Reavivados por Sua Palavra


I SAMUEL 29 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
4 de julho de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Nossas decisões erradas, nossas fraquezas e nossas estupidezes não nos colocam em piores situações devido à graça, misericórdia e sabedoria divina.

• Deus age positivamente quando agimos negativamente. Deus nos surpreende em nossas imbecilidades.

Gene Getz analisa:

“A graça do Senhor é maravilhosa… A pesar do pecado de seu servo, Deus começou a providenciar uma maneira para que Davi escapasse do lamaçal que ele criara… Davi ainda tentava controlar seu próprio destino. É provável que estivesse tão emaranhado naquela ‘teia’ de pecado, que nem mesmo conseguiu conhecer a graça de Deus. Por consequência, fingiu estar surpreso e desapontado por não poder dar continuidade aos preparativos para a batalha contra Israel. Interiormente, no entanto, respirava aliviado. Davi se tornara o mestre da prevaricação”.

• Se Deus não interferisse em nosso livre-arbítrio provocaríamos desventuras que nos acarretariam grandes prejuízos e imensurável vergonha.

“Deus usou os comandantes para livrar Davi daquela situação difícil […]. Deus sabia que Davi arruinaria sua reputação diante dos israelitas se tivesse participado da batalha. Portanto, interveio em favor de Davi e livrou-o de mais um grave erro que teria causado enorme prejuízo à sua imagem” (Gbile Akanni).

Portanto,

1. Mesmo ungidos por Deus podemos enfrentar crises constantes assim como se percebe na experiência de Davi.
2. Ao depararmos com crises em nossa vida, geralmente tentaremos resolver de forma lógica, rápida e instintivamente nossos problemas, o que nos leva a situações mais complexas, a becos sem saída.
3. A graça, bondade e paciência de Deus para conosco nos alcançam independentemente das besteiras que cometemos simplesmente por não consultá-lO constantemente.
4. Deus opera na vida de idólatras, pagãos e ateus, como ilustrado no exército filisteu, para livrar-nos das ciladas e armadilhas que criamos para arruinar nossa vida e os planos de Deus para nós.

Davi era como um anjo de Deus para os filisteus, por isso não passou na avaliação daqueles inimigos de Deus.

• Incrédulos podem ser influenciados por Deus mesmo rejeitando Sua regência.

Deus atuava em prol de Davi entre os filisteus que, apesar de o acharem um homem bom, estava no lugar errado.

• Os servos do pecado reprovam até pessoas que se parecem com anjo, quando Deus quer livrar Seus servos das complexidades da vida.

Seja um anjo entre teus amigos/inimigos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: