Reavivados por Sua Palavra


I Reis 6 – Comentários selecionados by jquimelli
3 de maio de 2016, 7:20
Filed under: Sem categoria

1-13 O objetivo central era providenciar um lugar digno de ser chamado a casa de Deus. … Além do mais, o templo era um tipo, principalmente do corpo de Jesus (Jo 2.21), depois, de cada crente (1Co 3.16) e, por fim, da igreja toda (Ef 2.21, 22). Cada um desses é o lugar de habitação de Deus, e a câmara interior – o Santo dos Santos – havia de ser a sala do trono da Shekinah de Sua presença. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

janelas com fasquias fixas superpostas. Largas pelo lado interior da parede, essas janelas iam diminuindo gradualmente até formarem uma pequena abertura na parede externa. Bíblia de Genebra.

7 Em honra a Deus, o templo em Jerusalém foi construído sem o som de martelo ou de qualquer outra ferramenta no canteiro de obras. … A honra e o respeito se estendiam em todos os aspectos da construção desta casa de adoração. Este detalhe não está registrado para nos ensinar como construir uma igreja, mas para nos mostrar a importância de mostrar cuidado, atenção, honra e respeito a Deus e a Seu santuário. Life Application Study Bible Kingsway.

13 Este verso resume o propósito principal do templo. Deus prometeu que sua presença eterna nunca deixaria o templo enquanto uma condição fosse atendida: os israelitas tinham de obedecer à lei de Deus. … Ao ler a história dos reis, você verá que a quebra da lei foi o resultado, não a causa do afastamento de Deus. Primeiro os reis abandonaram Deus em seus corações e então falharam em obedecer às Suas leis. Quando cerramos nossos corações a Deus, Seu poder e Sua presença em breve nos deixam. Life Application Study Bible Kingsway.

14 O conceito do templo de Salomão era mais de um palácio para Deus do que um lugar de adoração. Como lugar de habitação para Deus, era adequado que fosse ornamentado e lindo. Tinha pequenas dimensões porque a maioria dos adoradores se reunia do lado de fora. Life Application Study Bible Kingsway.

14-18 Do lado de dentro, tudo era de madeira de cedro, oliveira e cipreste revestida de ouro, ornada de diversos entalhes e recoberta com cortinas bordadas; as pedras não estavam à vista [v. 18]. O Santo dos Santos estava mergulhado em sombras, salvo quando a Shekinah brilhava no propiciatório sobre a arca, entre os querubins. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.

16 O Santo dos Santos, um cubo perfeito com cerca de 9,15 m de lado, era a área mais sagrada do templo. Era ali que ficava a Arca da Aliança (v. 19) e os dois querubins. Somente o sumo sacerdote tinha o direito de entrar ali, e mesmo assim somente uma vez por ano, no Dia da Expiação hebraico, Yom Kippur (Lv 16; 23.26-32; Nm 29.7-11. Bíblia de Genebra.

19 arca da aliança do SENHOR. Os dez mandamentos são chamados as “palavras da aliança” em Êx 34.28. As tábuas de pedra nas quais foram inscritos os dez mandamentos são chamadas “tábuas da aliança” em Dt 9.9. Bíblia de Estudo NVI Vida.

29 palmeiras e flores abertas. Uma figura que fazia lembrar o jardim do Éden, em Gn 2. Embora nossos primeiros ancestrais tenham sido expulsos do paraíso por causa de sua rebelião contra Deus (Gn 3.24), e nós compartilhemos da expulsão deles, a comunhão com o Senhor continua possível, através da Sua graça. Bíblia de Genebra.

36 três ordens. Cada camada de pedras era separada por uma camada de vigas de cedro (cf Ed 6.4). Construções semelhantes têm sido desenterradas em Megido. Bíblia de Genebra.

38 no mês de bul. O nome canaanita para o oitavo mês, que corresponde a outubro-novembro. Andrews Study Bible.

sete anos. Sete é o número da perfeição. A história da criação se encerra com o sétimo dia enquanto que o relato da conclusão do templo se encerra com a menção dos sete anos. Andrews Study Bible.

A construção levou sete anos e meio, e o templo existiu durante quatro séculos, até ser destruído por Nabucodonosor. A construção do caráter, conforme o ideal de Deus, pode demorar mais, porém sempre é concluída. Primeiro vem a pedra, talhada com dificuldade; depois o cedro e a oliveira; por fim, o revestimento de ouro. Comentário Bíblico Devocional – Velho Testamento, F. B. Meyer.



I Reis 6 by jquimelli
3 de maio de 2016, 1:30
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Salomão começou a construir o templo no 4 º ano de seu reinado. O Senhor lhe deu instruções completas, especificou cada detalhe desse maravilhoso empreendimento e Salomão cumpriu tudo à risca. Ele não tinha nenhum desejo de ser pomposo, mas queria uma casa para o Senhor.

É muito significativo que, no meio da construção, Deus tenha vindo a Salomão, provavelmente em um sonho, e lhe feito uma promessa: se ele andasse com Deus e mantivesse todos os Seus estatutos, executasse os seus juízos e guardasse os seus mandamentos, o Senhor prometeu que habitaria entre os filhos de Israel. Esta é uma maravilhosa promessa revelada a Salomão e seu povo, a de que o Senhor queria estar com eles. Desde o início, era o desejo de Deus habitar com o homem. Moisés recebeu uma ordem de Deus: “E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles” (Êxodo 25:8).

Nós também somos o templo do Deus vivo. Assim como Salomão cuidadosamente seguiu todas as instruções recebidas, nós também, como cristãos, devemos seguir cuidadosamente a todas as instruções divinas. Por meio de Seu Espírito, Deus quer viver em nós e dirigir nossas vidas.

Leo Ranzolin
Vice-presidente aposentado da Associação Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/1ki/6 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1ki/6 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/1ki/6/
Texto traduzido anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/02/06/
Tradução: Jeferson Quimelli /Gisele Quimelli/Cindy Tutsch
Texto bíblico: I Reis 6
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/23 e https://credeemseusprofetas.org/



I Reis 6 – Comentário Pr Heber Toth Armí by jquimelli
3 de maio de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

I REIS 6 – É um privilégio sem tamanho ter um livro divino em nossas mãos. A Bíblia – Livro de Deus – é destinada aos seres humanos. Lendo-a diariamente seremos elevados deste mundo escuro para a luz de Jesus que irradia nossa alma enchendo-a de alegria indizível.

Veja que Deus nunca quis afastar-se de nós pecadores; Ele, inclusive aceitou uma casa aqui neste planeta contaminado pelo pecado. Ele baixa até nós para elevar-nos até Ele.

O sábio Salomão empreendeu, segundo o capítulo anterior…

• 30.000 homens, enviando-os ao Líbano em grupo de 10.000 a cada mês; mais…
• 70.000 trabalhadores para levar as cargas, mais…
• 80.000 trabalhadores que talhavam pedras nas montanhas, mais…
• 3.300 mestres-de-obras que coordenavam o serviço, etc.
• As pedras usadas eram grandes e encaixadas, portanto, não havia barulho de instrumentos na obra.

No capítulo em foco, o templo começou a ser construído no 4º ano do reinado de Salomão, 480 anos após a saída dos israelitas do Egito. Suas medidas eram:

• 27 metros de comprimento.
• 9 metros de largura.
• 13,5 metros de altura.
• 9x9x9 metros o lugar santíssimo.
• 2 querubins de 4,5 metros de altura.

Quase tudo no templo foi revestido de ouro. Nas cortinas foram entalhadas grandes figuras de querubins, palmeiras e botões de flores nas paredes do santuário principal e do lugar santíssimo.

Havia beleza, cores, ouro e grandeza no colossal templo de Salomão. Isso não é ostentação? Não! É devoção a Deus! Outra coisa… querubins e desenhos nas cortinas não ferem ao segundo mandamento da Lei de Deus conforme prescreve Êxodo 20:4-6?

Atenção:

• O que o segundo mandamento não está dizendo: Ele não proíbe desenhos, imagens de anjos, esculturas gerais, nem artes visuais.
• Qual a mensagem do segundo mandamento? Ele proíbe adorar qualquer representação de Deus ou adorar qualquer coisa que não seja Deus.

Conforme Dr. Brissos existem cinco tendências idolátricas na sociedade atual:

1. Especimolatria: Valorização exagerada dos animais.
2. Ecolatria: A natureza é mais valorizada que pessoas.
3. Ideolatria: Endeusar ideologias políticas ou religiosas.
4. Somatolatria: Dedicação excessiva ao corpo.
5. Clubelatria: Clubismo desportivo exacerbado.

Adoração deve ser exclusiva a Deus, sem interferências. Precisamos dar o melhor que temos e somos a Ele, por Ele nos ter dado Jesus para salvar-nos do pior que nos tornamos.

Vamos adorar ao Senhor? – Heber Toth Armí.



1 Reis 6 – Comentário Rosana Barros by jquimelli
3 de maio de 2016, 0:40
Filed under: Sem categoria

#rpSp #1Reis6

Texto Base: 1 Reis 6:11-13

Praticamente todos desejamos realizar o sonho da casa própria. Pequena ou grande, sofisticada ou simples, nossa casa é o lugar onde nos refugiamos e passamos boa parte de nossa vida.
Quando Israel andava pelo deserto acampando em tendas, Deus ordenou a Moisés que construísse uma tenda especial, o santuário. Aonde quer que acampassem, o santuário ficava no centro do arraial, simbolizando o desejo de Deus de habitar no meio de Seu povo.
Mas no tempo de Salomão, o povo já havia edificado cada um a sua casa, e chegado era o tempo de se edificar casa ao SENHOR também. Em proporções bem maiores do que o santuário do deserto, um deslumbrante templo foi edificado. Foram sete anos até que ficasse pronto. O temor e respeito com aquela obra eram tão grandes que nenhum instrumento de construção pôde nela ser ouvido. Já brincaram de LEGO ou de blocos de montar? Foi mais ou menos assim a engenharia daquele templo.
Porém, de tudo o que foi feito, o que mais deveria ficar em evidência era o sentido do templo: de adorar ao SENHOR em espírito e em verdade.
De nada valeriam objetos de ouro, uma igreja suntuosa, rituais e sacrifícios, se o mais importante não fosse observado. E o mais importante nós lemos nos versos onze a treze. Do que adiantaria uma linda casa ao SENHOR, se o SENHOR da casa fosse ignorado?
Imaginem alguém entrando em sua casa e fazendo o que bem entende. Entra sem falar com você, ignora o que você fala e se porta de maneira desrespeitosa. Imaginou?
Pois tem sido o que muitos têm feito ao pisar nos átrios do SENHOR.
ASSIM DIZ O SENHOR: “Quando vindes para comparecer perante Mim, quem vos requereu o só pisardes os Meus átrios?” (Isaías 1:12).
Entram na casa de Deus e não falam com Ele em oração. Daí o SENHOR começa a falar através de louvores, orações e pela ministração de Sua Palavra, contudo, “tu vês muitas coisas, mas não as observas; ainda que tens ouvidos abertos, nada ouves” (Isaías 42:20).
Para estes, o SENHOR diz: “Não continueis a trazer ofertas vãs… não posso suportar iniquidade associada ao ajuntamento solene” (Isaías 1:13).
A admoestação do SENHOR a Salomão continua em vigor até que Ele volte:
—Muito bonita esta casa que vocês edificaram para Mim, só que ela não é o principal. Mas se vocês Me adorarem como se deve, buscando qual seja a Minha boa, agradável e perfeita vontade (Romanos 12:2), guardando os Meus mandamentos e a fé em Jesus (Apocalipse 14:12), então Eu terei prazer em permanecer nesta casa e JAMAIS irei desampará-los!

O chamado do SENHOR para os Seus filhos é o mesmo ontem, hoje e sempre: “Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos Meus olhos; cessai de fazer o mal.
Aprendei a fazer o bem; atendei à justiça, repreendei ao opressor; defendei o direito do órfão; pleiteai a causa das viúvas” (Isaías 1:16-17).
Ou seja, precisamos demonstrar a devida reverência ao SENHOR da casa, dentro e fora dela. Quando colocamos em prática a comunhão diária, o poder de Deus é em nós manifestado e nos tornamos Suas testemunhas (Atos 1:8). E o resultado de tal comunhão fica evidente em nossa vida.
Precisamos entender desesperadamente que se não formos a “casa espiritual” (1 Pedro 2:5) que Deus espera que sejamos, de nada adiantará ser “beato” de igreja. A nossa vida cristã deve estar em processo de contínuo crescimento, e a este processo chamamos santificação. Não foi por acaso que o SENHOR disse: “vós sereis santos, porque Eu sou santo” (Levítico 11:45, up).
Mas Cristo não disse que veio para os doentes e pecadores? Sim, amados. E o que acontecia com o doente ao encontrar Jesus? Era curado! E ao pecador dizia: “vai e não peques mais” (João 8:11).
Precisamos dar o nosso melhor na casa do SENHOR? Sim. Podemos construir uma linda igreja? Devemos.
Só não podemos esquecer que o que deve estar em destaque não são cultos bem elaborados, ou belas decorações; nem tampouco a maior beleza da igreja deve ser a sua estética. Mas sim um povo que reflete a imagem do Deus vivo!
Ao estudarmos o mesmo episódio no livro de 2 Crônicas, veremos que este é o desejo do SENHOR para o Seu povo.
Quer ser um verdadeiro adorador do Deus vivo? Então faça o que Ele manda:
“Se o Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e Me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, Eu ouvirei dos Céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os Meus olhos e atentos os Meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar” (2 Crônicas 7:14-15).
O templo do SENHOR só se torna lugar em que orações são atendidas, quando verdadeiros adoradores adoram ao SENHOR do templo.

Bom dia, verdadeiros adoradores do SENHOR!

*Leiam #1Reis 6

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: