Reavivados por Sua Palavra


SALMO 93 – ACESSE AQUI O POST DESEJADO by Jeferson Quimelli
5 de maio de 2020, 1:10
Filed under: Sem categoria

TEXTO BÍBLICO SALMO 93 – Leia a Bíblia antes

SALMO 93 – COMENTÁRIO BLOG MUNDIAL (Associação Geral)

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

COM. TEXTO ROSANA GARCIA BARROS

COM. TEXTO PR. HEBER TOTH ARMÍ

COM. VÍDEO PR ADOLFO SUAREZ (link externo)

COM. VÍDEO PR EVANDRO FÁVERO (link externo)

VÍDEO PR WEVERTON CASTRO E EQUIPE (link externo)

COM. VÍDEO PR RONALDO DE OLIVEIRA(link externo)

COM. VÍDEO PR MICHELSON BORGES (link externo)

COM. VÍDEO PR VALDECI JÚNIOR (link externo)



Salmo 93 by Jeferson Quimelli
5 de maio de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/93

A celebração da majestade e do poder de Deus é expressa através da descrição de Seu reinado, revestida de majestade e armada de força! Seu trono foi estabelecido desde a eternidade e não será movido!

No entanto, não ficou sem oposição! Os mares, os povos da terra e as potências mundiais que se opuseram ao Seu domínio levantaram sua voz, mas sem sucesso. A voz de Deus através do trovão abafou a voz deles, Ele continua sendo o Governador do universo através de Sua santidade.

O que pode trazer medo aos ímpios traz segurança ao Seu povo. Como a casa do Senhor está cheia de santidade, a ordem do Senhor é certa. O grande ser e caráter de Deus – Seu poder, soberania, força e santidade – são Seus eternamente.

Larry D. Marsh
Professor aposentado, Estado de Washington, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=816

 

Comentário da rodada anterior

O Senhor reina!

Que pensamento! O Senhor reina sobre o vasto universo. Ele sustém o mundo e o mantém em movimento. Ele se encarrega também da manutenção e cura de todos nós, seres humanos, incluindo todas as nossas pequenas células. Louvado seja o Senhor!

Neste Salmo Ele é retratado de modo especial como alguém que conquista e domina sobre as grandes águas. Isto nos lembra como no Êxodo Ele dividiu as grandes águas do mar Vermelho para o seu povo passar. Água na Bíblia com frequência representa muitas pessoas (Ap 17:15), que compõem as nações do mundo ( Dan 7:1-8, 23), e os problemas causados por elas. Quando as muitas águas afligirem a sua vida, lembre-se que Jesus andou sobre as águas (Mt 14:22-33 ) e subjugou as ondas e a tempestade (Mc 4:35-41). Ele venceu o mundo (Jo 16:33).

O caráter de Deus é o que mais nos leva a admirá-Lo. Sua majestade , poder, grandeza e força vem de Sua fidelidade e santidade (v. 5). Como criaturas, temos a brilhante perspectiva de que poderemos desfrutar eternamente do privilégio de louvá-Lo. Durante todos os dias da eternamente louvaremos a santidade e a verdade daquEle que nos livrou das muitas águas deste mundo.

O Senhor reina! Amém e amém!

Sook -Young Kim
Kyungpook National University
Coréia do Sul

 

Texto original: https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/02/01/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli



SALMO 93 – COMENTARIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
5 de maio de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

539 palavras

Salmo de entronização (como o Sl 47), que retrata Deus assentado no trono após a vitória sobre forças malignas, simbolizadas pelo mar revolto. Um título da Septuaginta relaciona este salmo ao sábado, pois fala da criação. Na liturgia judaica clássica e posterior, era recitado às sextas-feiras à noite, na véspera do sábado. Bíblia de Estudo Andrews.

A tradição judaica diz que os próximos sete salmos (93-99) antecipavam algumas palavras do Messias. Crê-se que o Salmo 93 foi usado nos serviços do templo após o cativeiro e talvez tenha sido escrito durante a invasão de Senaqueribe (2Rs 18.13-19.37). Life Application Study Bible Kingsway.

1,2 O governo do Senhor, por meio do qual a ordem criada tem ficado segura, e se manterá assim por todas as eras, é desde a eternidade (Gn 1.1). Embora Israel como nação tenha chegado tarde no cenário, seu Deus tem sido Rei desde antes da criação do mundo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

1 O SENHOR reina (NVI).A verdade suprema e o primeiro artigo do credo de Israel (v. 96.10; 97:1; 99:1; v. tb Zc 14.9 e nota). Bíblia de Estudo NVI Vida.

2 Tu és desde a eternidade. Deus não teve começo; Ele não foi criado. Este conceito do reinado eterno de Deus faz agudo contraste com a teologia da Mesopotâmia e de Canaã. Naquelas regiões próximas de Israel, o poder dos deuses variava de acordo com as mudanças na arena política. Bíblia de Genebra.

3, 4 Forças do mal mais poderosas que o mar revolto se levantam contra Deus – imagens de poderes caóticos tentando derrubá-Lo; mas o Senhor consegue manter o controle, e as forças rebeldes são derrotadas [A maior vitória do Senhor foi na cruz, através do amor de Jesus]. O Senhor altíssimo é o grande Rei. Bíblia de Estudo Andrews.

3 Levantam os rios (ARA). As inundações são um símbolo antigo das forças do caos e da maldade. Ver notas em 18.4, 15). Bíblia de Genebra.

águas (NVI). Implicitamente, simboliza tudo o que se opõe à vinda do reino do Senhor (v. 65.6; 74.13, 14 e notas). Bíblia de Estudo NVI Vida.

5 testemunhos (ARA; NVI: “mandamentos”). Aquele cuja soberania tem deixado em segurança o mundo também tem dado ao Seu povo diretrizes estáveis e fidedignas (v. 19.7) – que devem ser respeitadas (v. 95.8-11). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Deus reina firmemente, adornado em santidade,; Seu reino é estabelecido, portanto, Sua lei também permanece firme. Bíblia de Estudo Andrews.

A estabilidade e a ordem que existem, por causa do reinado eterno de Deus, são compartilhadas com a humanidade através da lei revelada. Bíblia de Genebra.

A chave do reino eterno de Deus é a Sua santidade. A glória de Deus é vista não apenas em Sua força, mas também em Seu perfeito caráter moral. Deus nunca fará nada que não seja moralmente perfeito. Isso nos assegura que podemos confiar nEle, mas coloca uma exigência sobre nós. Nosso desejo de ser santo (dedicado a Deus e moralmente limpo) é a nossa única resposta adequada. Nunca devemos usar meios profanos para alcançar um objetivo sagrado, porque Deus diz: “Sede santos porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo” (Levítico 19: 1, 2). Life Application Study Bible Kingsway.

Sua casa. O templo terrestre do Senhor – mas também o templo eterno nos céus. Bíblia de Estudo NVI Vida.

ornamento perpétuo. Qualifica tanto os mandamentos quanto a santidade. Bíblia de Estudo NVI Vida.



SALMO 93 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
5 de maio de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Fidelíssimos são os Teus testemunhos; à Tua casa convém a santidade, Senhor, para todo o sempre” (v.5).

Firmado o mundo em seu lugar no Universo, o Criador deixou na Terra a assinatura inconfundível de Sua existência, majestade e poder. Mesmo após a entrada do pecado, Seus atributos divinos podem ser “percebidos por meio das coisas que foram criadas” (Rm.1:20), o que faz da natureza um dos livros do Céu, da ciência da verdadeira educação. Contemplar as obras de Deus deve compor a nossa comunhão diária como parte integrante dela. Foi assim que Jesus passou os Seus dias na Terra, deixando-nos perfeito exemplo.

O céu com sua singular pintura matinal ou com as variadas cores do pôr do sol, a vegetação com seus tons de verde calmantes, as flores com suas formas, cores, tamanhos e perfumes diversos, os animais, desde a minúscula formiga, até o maior dos mamíferos, cada detalhe da criação revela preciosas lições que o nosso Senhor e Salvador não ignorou. Aquele que “estava no princípio com Deus” (Jo.1:2), extraía das singelas flores do campo ou da menor das sementes o mais elevado conhecimento. E foi ao som do “bramido das águas” e por sobre “os poderosos vagalhões do mar” (v.4) que Seus pés andaram apontando para a fiel promessa de que Ele está conosco nas tempestades da vida e tem o controle de todas as coisas.

As crianças possuem uma aguçada predileção pela simplicidade e pela natureza. Talvez seja por isso que o adulto não tenha a mesma empolgação e atenção de uma criança quando vê uma borboleta, por exemplo. Com o tempo, acabamos perdendo essa percepção que foi tão explorada e valorizada no ministério de Cristo. Então, passamos a ter uma noção equivocada do reino dos Céus como um lugar de formalidades, quando o próprio Jesus o comparou a um alegre jardim de infância: “Deixai vir a Mim os pequeninos, porque dos tais é o reino de Deus” (Lc.18:16).

Precisamos receber as boas-novas do reino de Deus com a alegria e simplicidade de uma criança, ou jamais entraremos nele. Foi justamente esta mensagem que impactou o culto e obediente jovem rico. Mas sua impecável vida piedosa não era suficiente. Ele precisava negar o seu próprio eu a fim de desfrutar da alegria de seguir a Jesus. Foi-lhe dito: “Uma coisa ainda te falta” (Lc.18:22). O que falta ainda em nossa vida para que possamos, de fato, seguir as pegadas de Cristo? Não confundam ser criança com ser imaturo. Não foi isso que Jesus quis dizer. Além de simples e humilde, a criança também é dependente, e é essa dependência que nos leva para mais perto de Deus e de Sua vontade.

O nosso Criador também é o nosso Pai que deseja nos levar de volta para casa. Se confessarmos diariamente: “Reina o Senhor” (v.1) em minha vida, então desfrutaremos de Suas fidelíssimas promessas como uma criança desfruta das dádivas paternas. A nossa alegria estará em sermos, pela graça de Deus, santos como Ele é santo (1Pe.1:15-16) e em aguardar e apressar a vinda do nosso Rei e Senhor (2Pe.3:12). Que Ele nos encontre como Suas crianças que não veem a hora de receber o presente eterno. Vigiemos e oremos!

Bom dia, crianças do reino de Deus!

Desafio da semana: Todos os dias, faça parte de sua comunhão pessoal meditar em alguma obra de Deus na natureza. Você perceberá o quanto o Senhor tem para lhe ensinar.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo93 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



SALMO 93 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Jeferson Quimelli
5 de maio de 2020, 0:40
Filed under: Sem categoria

SALMO 93 – Em nossa insignificância e pequenez podemos olhar com fé para o alto e contemplar a grandiosidade e a majestade de um Deus todo poderoso. Deus é Deus, é o Criador e Governador do Universo.

Há muita teologia neste Salmo, “o argumento central do salmo se encontra nas palavras iniciais: Reina o Senhor. Ele está intimamente no controle de todas as coisas. Firmou e sustenta o mundo (e tudo o que nele há), de modo que não vacila. Não criou o Universo e depois o abandonou para funcionar sozinho. Controla todas as forças naturais que afetam nossa existência” (Comentário Bíblico Africano).

• Deus é majestoso, assim Ele é e assim Ele Se revela (v. 1);
• Deus nunca foi coroado ou entronizado, Seu trono está firmado deste a eternidade, como eterno Ele é (v. 2);
• Deus é mais poderoso que poderes das muitas águas, Sua força é incomparável (vs. 3-4);
• Deus tem princípios imutáveis e orientações sólidas dos quais nos satisfaremos se os praticarmos com sabedoria (v. 5);
• Deus é santo e eterno e todo pecador que a Ele se render experimentará santidade e eternidade em sua existência (v. 5).

“O Senhor poderia ter apenas exibido a Sua justiça, santidade e terrível poder em Seus tratos com o homem caído. Porém, agradou-Lhe mostrar as riquezas de Sua misericórdia e o poder de Sua graça renovadora. Nesta grande obra, o Pai deu todo o Seu poder o Seu Filho, o Senhor do Céu que fez a expiação de nossos pecados. Não somente é capaz de perdoar, mas também de livrar e proteger a todos os que confiam nEle. A Sua Palavra já foi dada, e todos os santos podem confiar nela. Tudo o que foi anunciado a respeito do reino do Messias se cumprirá no devido tempo” (Mathew Henry).

O reino de Deus está acessível ao pecador desde que Jesus demonstrou-Se Salvador morrendo numa cruz. Desta forma, “todo o Seu povo deve ser rigorosamente puro. A Igreja é uma casa santa, limpa de todo o pecado e dedicada ao Seu serviço. Onde há pureza haverá paz. Que todos avaliem cuidadosamente se este reino está estabelecido em seus corações” (Henry).

Deus quer atrair súditos do reino do pecado para Seu reino. Quem se dispõe?

“Senhor, conte comigo!” – Heber Toth Armí.




%d blogueiros gostam disto: