Reavivados por Sua Palavra


2SAMUEL 7 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de julho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Sê, pois, agora, servido de abençoar a casa do Teu servo, a fim de permanecer para sempre diante de Ti, pois Tu, ó Senhor Deus, o disseste; e, com a Tua bênção, será, para sempre, bendita a casa do Teu servo” (v.29).

Os anos que antecederam a monarquia de Davi foram conturbados e desafiadores. Severamente perseguido, andava pelas montanhas e desertos desviando-se da fúria de Saul e usando de estratégias para assegurar a sua vida e de seus valentes em terras inimigas. Foi quando se deu por apercebido de sua situação confortável, “habitando o rei Davi em sua própria casa” (v.1), que a visão da tenda de Deus pareceu-lhe um grande descaso.

Chamando o profeta, segredou-lhe o seu desejo e logo foi animado a concretizar o que estava em seu coração. Natã, porém, agiu precipitadamente ao dar o aval de algo que não lhe competia. E, “naquela mesma noite” (v.4), o Senhor lhe falou, com declarações fortes e esclarecedoras. O desejo de Davi podia ser sincero e cheio de boas intenções, mas não correspondia aos planos de Deus. Seu filho Salomão, e não ele, edificaria o primeiro templo e a profecia messiânica confirmaria o seu trono para sempre.

A oração de Davi revela um espírito humilde e submisso, sempre pronto para aceitar a soberania divina. Sua posição e eleição não lhe foi de proveito para se impor como senhor da razão. Era consciente de sua responsabilidade como rei sobre Israel, contudo, ainda mais consciente de seu dever como servo de Deus. Dotado de talento musical e poético, ensinou a nação que a oração não é feita simplesmente de palavras, mas do privilégio de render ações de graças ao “Deus de Israel” (v.27).

Nem sempre as nossas melhores intenções estão em comum acordo com a vontade de Deus. Deve haver perfeita harmonia da ação divina com o esforço humano. Deus espera que possamos desempenhar um papel ativo na Terra, um papel que nos edifique e eleve à estatura de filhos da luz. Mas jamais este papel deve ultrapassar ou ignorar o irrevogável “Assim diz o Senhor” (v.5).

Creio que muitos de nós precisamos urgentemente rever os nossos conceitos religiosos e considerar com mais atenção o que está escrito: “as Tuas palavras são verdade” (v.28). Como foi para Davi, que todas estas palavras sejam instrução para nós também e uma bênção para o nosso lar a fim de que permaneça para sempre diante do Senhor. Vigiemos e oremos!

Feliz sábado, servos do Deus Altíssimo!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #2Samuel7 #RPSP


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: