Reavivados por Sua Palavra


SALMO 112 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
24 de maio de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“A sua descendência será poderosa na terra; será abençoada a geração dos justos” (v.2).

No sermão do monte, no início de Seu ministério terrestre, Jesus nos deixou escrito nos capítulos cinco a sete de Mateus a descrição de uma vida cristã piedosa. Diante de uma “geração má e adúltera” (Mt.12:39), Jesus apresentou o verdadeiro caráter do evangelho prático, e o fez mediante as seguintes palavras inaugurais: “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mt.5:3), encerrando com a seguinte conclusão: “Todo aquele, pois, que ouve estas Minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha” (Mt.7:24).

O Salmo de hoje apresenta o cristão piedoso como aquele “que teme ao Senhor e se compraz nos Seus mandamentos” (v.1). Nele encontramos um pequeno resumo do sermão de Cristo e completa harmonia com as palavras do sábio Salomão: “De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem” (Ec.12:13), e uma ligação direta com as palavras dos mensageiros dos últimos dias: “Temei a Deus e dai-Lhe glória”. “Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Ap.14:7 e 12).

As promessas apontadas pelo salmista incluem uma descendência poderosa, uma geração abençoada (v.2), “prosperidade e riqueza” (v.3), uma vida iluminada (v.4), memória eterna (v.6), conforto em meio às “más notícias” (v.7) e justiça eterna (v.9). Percebam que a promessa principal aponta para uma vida futura e não exime o justo de ser surpreendido por tribulações aqui e ser alvo da perseguição e ódio do perverso. O próprio Jesus nos preveniu: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo” (Jo.16:33). “Sereis odiados de todos por causa do Meu nome; aquele, porém, que perseverar até ao fim, esse será salvo” (Mt.10:22).

A piedade cristã é aquela vivida por meio do poder que “se exaltará em glória” (v.9): “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis Minhas testemunhas… até aos confins da Terra” (At.1:8). O Espírito Santo na vida faz nascer “luz nas trevas” (v.4), motivando o justo a manifestar as obras de Cristo. Não, porém, mediante exposição, mas, em conformidade com as palavras de seu Senhor e Mestre: “Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; doutra sorte, não tereis galardão junto de vosso Pai celeste” (Mt.6:1).

Ainda que uma vida piedosa desperte a ira dos ímpios, a certeza da constante companhia de Jesus e a fé na bendita esperança de Seu breve retorno apaga “todos os dardos inflamados do Maligno” (Ef.6:16) e fortalece o coração na confiança de que “não será jamais abalado”, pois “será tido em memória eterna” (v.6). Abracemos com firmeza estas maravilhosas e fiéis promessas, e prossigamos olhando para Jesus, como “a geração dos justos” (v.2) que, muito em breve, O contemplará “vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória” (Mt.24:30). Vigiemos e oremos!

Feliz semana, geração dos justos!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo112 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: