Reavivados por Sua Palavra


SALMO 67 – COMENTÁRIO SELECIONADOS by jquimelli
6 de janeiro de 2017, 0:50
Filed under: Sem categoria

No Salmo 66, Davi (ver TA, 533) mescla agradecimento pessoal e coletivo em comemoração ao livramento de uma grande calamidade. CBASD, vol. 3, p. 882.

Este é um Salmo curto com fortes emoções de gratidão e contemplação do poder do nosso Deus. Ele não é somente um deus qualquer, mas o nosso Deus, merecedor do mais santo temor (v. 7); é também nosso Salvador, pelos méritos de Jesus. Fanny J. Crosby registrou esta verdade em uma composição muito apreciada por todos os cristãos: Bendita Segurança [Blessed Assurance, Jesus is Mine!]. É a certeza de que Jesus é o nosso Salvador pessoal que nos permite saborear antecipadamente a salvação: “Eu já desfruto bênçãos da luz!” Teresita Perez, em http://revivedbyhisword.org/en/bible/psa/67.

Glória. Do heb. kabodCBASD, vol. 3, p. 882.

Tremendos. A maneira como Deus livra os perseguidos é assombrosa para os perseguidores (ver com. do Sl 65:5; cf. Ap 15:3). CBASD, vol. 3, p. 882.

A Ti se mostram submissos. Do heb kachash, “fingir obediência”, “bajular” (ver Sl. 18:44). Esta submissão vazia não é sincera e, sim, fingida; resulta da demonstração de poder de Deus. A verdadeira submissão de coração é resultado da revelação do amor de Deus. CBASD, vol. 3, p. 882, 883.

Os rebeldes. Os que não tem paciência com as restrições divinas ou que desafiam a Deus. Estes não devem se orgulhar, pois, ao final, terão de se submeter ao poder de Deus. CBASD, vol. 3, p. 883.

10 Tu … nos provaste. Deus permitiu que a calamidade viesse sobre Israel como um teste de sua lealdade a Ele. CBASD, vol. 3, p. 883.

11 Oprimiste. Deus nunca permite que Seu povo seja provado além do que possa tolerar (ver 1Co 10:13). Este versículo pode ser uma alusão à escravidão no Egito. CBASD, vol. 3, p. 883.

12 Cavalgassem sobre nossas cabeças. Uma figura derivada talvez do antigo costume dos orientais de cavalgarem sobre os corpos dos conquistados. CBASD, vol. 3, p. 883.

14 no dia da angústia, prometeu a minha boca. Principalmente quando em dificuldades, as pessoas tendem a fazer votos a  Deus (ver Jz 11:30, 13; 1Sm 1:11). Deve-se ter muito cuidado em cumprir esses votos! Com frequência, são esquecidos, quando se recuperam a saúde e a prosperidade. CBASD, vol. 3, p. 884.

18 Se eu no coração contemplara a vaidade, o SENHOR não me teria ouvido. Uma premissa na experiência cristã. Para que a oração seja aceitável a Deus, quem a profere deve ter como propósito abandonar todo pecado conhecido (ver Pv 28:9; Is 1:15; 58:3-5; cf. Sl 34:15; Jo 9:31; Tg 4:3; GC, 99, 100; PP, 584). CBASD, vol. 3, p. 884.

19 Deus me tem ouvido. Davi não duvidou de que Deus responderia sua oração. Ele expressou confiança na aprovação divina (ver Sl 116: 1, 2). CBASD, vol. 3, p. 884.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Esse salmo acima é do 66 não do 67.

Comentário por Jefferson




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: