a vejo sinto vontade de escalá-la. Sua enormidade e majestade me fazem sentir uma pequena parte dela. Estar em uma montanha me faz sentir mais conectada ao meu Criador.

Contudo, nenhuma montanha no mundo me deu maior sensação de plenitude do que o monte Sião e as colinas que rodeiam Jerusalém. Estar naquele lugar me deu uma noção da enormidade do plano de Deus para com o Seu povo e uma confirmação renovada de que Ele envolve e protege o Seu povo para sempre. Quando coloco minha confiança nEle, sou preenchida por esta certeza (v.2).

Nossa capacidade de confiar é pequena e pode ser abalada. Mas nosso Deus não pode ser abalado. Ele permanece para sempre e sempre. Amém.

Cindy Nash
Collegedale, Tennessee, Estados Unidos

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=849
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli



SALMO 125 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
6 de junho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

230 palavras

Romagem (ARA). NVI: “peregrinação”.

Introdução. O Salmo 125 desenvolve o tema de que os justos podem estar certos de que a proteção do Senhor sobre eles é contínua. Como Jerusalém está em segurança por causa de sua localização geográfica, assim os que confiam em Deus estarão seguros das armadilhas dos ímpios. Eles estarão a salvo de todos os dardos inflamados dos inimigo. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1023.

2. Em redor de Jerusalém. Jerusalém estava singularmente situada no cume de uma montanha (ver com. de Sl 48:2), separada dos montes ao redor pelo vale de Cedrom a leste, o vale de Hinom, ao sul e da antiga cidade pelo vale de Tiropeom, a oeste. Os montes ao redor eram muito altos. CBASD, vol.3, p. 1023.

Em derredor de Seu povo. Como este cinturão de montanhas cerca a cidade, assim o amor de Deus, cada vez mais amplo, cerca Seu povo. Este círculo os mantém destro do Seu aprisco e também mantém afastados aqueles que lhes causariam mal. CBASD, vol.3, p. 1023.

3 O cetro dos ímpios. Os justos não continuariam a ser dominados pelos ímpios a fim de que a prolongada opressão e a contínua associação com pessoas más não levasse Israel a adotar alguns de seus maus caminhos. CBASD, vol.3, p. 1023.

5 Paz. Os justos experimentam paz em contraste com a confusão e agitação em que os ímpios de encontram. CBASD, vol.3, p. 1023.



SALMO 125 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
6 de junho de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se abala, firme para sempre” (v.1).

Encontramos várias referências na Bíblia a respeito de Sião: Sião como um outro nome para Jerusalém, como um monte ou também como um outro nome para a cidade santa. Todas elas com o relevante significado da presença de Deus. Neste Salmo, encontramos uma referência ao monte Sião. Não havia nada de especial no monte em si. Ainda hoje ele existe e fica situado em Jerusalém, ao lado da antiga muralha. Este pequeno monte foi o palco das mais significativas construções da história do povo de Israel: a Cidade de Davi e o templo de Salomão. Essas edificações tornaram-se o cenário político e religioso da nação por longos anos. E o que havia então de especial naquele monte? A presença de Deus.

Ali estava o templo do Senhor, estabelecido e firmado com o propósito de ser uma Casa de oração ao verdadeiro e único Deus. Sabemos que a estrutura do templo foi destruída e não restou “pedra sobre pedra” (Mt.24:2). Mas o monte permanece no mesmo lugar. Entendem, amados? O Senhor não disse que os que nEle confiam são como edificações falíveis, mas como edificações espirituais, cuja estrutura não pode ruir. O Senhor está “em derredor do Seu povo, desde agora e para sempre” (v.2), e esta promessa faz com que “o monte Sião” esteja localizado em todas as partes do mundo onde quer que estejam os bons e os retos de coração (v.4).

Deus não permitirá que a impiedade chegue ao limite de contaminar os justos (v.3). Disse Jesus: “Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados” (Mt.24:22). O reino do mal está com seus dias contados. No “relógio” de Deus, o seu tempo está se esgotando. E todo aquele “que perseverar até o fim” (Mt.24:13), viverá o tão sonhado “Paz sobre Israel” (v.5) “para sempre” (v.1).

A confiança exige de nós um relacionamento sério, íntimo e fiel com Aquele que tem o poder de transformar miseráveis pecadores em pessoas boas e retos de coração. Assim como o templo e as muralhas de Jerusalém foram destruídas mas o monte Sião permanece em pé, ainda que feridos e aflitos neste mundo, a nossa vida está firmada sobre o alicerce sólido e indestrutível: sobre a Rocha, que é Cristo Jesus. Que nossas maiores edificações neste mundo sejam as espirituais, porque sobre estas, amados, podem vir os ventos e as tempestades, elas permanecerão firmes e inabaláveis para sempre (Leia Mt.7:24-25). Vigiemos e oremos!

Bom dia, firmados na Rocha!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo125 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 125 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
6 de junho de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 125 – A leitura da Bíblia nos assegura que Deus está no controle. E que o relacionamento intenso com Ele nos dará certeza, base e firmeza no caminhar rumo ao lar celestial. Todavia, devemos cuidar; pois, em nossa caminhada cristã podemos tropeçar, se desviar e cair, devido às nossas distrações.

“Se a pessoa abençoada se torna negligente e desatenta e não vigia em oração, se não ergue a cruz e leva o jugo de Jesus, se o amor pelas diversões e esforços pelo poder lhe absorve a força ou a capacidade, então não é dado a Deus o primeiro e o último lugar em tudo, então Satanás entra para desempenhar sua parte no jogar a partida da vida por sua alma. Ele pode jogar muito mais diligentemente do que eles, e faz tramas fundamente assentadas visando arruinar a vida”, explica-nos Ellen G. White.

Entretanto, os que põem seu fundamento, seu tempo, talento, e todo seu ser em Deus, estarão firmes para não caírem em tentação, e terão recursos espirituais para, de forma sobrenatural, apagarem todos os dardos inflamados do maligno, e, ainda permanecerem inabaláveis (ver Efésios 6:10-18).

Leia e medite…
• Os que se firmam na Rocha segura que é Deus não serão abalados nem mesmo quando se levantarem as hostes satânicas com suas ameaçadoras tormentas (v. 1).
• Os que abrigam sob o paternal cuidado incomparável de Deus não temerão as atrocidades provocadas pela crueldade do mal instaladas em nossa sociedade (v. 2).
• Os perversos e hipócritas não arrancarão os justos piedosos de seus lugares nem mesmo possuem habilidade alguma para tirar-lhes a fé e a salvação – mesmo que os tornem mártires (v. 3).
• Os piedosos sofredores intercedem uns pelos outros a Deus, enquanto caminham perseverantemente neste mundo tenebroso rumo à recompensa dos fieis no Céu (v. 4).
• Os hipócritas e cristãos apenas de nome, receberão a mesma sentença que os incrédulos, perversos, demônios e o diabo, no dia do juízo; para que haja paz no Universo (v. 5; ver Mateus 7:13-23; 25:41).

Ser fiel a Deus e confiar em Sua Palavra nos mantém firmes na fé, obedientes enquanto avançamos, em intercessão pelos irmãos e, cheios de expectativas para chegar logo ao nosso destino, a Nova Jerusalém, a cidade da paz!

“Senhor, seja nossa proteção continuamente!” – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: