Reavivados por Sua Palavra


I Reis 16 by jquimelli
13 de maio de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Nós temos uma série de eventos interessantes neste último capítulo antes de Elias entrar em cena como um dos grandes profetas de Israel.
Quando o povo ouviu do que Zinri tinha feito, elegeu Onri como o Rei de Israel. Onri e o povo de Israel cercaram a cidade de Tirza, e quando Zinri percebeu que a cidade havia sido tomada ele foi para o castelo da casa do rei, ateou fogo nela e se matou. O engano e poder não duram muito tempo!
A próxima ação maldosa foi feita pelo próprio Onri. O povo de Israel se dividiu em duas partes, uma apoiando Tibni e outra apoiando Onri. O grupo de Onri prevaleceu. Do ponto de vista secular, Onri foi um bom rei. Ele trouxe prosperidade para a nação e até mesmo fundou outra capital numa colina, Samaria. Mas no que diz respeito à sua maldade, ele foi pior do que todos os reis antes dele. Foi ele quem trouxe a Israel a adoração do deus Baal, e seu filho Acabe se casou com Jezabel, filha do sumo sacerdote de Baal. Este tornou-se o pior tempo de apostasia e idolatria na história de Israel e introduziu Elias em cena. Foi através de um profeta como Elias que Deus entrou em ação.

Leo Ranzolin
Vice-presidente aposentado da Associação Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/1ki/16 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1ki/16 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/1ki/16/
Texto traduzido anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/02/17/
Tradução: Jeferson Quimelli /Gisele Quimelli/Cindy Tutsch
Texto bíblico: I Reis 16
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/24-25 e https://credeemseusprofetas.org/



I Reis 16 – Comentários Selecionados by jquimelli
13 de maio de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

1-7 Deus destruiu os descendentes de Jeroboão por seus flagrantes pecados e, mesmo assim, Baasa repetiu os mesmos erros. Ele não aprendeu do exemplo daqueles que vieram antes dele; ele não parou para pensar que seu pecado seria punido. Aprenda do seu passado, da experiência de outros e das vidas daqueles cuja histórias são contadas na Bíblia. Não repita erros. Life Application Study Bible Kingsway.

Jeú. Assim como seu pai antes dele (v. 2Cr 16.7-10), Jeú levou ao rei uma palavra de condenação. Foi enviado do sul para o norte, de modo bem semelhante ao homem de Deus proveniente de Judá (13.1) e, posteriormente, ao profeta Amós. Bíblia de Estudo NVI Vida.

embriagando-se. O fato de Elá estar se embriagando em Tirza enquanto o seu exército estava sitiando Gibetom (v. 15) indica que ele tinha pouca percepção das suas responsabilidades como rei. Bíblia de Estudo NVI Vida.

10 Depois de assassinar Elá e lhe tomar o trono, Zinri reinou apenas sete dias, quando Onri e seu exército o sitiaram em Tirza. No entanto, o suicídio de Zinri – porque ele incendiou o palácio de Tirza estando lá dentro – teve consequências permanentes. Até aquele momento, Tirza era a capital de Israel, mas Onri estabeleceu em Samaria a nova capital, e a outrora grande cidade de Tirza desapareceu da história. Bíblia de Estudo Arqueológica NVI Vida.

15 reinou Zinri sete dias em Tirza. A história de Israel, o Reino do Norte, foi cravejada de frequentes golpes políticos ou tentativas de golpe. Judá, o Reino do Sul, mostrou ser um tanto mais estável, talvez porque seus reis continuaram a ser descendentes de Davi. Mas a instabilidade de Israel, no Norte, também pode ser atribuída ao desprezo de seus reis pela aliança mosaica. A agitação política era a maneira de Deus disciplinar e renovar a liderança de Israel (11.29-39; 14.7-11; 16.1-4; 21.19-22; 2Rs 1.2-4). Bíblia de Genebra.

22 Tibni morreu. Naqueles tempos de guerra civil, era desnecessário dizer do que morreu! Onri, o vencedor, historicamente [não espiritualmente] tornou-se um grande rei, segundo a arqueologia. Bíblia Shedd.

24 Samaria, localizada 11,3 quilômetros ao norte de Siquém, era a cidade ideal para sediar a capital do Reino do Norte, pois era imune a praticamente qualquer ataque, estando cerca de 90 metros acima dos vales férteis que a cercavam (ver 20.1-21; 2Rs 6.25; 18.9,10). Os arqueólogos descobriram que ela foi adornada por Onri e Acabe com estruturas magníficas, para concorrer com as edificações de Salomão em Jerusalém. Depois dessa época, o Reino do Norte passou a ser designado pelo nome de sua cidade real, assim como o Reino do Sul era identificado por sua capital, Jerusalém (ver, e.g., 21.1; Is 10.10, Am 6.1). Bíblia de Estudo Arqueológica NVI Vida.

Ficava a cerca de 60 km ao norte de Jerusalém. Samaria podia ser defendida com facilidade e tornou-se a capital permanente de Israel (20.1; 2Rs 6.24; 10.17; 13.6; 18.9-10). Contudo, algumas vezes, “Samaria” refere-se ao Reino do Norte como um todo (2Rs 17.24; Am 3.9, 12). Bíblia Shedd.

O ato estratégico de construir Samaria quase se equipara, em importância política, ao ato de Davi em construir a cidade de Jerusalém ao redor da fortaleza central de Sião, a qual conquistara dos Jebuseus (2 Sm 5.6-10). As muralhas, que os arqueólogos desenterraram são as mais poderosas de todas as fortificações deitas no oriente, na antiguidade; a paz que assim obteve, levou a cidade de Samaria a se tornar, no decurso de um século apenas, um centro de riqueza, idolatria e luxúria (cf Is 8.4; Am 6.1-11). Bíblia Shedd.

30 mais do que qualquer outro. Onri pecou mais do que os que reinaram antes dele (cf. v. 25), e Acabe pecou mais que seu pai. A iniquidade tornou-se progressivamente na casa real do Reino do Norte. Quase terça parte do material narrativo de 1 e 2Reis diz respeito ao período de 34 anos do reinado de Acabe e dos seus dois filhos, Acazias e Jorão. Nesse período, ficou especialmente intensa a luta entre o reino de Deus (cujos campeões eram Elias e Eliseu) e o reino de Satanás. Bíblia de Estudo NVI Vida.

31 Os nomes dos filhos de Acabe (Acazias, “O SENHOR segura”) e Jorão, “O SENHOR é exaltado”) levam a crer que ele não pretendia substituir o culto aoSenhor pelo culto a Baal, mas adorar as duas deidades de modo sincretista. Bíblia de Estudo NVI Vida.

32 templo de Baal, que ele mesmo tinha construído em Samaria. Acabe importou imediatamente a adoração ao Baal fenício da sua esposa para o Reino do Norte, ao construir-lhe um templo em Samaria, assim como Salomão construíra o templo do Senhor em Jerusalém. Esse templo pagão e sua pedra sagrada … foram posteriormente destruídos por Jeú (2Rs 10.21-27). Bíblia de Estudo NVI Vida.

34 reconstruiu Jericó. Não significa que Jericó tinha permanecido desabitada desde a sua destruição por Josué (v. Js 18.21; Jz 1.16; 3.13; 2Sm 10.5), mas que permaneceu como aldeia sem muros. Durante o reinado de Acabe, Hiel fortificou a cidade reconstruindo seus muros e portões (v. em 9.17 uso semelhante de “reconstruir”). Assim foi violada a intenção de Deus de deixar as ruínas de Jericó (Js 6.26) como lembrança perpétua de que Israel recebera a terra de Canaã da mão de Deus como uma dádiva da Sua graça. Por isso, Hiel sofreu os efeitos da  maldição impetrada por Josué. Bíblia de Estudo NVI Vida.

 



I Reis 16 – Comentário Pr Heber Toth Armí by jquimelli
13 de maio de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

I REIS 16 – Satanás lutou pelo trono divino; mas, perdeu tudo, inclusive seu espeço no Céu. Agora quer os tronos dos homens. Pior ainda é que ele penetrou nos tronos dos reinos de Israel através de muitos de seus reis, os quais deveriam ter sido grandes e piedosos homens de Deus.

Sobre o capítulo em foco, temos os seguintes tópicos:

• Profecia de Jeú contra Baasa, por andar nos caminhos perversos de Jeroboão, e por ter-lhe destruído (vs. 1-4);
• Morte de Baasa (vs. 5-7);
• Reinado do devasso e bêbado Elá, filho de Baasa (vs. 8-14);
• Golpe de estado e morte de Zimri; morreu queimado por si mesmo num castelo (vs. 15-20);
• Reinado de Onri, o qual fundou Samaria, mas pecou mais que seus antecessores (vs. 21-28);
• Ascensão de Acabe com sua esposa que era a maldade em pessoa (vs. 29-34).

Diz Paul R. House que “à medida que 1 e 2Reis se desenrola, o sincretismo de Jeroboão é constantemente relacionado, de uma forma quase irremediável, como uma condenação canônica do afastamento da fé pactual por parte de reis posteriores (v. 1Rs 25.34; 16:2,3,7,19,26,31,52; 2Rs 3.3; 9.9). Essa aberrante prática religiosa nacional leva Israel à destruição final pela Assíria, de acordo com 2Reis 17.19-23)”.

Deus intentou ardentemente salvar Israel desse sincretismo religioso. Por andar nos caminhos de Jeroboão e induzir Israel à prostituição religiosa, Baasa recebeu a visita do profeta, o qual profetizou exterminação a toda Sua família.

Injustos executaram justiça. Contudo, os executores da justiça divina e das profecias não ficaram livres de culpa. Suas corrupções foram contabilizadas como pecados perante Deus. Ainda que Baasa cumprisse a profecia de Abias, sua ambição e assassinato fez com que Zimri cumprisse a profecia de Jeú contra ele.

• A coisa estava piorando, a espiritualidade de Israel estava despencando rapidamente.
• E nossa sociedade, como está? E, a espiritualidade de nossa igreja, está boa?
• O que falta para nosso mundo, país, cidade e igreja?
• O que vais fazer para promover o reino de Deus?

Amigo(a) não confie na razão, nem nos sentimentos ou nas fortes paixões, os tais promovem injustiças, corrução. Como bem declarou Blaise Pascal, “o coração tem razões que a razão desconhece”. Portanto, nossa razão deve ser regida pela justiça divina para dominar sentimentos e desejos corrompidos…

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



1Reis 16 – Comentário Rosana Barros by jquimelli
13 de maio de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

#rpSp #1Reis16

“Fez Acabe, filho de Onri, o que era mau perante o SENHOR, mais do que todos os que foram antes dele” (v. 30).

A palavra herança define bem o capítulo de hoje. Herança significa legado ou patrimônio. Mas também se refere à condição que se recebe dos pais, hereditariedade.
Na linha sucessória de Israel percebemos uma carreira de reis iníquos que não tinham o temor do SENHOR. Suas vidas foram repletas de conspirações e abominações. Poderíamos até falar que de geração em geração isto se multiplicava, mas não sobrava um sequer para contar história. Jeroboão e sua descendência?
Todos mortos.
Baasa e sua descendência?
Todos mortos (v. 11).
Zinri? Cometeu suicídio.
Onri? Fez o que era mau e seu sucessor foi pior do que ele e todos os demais juntos.
Acabe conseguiu a triste façanha de ser pior do que seus antecessores e, achando pouco, ainda se casou com uma adoradora de Baal. Jezabel foi uma mulher desprezível que tinha prazer em tudo o que desagradasse a Deus. Tanto que é usada como ilustração de uma igreja envolvida em seus pecados (Apocalipse 2:20).
E o capítulo encerra falando de um homem que resolveu reerguer a cidade de Jericó. Só que ao lançar os fundamentos da cidade, seu primogênito morreu; e ao colocar as portas, seu caçula morreu (v. 34). Mas porque isso aconteceu? Esta foi uma profecia dada por Deus a Josué: “Maldito diante do SENHOR seja o homem que se levantar e reedificar esta cidade de Jericó; com a perda do seu primogênito lhe porá os fundamentos e, à custa do mais novo, as portas” (Josué 6:26).
Amados, a nossa vida e tudo o que fazemos com ela é algo que compartilhamos mesmo sem querer. Costumamos compartilhar nas redes sociais aquilo que nos agrada. Todos podem ver e perceber quais são as nossas preferências e gostos. A nossa vida, antes da internet, era limitada a quatro paredes. Hoje, deixamos um legado de proporções gigantescas e uma herança social de alcance incalculável.
Os reis de Israel eram as maiores figuras públicas daquela época e todo o povo os observava. Por meio do exemplo, levavam todos a seguir os seus maus desígnios. Observem que não só os descendentes de Baasa foram mortos, mas também os seus amigos (v. 11).
Que herança você tem deixado hoje? Não é da minha conta? Ok. Mas se é da conta do Facebook, logo, passa a ser da conta de todos os que podem acessar a sua conta. 😉
Meus irmãos, assim como o legado de Baasa levou à morte até os seus amigos, não será diferente no Dia do SENHOR. Muitos estão a seguir e a se espelhar em pessoas que vivem uma vida virtualmente perfeita. E cristãos que têm a oportunidade ímpar de comunicar os lauréis de Deus, estão a compartilhar frases provocativas e insinuações de uns contra os outros. Isso é terrível!
O SENHOR nos chama a erguer o Seu pendão e proclamar ao mundo o Seu breve retorno. A herança que deixamos aqui não define apenas o nosso futuro eterno, mas pode ser a causa da vida ou da morte eterna de outros também.
Não pense que o que você faz fica por sua conta apenas. Somos “carta de Cristo”, “conhecida e lida por todos os homens” (2 Coríntios 3:2 e 3).
Quando lemos sobre os reis de Israel ficamos horrorizados com suas atitudes malignas. Quando o mundo nos “lê”, qual tem sido a sua reação?
Se você fosse acusado de ser um cristão, haveriam provas suficientes para te condenar?
Uma vida dedicada ao SENHOR nunca agrada a todos, mas, com certeza, é um ímã para os de coração sincero. Que a sua e a minha vida deixem uma herança que salva, não que destrói.

Bom dia, herdeiros da vida eterna!

*Leiam #1Reis 16

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: