Reavivados por Sua Palavra


1Samuel 28 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
3 de julho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Respondeu-lhe o rei: Não temas; que vês? Então, a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que sobe da terra” (v.13).

O capítulo de hoje traz um assunto que causa muitas discussões entre estudiosos da Bíblia: o espiritismo. Afinal de contas, Saul falou ou não com o “espírito” de Samuel? Não podemos obter a resposta verdadeira, se não estudarmos a Bíblia da forma correta: “Porque é preceito sobre preceito, preceito e mais preceito; regra sobre regra, regra e mais regra; um pouco aqui, um pouco ali” (Is.28:10). Assim como este assunto, todos os outros precisam ser estudados desta forma, buscando respostas em toda a Palavra.

Percebam que o verso 3 diz que “Saul havia desterrado os médiuns e os adivinhos”, pois Deus mesmo havia dito: “todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor” (Dt.18:12). Ora, se é abominação, já aprendemos que Deus não aprova a prática de se consultar “mortos” e de adivinhação. Saul foi à presença da médium disfarçado. Mas ao descobrir que se tratava do rei que havia mandado matar seus colegas de bruxaria, ela ficou assustada, e mais ainda diante do sobrenatural tão diferente das consultas fajutas que estava acostumada a fazer.

Ao perceber que ela via algo misterioso, Saul perguntou o que ela via. A resposta da mulher é de arrepiar: “vejo um deus que sobe da terra” (v.13). Aquela mulher viu uma figura que ela identificou como um deus que subia da terra. O sábio Salomão escreveu que “os mortos não sabem coisa nenhuma… porque a sua memória jaz no esquecimento” (Ec.9:5). Como, pois, explicar essa aparição? Saul concluiu que aquilo que ela descreveu só podia ser Samuel, se realmente o fosse, Deus não teria condenado a sua atitude: “Assim, morreu Saul por causa da sua transgressão cometida contra o Senhor… e também porque interrogara e consultara uma necromante” (1Cr.10:13).

Outra evidência de que não era o profeta Samuel quem falou com Saul, encontramos no livro de Jó: “Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais” (Jó 7:9-10). Sem dúvida, aquele ser misterioso não era Samuel, nem tampouco alguém da parte de Deus. Percebam o que o falso ‘Samuel’ disse a Saul no verso 16: “Por que, pois, a mim me perguntas, visto que o Senhor te desamparou e Se fez teu inimigo?” Quer dizer que Deus desamparou Saul e se tornou seu inimigo? Mas que conversa é essa? Sabem que conversa é essa? Daquele que é especialista em distorcer a Palavra de Deus: Satanás.

Das duas uma. Ou aquele ‘Samuel’ era o próprio diabo, ou um de seus demônios personificados. Porque, meus irmãos, “não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus próprios ministros [os anjos caídos] se transformem em ministros de justiça” (2Co.11:14-15). Deus jamais desampara a ninguém. Saul fez a própria escolha de fechar o seu coração para o Senhor. Por isso não conseguia mais ouvir a Sua voz. Deus não é inimigo de ninguém. Ele nos convida a sermos Seus amigos (Jo.15:15).

Samuel, como os demais filhos de Deus que já morreram, descansam para serem despertados uma única vez para sempre, no Grande Dia do Senhor (1Ts.3:16-17). “Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para a vergonha e horror eterno” (Dn.12:2). Portanto, “Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos, que chilreiam e murmuram, acaso, não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos?” (Is.8:19).

Cuidado com doutrinas baseadas em textos isolados da Bíblia! Muitos têm usado as Escrituras como fez Satanás no deserto. Satanás tentou a Cristo usando a Palavra de Deus fora de contexto. Mas Cristo venceu porque usou o Assim diz o Senhor. Somos criaturas mortais, e só há um que é imortal: “O Rei dos reis e Senhor dos senhores; o único que possui imortalidade” (1Tm.6:15-16). Breve vem o Dia em que “a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade” (1Co.15:52-53).

Cristo disse: “Eu sou a ressurreição e a vida” (Jo.11:25). O que devemos saber sobre a morte é o que já vimos hoje: que ela é passageira e que, muito em breve, vai deixar de existir (Ap.21:4). Não perca tempo com os engodos de Satanás, porque ele já está condenado à morte eterna. Apegue-se à promessa dAquele que venceu a morte ao terceiro dia: “porque Eu vivo, vós também vivereis” (Jo.14:19). Vigiemos e oremos!

Bom dia, futuros cidadãos do Reino eterno!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Samuel28 #RPSP

youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: