Reavivados por Sua Palavra


SALMO 111 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
23 de maio de 2020, 7:00
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 111 – Leia a Bíblia antes

SALMO 111 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

SALMO 111 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA(link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



SALMO 111 by Jeferson Quimelli
23 de maio de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/111

Tu és fiel, Senhor, ó Deus eterno! Teus filhos sabem que não falharás!
Nunca mudaste, Tu nunca falhaste; Tal como eras, sim, sempre serás.

Se ao menos passássemos mais tempo louvando nosso Pai e refletindo sobre como Ele nos tem guiado, teríamos menos desânimo e medo. Confiar no Senhor é verdadeiramente o começo da sabedoria.

Durante essa pandemia, meu coração estremece de medo quando estou frente a frente com esse vírus invisível. Sinto a ansiedade rastejando no meu peito enquanto respiro dentro do meu respirador com capuz. Mas então eu lembro que Ele se importa comigo e me colocou neste exato lugar por essa exata pessoa. Louvado seja o Senhor que me escolheu para ajudar os outros. Ele é cheio de compaixão e eu posso ser as mãos e os pés de Jesus para alguém nas profundezas do desespero e do medo. Ele me permitiu estar ao lado desse leito para orar por essa pessoa colocada sob meus cuidados, mencionando o seu nome.

O louvor a Deus deve estar em nossos lábios tanto quando assistimos a um belo nascer do sol, quando nas tempestades escuras e assustadoras da vida. Portanto, embora eu possa ter medo da doença, tenho um Salvador compassivo que é o Grande Médico. Ele nunca está ocupado demais para ouvir meu pedido em oração por sabedoria. Então, eu o louvarei para sempre com todo o meu coração.

Tu és fiel, Senhor! Tu és fiel, Senhor! Dias após dia Tuas bênçãos nos dás.
Tua mercê nos sustenta e nos guarda; Sim, para sempre, ó Deus, fiel serás.
[Letra do hino “Tu és Fiel”, no. 35 do Hinário Adventista]

Cheri Holmes
Enfermeira de emergência
Lynden, Washington EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=835
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli



SALMO 111 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
23 de maio de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

740 palavras

111 – 118 Antologia de Salmos de Aleluia (louvor). Bíblia de Estudo Andrews.

111-112 Estes dois salmos acrósticos alfabéticos têm o mesmo propósito: ensinar o temor a Deus. Bíblia de Estudo Andrews.

111 O Salmo 111 consiste em vinte e duas linhas, cada uma começando com uma letra do alfabeto hebraico. Construção semelhante é encontrada no Salmo 112, e por esta razão eles são chamados de salmos gêmeos. Os Salmos 111 e 112 são hinos de louvor e começam com a palavra “aleluia”. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 989. 

Celebração da fidelidade de Deus: Ele é justo. Hino de louvor ao envolvimento de Deus na história. O tema principal  é louvar o Senhor por sua obra de justiça e fidelidade à aliança em relação aos que O temem; Êx 34:6 fornece a principal base do pensamento. Bíblia de Estudo Andrews.

1 Aleluia! Do heb. halelu-Yah, traduzido como “louvai ao Senhor”na ARC. Comentário Adventista, vol. 3, p. 989. 

Este salmo começa e termina com um convite para louvar ao Senhor. Os salmos 111 e 112 formam uma unidade que tem o mesmo tema. O autor convida toda a comunidade para juntos louvarem a Deus. Ele diz que está fazendo isso “de todo o seu coração” (v.1 NVI), de sua própria escolha e de todo o seu ser. Ioan Campian – Tartar, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/11/26/.

Procuradas (ARC). Os detalhes da obra de Deus nem sempre são evidentes ao observador casual. elas devem ser examinadas e descobertas por meio de estudo intenso. Como o mineiro escava a terra para encontrar suas riquezas, assim as obras de Deus abrem seus tesouros ao que está disposto a estudá-las intensamente. Comentário Adventista, vol. 3, p. 989. 

O que faz com que ele louve a Deus é a revelação que Ele faz de Si mesmo. Deus se faz conhecido por seus mandamentos, que são “firmes para todo o sempre, estabelecidos com fidelidade e retidão” (v.8 NVI), por seus atos, nos quais “há glória e majestade” (v.3 ARA), “verdade de justiça” (v.7 ARA ), e por Sua aliança com o Seu povo: “sempre Se lembra de Sua aliança” (v.5 ARA). Ioan Campian – Tartar, em https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/11/26/

Ele fez memoráveis as Suas maravilhas. A tradução literal da oração é: “Ele fez um memorial [‘memória’ ou ‘menção’] para Suas maravilhosas obras”. O sábado é o memorial da criação (Gn 2:2, 3; DTN, 281). O memorial foi considerado sagrado pelos patriarcas e profetas. Deus reiterou a santidade do sábado quando proclamou Sua santa lei no Sinai (Êx 20:8-11) e quando Cristo adorou na sinagoga ao sábado (ver Mc 1:21; Lc 4:16). O apóstolo Paulo, anos após a ressurreição de Cristo, observou o sábado do sétimo dia (ver At 13:14; 17:2). Comentário Adventista, vol. 3, p. 989. 

5, 6 Deus é o Provedor até mesmo das necessidades físicas de Seu povo. No passado, Ele deu o dom da terra; é portanto, capaz de suprir as necessidades atuais (Mt 6:11). Bíblia de Estudo Andrews.

7. fiéis, todos os Seus preceitos. Do heb. ‘aman, “ser solidamente estabelecido”, “ser confiável”. Os mandamentos de Deus, nos quais são apresentados os deveres dos seres humanos, são confiáveis e verdadeiros. Eles permanecem firmes para sempre. São imutáveis.  Comentário Adventista, vol. 3, p. 989. 

Enviou ao Seu povo a redenção. A redenção aqui representa o resgate de Deus dos israelitas do Egito e o futuro retorno do cativeiro na Babilônia (ver Dt 7: 8; Jr 31:11). Redenção significa recuperação de algo ou alguém mediante o pagamento de um resgate. Todas as pessoas estavam sendo mantidas em escravidão pelo pecado, até que Jesus pagou o preço para nos libertar – dando a sua vida como um sacrifício perfeito. Antes de Jesus se oferecer como um sacrifício pelo pecado, as pessoas não eram permitidas na presença de Deus (o Lugar Santíssimo); agora, todos os crentes podem livremente se aproximar do trono de Deus através da oração e ter Deus em suas vidas através do Espírito Santo. Life Application Study Bible Kingsway. 

tremendo é o Seu nome. Ou “reverendo” (KJV). Do heb. yara’, “temer” o ser humano (Gn 50:19) ou a Deus (Dt 6:13). Comentário Adventista, vol. 3, p. 989. 

10 o temor do SENHOR é o princípio da sabedoria. Seguir as instruções divinas proporciona sabedoria e entendimento. Bíblia de Estudo Andrews.

A única maneira de se tornar verdadeiramente sábio é temer (reverenciar) a Deus. Esse mesmo pensamento é expresso em Provérbios 1:7-9. Muitas vezes as pessoas querem pular este passo, pensando que podem tornar-se sábio somente pela experiência de vida e conhecimento acadêmico. Mas se não reconhecemos Deus como a fonte da sabedoria, então nosso fundamento para tomar decisões sábias é instável, e estamos propensos a erros e escolhas tolas. Life Application Study Bible Kingsway. 



SALMO 111 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
23 de maio de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“As obras de Suas mãos são verdade e justiça; fiéis, todos os Seus preceitos” (v.7).

Jesus, o Criador do Universo (Hb.1:2), o Verbo por intermédio do qual foram feitas todas as coisas, “e, sem Ele, nada do que foi feito se fez” (Jo.1:3), estava presente no ato da criação do mundo. Em Cristo, “o princípio da criação de Deus” (Ap.3:14), “criou Deus os céus e a terra” (Gn.1:1). Aquele que é “o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim” (Ap.22:13), foi a fonte vivificante da feitura original. Nele foram criados “desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos” (O Grande Conflito, p.678), fazendo “memoráveis as Suas maravilhas” (v.4). A expressão “No princípio” (Gn.1:1), portanto, aponta não somente para um tempo determinado, mas para Aquele que o determinou.

Da mesma forma, encontramos no “princípio da sabedoria” (v.10), uma ponte de ligação com o Céu, que envolve obediência, “fidelidade e retidão” (v.8). Obediência a “todos os Seus preceitos” (v.7), fidelidade à “Sua aliança” (v.5) e retidão em praticar o “temor do Senhor” (v.10). Como a própria expressão já revela, o temor é do Senhor, e não algo que nos seja inerente. Porque o “temor do Senhor consiste em aborrecer o mal” (Pv.8:13), algo que só pode vir de Deus. E a sabedoria também é um atributo divino, como está escrito: “Desde a eternidade fui estabelecida, desde o princípio, antes do começo da Terra” (Pv.8:23).

Tem sido assustadora a maneira pela qual muitos têm sediado no coração a ideia de que há harmonia entre a teoria da evolução e a Bíblia. Mas há um total desacordo entre um e outro. Mediante tal pensamento, teríamos de tombar toda a Bíblia e rejeitar a sua autoridade. Com a intrepidez e confiança de quem temia a Deus, o salmista destacou a fidelidade e imutabilidade dos preceitos divinos: “Estáveis são eles para todo o sempre” (v.8), corroborando com as palavras dAquele que foi enviado para a nossa redenção (v.9): “até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” (Mt.5:18).

Jesus, o Princípio, a Palavra, a Sabedoria, Se submeteu a uma encarnação sujeita a cair para, por Sua vitória, nos levantar. Nele, em cujas “obras há glória e majestade” (v.3), podemos encontrar a mina de onde brotam os tesouros do Céu, “onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam” (Mt.6:20). Desde o princípio, quando manifestou “o poder das Suas obras” (v.6), “até à consumação do século” (Mt.28:20), quando voltará em “glória e majestade” (v.3), Jesus, o nosso Criador e Redentor, o Princípio e o Fim, indica ao homem “um caminho sobremodo excelente” (1Co.12:31). Perto como estamos de contemplá-Lo revestido como o Ômega, que Ele nos encontre como aqueles “que O temem” (v.5), “na companhia dos justos” (v.1). Para que isso aconteça em nossa vida, vigiemos e oremos!

Feliz sábado, assembleia dos justos!

Parabéns às crianças adventistas e aventureiros pelo seu dia! Deus os abençoe e os guarde!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo111 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 111 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ – PRIMEIRO DEUS by Jeferson Quimelli
23 de maio de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 111 – Pode até ser que nem todos que buscam a Deus na primeira hora do dia tenham realmente Deus como prioridade em Sua vida; mas, acredito que todos os que têm Deus como primeiro em sua vida procuram dedicar as primeiras horas do dia para consagrar-se para as atividades rotineiras subsequentes.

Suponho até que possam existir alguns que dedicam a primeira hora do dia a Deus, mas O ignoram nas outras 23 horas do dia. Esse é um problema! Pois, como bem colocou o Dr. Adolfo Suárez, “Cristo é Senhor de tudo, ou não é Senhor de nada”. Pegue a tua Bíblia e cave-a fundo para extrair do texto sagrado de Sl 111 preciosas lições para tua vida.

Depois considere:
1. Deus faz tão grandes coisas pelos seres humanos desprovidos de graça que uma assembleia de justos deveria congregar-se para adorá-lO; Seus feitos são gloriosos e majestosos, todos deveriam considerar Suas obras e colocar o coração nelas (vs. 1-3);
2. Deus revela Sua imensurável generosidade e Sua magnífica piedade aos que O temem neste mundo de aflição e angústia (vs. 4-6);
3. Deus revela Seu caráter em Suas poderosas e bondosas ações para com os habitantes deste planeta. Ele é honesto, verdadeiro, fiel, reto e santo (vs. 7-9);
4. Deus é capaz de arriscar-se ao máximo a fim de resgatar ao pecador condenado à morte eterna. Ele deu Jesus, Seu único Filho, para pagar o preço de nossos pecados. Tem como ignorar um Deus assim? Tem como não louvar a um Salvador desse? (v. 10).

O ser humano neste mundo de pecado não teria esperança alguma se não fosse a Bíblia e o Deus que deixou-nos esse Livro.
1. Carecemos das magníficas obras de Deus para viver (vs. 1-3);
2. Precisamos dos graciosos recursos de Deus para que sejamos alguém (vs. 4-6);
3. Dependemos dos mandamentos de Deus para alcançar sabedoria (vs. 7-8, 10);
4. Necessitamos de libertação para salvar-nos da condenação de nossos pecados (v. 9).

Mesmo que não recebêssemos mais nenhuma bênção neste mundo, Deus já mereceria nossa adoração pelo gracioso plano de salvação. Adoremos! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

[Nota: Texto publicado originalmente em https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/02/19/, quando se iniciava o programa Primeiro Deus. Editado por Jeferson A. Quimelli]




%d blogueiros gostam disto: