Reavivados por Sua Palavra


2 Reis 9 – Comentários selecionados by jquimelli
28 de maio de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

17 paz. A palavra hebraica shalom é usada aqui em oposição à palavra rebelião (Andrews Study Bible).

22 a idolatria e as feitiçarias. Ambas passíveis da pena de morte (v. Dt 13; 18:10-12). Enquanto esses males fossem promovidos no Reino do Norte, não poderia haver paz (Bíblia de Estudo NVI Vida).

26 de seus filhos. Esta é a primeira menção da morte dos filhos de Nabote com o pai. Mas, a fim de que Acabe tivesse direito à vinha, era necessário tirar os filhos do caminho. […] A morte de pai e filhos inocentes tornaram este o mais ultrajante de todos os crimes de Acabe e Jezabel (CBASD – Comentário Bíblico Adventista , vol. 2, p. 1001). 

28 A Jerusalém. Não era propósito de Deus que a nação de Judá se associasse com a nação vizinha, do norte, em aliança íntima. […] A conduta de Acazias em auxiliar Jorão na guerra contra Hazael também foi repreensível [como a de Josafá, 2Cr 19:2] aos olhos de Deus (2Cr 22:4,5). Acazias pagou com a vida por esse auxílio (CBASD, vol. 2, p. 1002). 

30 Enfeitou a cabeça. Ela adornou a cabeça com um “arco” turbante (ver Is 3:18), literalmente, ela “embelezou a cabeça”. Ela foi desafiadora e impenitente até o último momento. Usou todos os seus adornos e vestiu o traje mais imponente. […] Em vista de seu negro registro de pecado, Jezabel poderia ter colocado um pano de saco e sentado em cinzas. No entanto, seu espírito orgulhoso recusava ser humilhado e seu coração de pedra não se moveu  (CBASD, vol. 2, p. 1002, 1003). 

31 Zinri. Jezabel estava dizendo a Jeú que seu reino seria curto como o de Zinri [que reinou 7 dias, 1Rs 16:8-14] (Andrews Study Bible).

36 cães comerão. Ao invés de um enterro digno, um corpo ser devorado por animais impuros como cães e pássaros era um sinal de grande maldição (Andrews Study Bible).
No antigo Oriente, havia muitos cães famintos, rapinantes do campo, que devoravam carne de cadáveres deixados ao ar livre (CBASD, vol. 2, p. 997). 

37 Já não dirão. O terrível fim de Jezabel deveria ensinar a transitoriedade e insignificância do poder e glória humanos. Todas essas coisas são pó e ao pó voltarão. A condenação de Jezabel exorta a todos os que praticam a iniquidade a ouvirem a mensagem de Deus: “Ai daquele que edifica sua casa com injustiça” (Jr 22.13). Jezabel se tornou um símbolo da iniquidade que o professo povo de Deus permitiria entrar em suas fileiras para rebaixar e contaminar, e solenes advertências foram dadas a respeito dos julgamentos que adviriam (Ap 2:20-23) (CBASD, vol. 2, p. 1004). 


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: