Reavivados por Sua Palavra


SALMO 134 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
15 de junho de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 134 – Leia a Bíblia antes

SALMO 134 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

SALMO 134 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. TEXTO MARIA CAROLINA FERREIRA

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA (link externo)

VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)



SALMO 134 by Jeferson Quimelli
15 de junho de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/134

Oramos para que Deus nos abençoe, mas como é que nós abençoamos a Deus? A palavra original significa “celebrar”. Quando ouço “celebrar”, penso no Natal ou em aniversário. Nos reunimos com a família, lembramos a história de quem está sendo celebrado, ficamos alegres e damos presentes. Assim acontece ao celebrarmos a Deus. Podemos celebrá-lo sozinhos, mas a experiência é mais rica quando O celebramos com outros. Nos alegramos ao lembrar o que Ele fez em nossas vidas e trazemos a Ele presentes, sendo nós mesmos o presente mais valioso.

Mas então essa alegre celebração recebe outra dimensão. Toda essa alegria da comunidade acontece à noite. Não apenas durante uma noite literal, mas durante a adversidade, as noites escuras da alma. Louvamos a Deus mesmo em nossas horas mais sombrias: quando perdemos um emprego, quando nossa família se desfaz, quando há doenças por toda parte, quando a vida parece injusta.

A alegria é mais visível na escuridão. Lucas 6:23 diz que devemos “pular de alegria!” Não é apenas uma alegria interna silenciosa! Esse tipo de alegria é contagiante! Paulo e Silas cantando na cadeia impressionaram tanto o carcereiro que ele e sua família aceitaram o Deus deles.

Vicky Perry
Bibliotecária
Mt. View, Havaí EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=858
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli



SALMO 134 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
15 de junho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

135 palavras

Introdução. O Salmo 134 consiste num apelo para que os que serviam no santuário à noite adorassem a Yahweh (v. 1, 2) e numa resposta (v. 3). Este curto Salmo é o último doa cânticos dos degraus [romagem/peregrinação]. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1032.

1 Bendizei ao SENHOR. . CBASD, vol. 3, p. 1032.

Nas horas da noite. Os levitas trabalhavam na obra sagrada de noite e dia (ver 1Cr 9:33). CBASD, vol. 3, p. 1032.

2 Erguei as mãos. Um gesto de bênção (ver Lv 9:22), bem como uma atitude de oração (ver Sl 141:2). CBASD, vol. 3, p. 1032.

3 De Sião te abençoe. A bênção do Criador do Universo é representada como vindo da cidade do Grande Rei a cada um, individualmente. CBASD, vol. 3, p. 1032.

Criador. A marca especial de distinção entre o verdadeiro Deus e os falsos deuses (ver com. de Sl 115:15). CBASD, vol. 3, p. 1032.



SALMO 134 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
15 de junho de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Bendizei ao Senhor, vós todos, servos do Senhor, que assistis na Casa do Senhor, nas horas da noite” (v.1).

Em sua carta aos Hebreus, o apóstolo Paulo escreveu um conselho um tanto contraditório considerando quem eram os destinatários. Àqueles que possuíam um forte sentimento de orgulho nacional e religioso, ainda que fossem convertidos ao cristianismo, foram endereçadas as seguintes palavras: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima” (Hb.10:25). Não foi sem razão que Paulo escreveu este apelo.

Com a maioria das igrejas fechadas, fomos temporariamente impedidos de frequentar uma casa de oração. Mas a realidade antes da pandemia já revelava a temperatura descrita por Jesus à última igreja na Terra: “porque és morno” (Ap.3:16). E ainda que haja um esforço coletivo necessário a fim de oferecer aos membros um alimento espiritual sólido, através de lives e cultos on line, ninguém pode mudar este quadro espiritual decadente a não ser que haja um esforço pessoal, meu e seu, unido ao poder divino.

O Salmo de hoje se trata de uma convocação ao culto vespertino. Todos os servos do Senhor são convidados à adoração ao Criador “nas horas da noite” (v.1). Trazendo para a nossa realidade como adventistas do sétimo dia, poderíamos complementar o verso da seguinte forma: “nas horas da noite” das quartas-feiras e dos domingos. Ou ainda poderíamos ir além, considerando que cada lar seja uma casa de oração: “nas horas da noite” do culto familiar vespertino.

Amados, no tempo sobremodo oportuno para vermos cumprida a profecia: “Ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que Eu não venha e fira a Terra com maldição” (Ml.4:6), está sendo travado um dos piores conflitos de todos os tempos, aquele que envolve a salvação de nossa casa. O índice de divórcios, violência doméstica e filhos desobedientes aos pais é alarmante. Despertadas as baixas paixões, o mundo vocifera pela liberdade de fazer o que deseja enquanto Satanás aprisiona em grilhões disfarçados uma “geração má e adúltera” (Mt.16:4).

A promessa é fiel e verdadeira: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At.16:31). Como Jacó, lutemos em oração “nas horas da noite”, agarrando-nos às vestes da justiça de Cristo e Lhe suplicando: “Não Te deixarei ir se me não abençoares” (Gn.32:26). “Não Te deixarei ir se não abençoares o meu lar”. “Não Te deixarei ir se não operares a conversão da minha família”. Aproxima-se o grande Dia do Senhor! Pelo poder que há no nome do “Senhor, Criador do céu e da terra” (v.3), não desista! Faça do seu lar uma casa de oração. Jejue e ore pelos seus. E que o seu lar desperte e adormeça erguendo “as mãos para o santuário” (v.2), onde está Jesus, o nosso Deus vitorioso. Vigiemos e oremos!

Bom dia, vós todos, servos do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo134 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 134 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
15 de junho de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 134 – Louvemos ao Senhor, pois Ele cuida de nós…
· …de dia e de noite;
· …em nossas idas e vindas;
· …em nossa peregrinação rumo ao Céu…

“Este é o último dos ‘Cânticos de Romagem’ [ou de peregrinação]. Ele pode ter sido endereçado aos sacerdotes que entravam no serviço à tarde, após as ofertas do sacrifício vespertino. Evidentemente, havia um grupo de coristas e outros que estavam de serviço enquanto Jerusalém dormia. O Salmo termina com uma bênção recíproca dos que estavam de vigília sobre as multidões que se retiravam, recomendando-as, durante as horas da noite, ao cuidado do Senhor do Céu e da Terra” (F. B. Meyer).

1. Aqueles que buscam a Deus em Sua casa aqui na Terra serão conduzidos para a Casa de Deus lá no Céu.
2. Aqueles que louvam a Deus querem que os servos de Deus continuem reavivados promovendo louvores de dia e de noite.
3. Aqueles que inclinam o coração perante Deus levantam as mãos para a adoração (ver I Timóteo 2:8).
4. Aqueles que rendem louvores ao Senhor são cada dia mais abençoados por Ele.

Angel Manuel Rodriguez observa que “tanto quanto posso apurar, não há aceno com as mãos durante o culto na Bíblia. O levantar das mãos é comum (cf. I Timóteo 2:8). A Bíblia não prescreve gestos das mãos na adoração, mas descreve como prática comum aceitável”.

“Quando adoramos a Jesus, nosso coração deve encher-se de um santo gozo. E o que produz essa jubilosa adoração é nos maravilharmos cada vez mais com o Senhor Jesus, com Sua beleza e Suas glórias. Com muita frequência, no momento em que nos inclinamos diante dele para adorá-lO, nossa mente se acha atravancada pelos problemas da vida e pelos temores do amanhã. Por isso, nossas atitudes e atos são inertes, sem emoção e alegria. Mas quando avistamos Jesus, o gozo que Ele nos transmite associa-se ao júbilo que sentimos por estar em sua presença, e esse gozo em dose dupla explode em nosso interior, erguendo-se a níveis de êxtase cada vez mais elevados” (J. Cornwall).

· Nosso louvor ao Senhor deve ser uma explosão do nosso interior revelada no exterior.
· Quem vai à Casa de Deus para louvar ao Senhor com profundidade e sinceridade sai dela abençoado para sua casa.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: