Reavivados por Sua Palavra


I Reis 5 by jquimelli
2 de maio de 2016, 1:41
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

É incrível ver a amizade que se desenvolveu entre Hirão, rei de Tiro e Salomão, rei de Israel! Salomão foi capaz de testemunhar e de fazer que o Deus de Israel fosse conhecido por seus vizinhos. Isto é exatamente o que Deus espera de uma nação que afirma segui-Lo! É uma responsabilidade, tanto dos governantes, quanto do seu povo de conhecer as leis de Deus e os princípios que devem guiar seu país.

Esta aliança com o rei de Tiro ajudou Salomão a estabelecer um dos períodos mais gloriosos da história de Israel. Salomão queria construir um magnífico templo para adoração a Deus! Este templo seria um símbolo da presença de Deus com o Seu povo.

Grandes pedras foram talhadas para a fundação da Casa de Deus. A fim de alcançar este grande sonho Salomão precisava de ajuda e trabalhadores. Cerca de 30.000 trabalhadores foram convocados. Durante um mês, eles trabalhavam no Líbano e depois ficavam dois meses em casa. Salomão novamente mostrou misericórdia e compaixão ao lidar com os trabalhadores.

Os empregadores de hoje, seguindo este exemplo de Salomão, bem fariam em demonstrar misericórdia e compaixão para com os seus trabalhadores.

Leo Ranzolin
Vice-presidente aposentado da Associação Geral

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/1ki/5 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/1ki/5 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/1ki/5/
Texto traduzido anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/02/05/
Tradução: Jeferson Quimelli /Gisele Quimelli/Cindy Tutsch
Texto bíblico: I Reis 5
Comentário em áudio
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/23 e https://credeemseusprofetas.org/



I Reis 5 – Comentário Pr Heber Toth Armí by jquimelli
2 de maio de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

I REIS 5 – A Bíblia é mais que uma caixinha de surpresas, é um tesouro que, quanto mais a pesquisarmos, mas nos enriqueceremos.
• Vamos valorizá-la mais?
Os capítulos subsequentes tratam do templo de Salomão construído para Deus:
1. A preparação para a construção do tempo (capítulo 5);
2. A construção do templo (capítulos 6 e 7);
3. A consagração do templo (capítulo 8).
Estes 4 capítulos possuem princípios relevantes para cada um de nós cristãos. Hoje, cada crente é um templo do Espírito Santo.
Antes de erigir um templo para Deus, o santuário móvel foi o local de encontro dEle com Seu povo durante a trajetória do deserto até os dias de Salomão. Nos dias do profeta Samuel, os filhos da escola de profetas iam aos lugares altos onde “cantavam o louvor de Deus, com música de flautas e harpas, saltérios e tambores”, salienta Ellen G. White.
Em vista disto, Salomão faria um templo com um coro e imponente orquestra onde o louvor a Deus seria um solene espetáculo. Mas, foquemos, primeiramente, o capítulo da preparação para a construção do templo:
• Nem sempre querer é poder: Davi almejou construir uma casa para Deus, mas foi-lhe negado (vs. 1-4).
• As coisas para Deus nunca devem ser feitas sem Seu consentimento e aprovação: Deus orientou Davi que seu filho, sucessor no trono, Lhe edificaria uma casa (v. 5).
• As coisas para Deus devem ser bem planejadas, preparadas e de boa qualidade: Salomão usou toda sua habilidade, recorreu a amigo, usou o melhor do povo e materiais de primeira na construção do templo (vs. 6-18).
Deus era contra a existência de um rei em Israel. Ele demonstrara Seu desagrado quando o povo pediu um rei, enviando uma tempestade tão violenta que encheu o coração do povo de grande temor (I Samuel 13:17-18). Embora diante do terrível mal em pedir um rei, Deus não desampararia ao povo rebelde, nem ao rei (I Samuel 13:19-22).
Pois DEUS é…
• …bondoso, misericordioso e flexível.
• …gracioso, amoroso e benevolente.
Por isso, Deus aceita uma casa realizada para Si pelas mãos de um rei, assim como deu oportunidade de Eva gerar vida, quando merecia a morte por passar a chave do mundo ao inimigo de Deus (Gênesis 3:1-20).
Um Deus assim merece adoração! – Heber Toth Armí.



1 Reis 5 – Comentário Rosana Barros by jquimelli
2 de maio de 2016, 0:40
Filed under: Sem categoria

#rpSp #1Reis5

“Porém a mim o SENHOR, meu Deus, me tem dado descanso de todos os lados; não há nem inimigo, nem adversidade alguma” (v. 4).

Este verso acima trata-se do sonho de consumo de todo ser humano. Quem não quer descanso, paz? Salomão afirmou que a sua vida era tão abençoada, mas tão abençoada, que ninguém o incomodava e que nenhum problema o afligia.
Uau! Sua vida era um verdadeiro oásis no deserto… do ponto de vista do próprio Salomão.
Na verdade, as suas alianças de paz com os outros povos geralmente eram feitas mediante o casamento. E os casamentos de Salomão foram a causa de futuros problemas e de grande corrupção entre o povo de Deus e em seu próprio coração.
Cristo disse: “No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo” (João 16:33).
Salomão foi o escolhido para construir o primeiro templo, a primeira igreja. Seria uma obra suntuosa e riquíssima. Mas seus muitos matrimônios o fariam perder o foco do que realmente importava: o Deus do templo.
Quando a Bíblia diz que passaríamos por momentos ruins neste mundo, não afirma que sempre podemos identificá-los. Ou seja, nossa vida pode estar muito boa… aos nossos olhos. Percebem?
Salomão, apesar de ter recebido do SENHOR sabedoria extraordinária, permitiu que a sua fraqueza o dominasse. E quando isto acontece, meus irmãos, é a pior aflição que pode existir. Porque pode ser por meio de um pecado acariciado que minha vida corre o sério risco de ficar limitada a este mundo. Não está escrito que neste mundo poderemos passar por aflições, mas que no mundo passamos aflições. Quer sejam elas do tamanho de um elefante, ou microscópicas. E podem acreditar, as vezes é melhor enfrentarmos um “elefante” que podemos ver, do que algo que aparentemente não conseguimos identificar como sendo destrutivo.
Em muitos casos firmamos alianças que Deus não aprova, e procuramos ajuda de forma errada e no lugar errado.
Salomão pediu a ajuda de Hirão, rei de Tiro (v. 1), porque dizia que em Israel não havia quem cortasse madeira como os sidônios (v. 6). E veremos que a aliança feita entre Salomão e Hirão (v. 12) foi mediante casamento com alguma princesa de Tiro, e que esta união levou o rei a seguir Astarote, deusa dos sidônios (1 Reis 11:5).
Portanto, amados, a paz que Salomão julgava ter não passava de uma tranquilidade fajuta que o levava para a mortal zona de conforto.
Contudo, quando vamos ao encontro da única forma pela qual conseguimos achar descanso, a paz que nos preenche “excede todo o entendimento” (Filipenses 4:7).
Quando entendemos que ter bom ânimo vai além de nossa falsa impressão de alegria, mas sim da alegria que emana da cruz.; quando nossa mente finita se encontra com o Infinito; quando compreendemos que o objeto de dor transformou-se em objeto do amor; então nossos olhos se voltam para o único lugar onde podemos encontrar descanso: aos pés do Salvador.
Ele firmou uma aliança eterna com a humanidade, entretanto, só entrarão pelos portais da Casa Celestial “todo aquele que nEle crê” (João 3:16).
A missão de Salomão era a de edificar uma casa para o SENHOR. A missão de Cristo foi de nos ensinar a sermos “casa espiritual” (1 Pedro 2:5), para que, por meio de Seu sacrifício, possamos em breve estar para sempre na Casa que Ele mesmo nos preparou “desde a fundação do mundo” (Mateus 25:34).
Antes de fazermos preparativos paliativos para a edificação de qualquer coisa, mesmo que tenha a ver com atividades espirituais, precisamos ir ao encontro de Jesus. “Vinde a Mim” (Mateus 11:28) não é um convite avulso, mas está intimamente ligado com a última frase de Cristo antes da morte: “Está consumado” (João 19:30).
Prestem atenção! É como se Jesus nos dissesse assim:
— Filhos, neste mundo em que vocês vivem não há como não ter aflições. Mas não precisam perder a esperança, pois Eu já venci tudo o que lhes aflige e tudo o que vocês julgam ser inofensivo (mas que, de fato, é nocivo). Basta virem até Mim e Eu darei a vocês descanso para o coração e leveza para a alma!

Pronto! O caminho do Céu é esse. Imitações mundanas de descanso e a busca por ajuda no terreno do inimigo podem até causar encantamento passageiro, porém, como tudo neste mundo, um dia tem fim.
Precisamos abolir os paliativos e nos apegar ao Único que É A VERDADE! Que o nosso descanso não dependa das circunstâncias, mas de um Deus que usa de circunstâncias boas ou não para nos salvar!

Bom dia, homens e mulheres que descansam no SENHOR!

*Leiam #1Reis 5

Rosana Garcia Barros



I Reis 5 – Comentários selecionados by jquimelli
2 de maio de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

2, 3 Quando Davi se ofereceu para construir um templo, Deus disse “não” através do profeta Natã (2Sm 7:1-17). Deus queria que um pacificador, não um guerreiro, construísse sua casa de oração (1Cr 28:2, 3). Life Application Study Bible Kingsway.

…por ter derramado muito sangue, o Senhor não lhe permitiu que o fizesse (1Cr 22:8). CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 2, p. 817.

uma casa ao nome do SENHOR. O templo para Deus. Várias declarações bíblicas indicam que o trono de Deus se encontra no Céu, mas Seu nome habita no templo. Ver Sl. 11:4. Andrews Study Bible.

Dentro da cultura semita, um nome era concebido como se revelasse algo do caráter e da identidade de uma pessoa (Gn 17.5; 32.28; Êx 3.13-14; 34.6-7; Dt 12.5). Bíblia de Genebra.

Dá ordem. Aqui está um resumo de parte da mensagem de Salomão a Hirão dada de forma mais completa em 2 Crônicas 2:3 a 10. CBASD, vol. 2, p. 817.

Bendito seja, hoje, o SENHOR. Abençoar a Deus significa louvá-Lo. Hirão reconhece a grandeza do Deus de Salomão. Andrews Study Bible.

toda a tua vontade. Não se poderia esperar resposta mais gentil. Hirão se envolveu por completo com os planos de Salomão e concordou em fazer tudo o que ele pediu e com espírito voluntário e coração alegre. As tarefas deste mundo seriam muito mais leves se o mesmo espírito fosse encontrado com mais frequência no coração dos que têm oportunidades de reagirem a favores pedidos. CBASD, vol. 2, p. 817.

em jangadas. Quer dizer que os próprios troncos lavrados foram amarrados uns aos outros formando balsas. Bíblia Shedd.

até ao lugar que me designares. A cidade de Jope [hoje, parte de Tel-Aviv]. Andrews Study Bible.

11 Salomão deu a Hirão. O acordo entre Salomão e Horão era vantajoso para ambos. … Ambos deram do que tinham e receberam o que precisavam, portanto, ambos foram beneficiados. CBASD, vol. 2, p. 818.

12 sabedoria. A sabedoria é necessária em todas as áreas da vida, seja na religião ou nos negócios, no governo bem como na agricultura, no lar e na escola. Ela promove contentamento e prosperidade, felicidade e piedade. A verdadeira sabedoria vem de Deus e conduz a Ele. CBASD, vol. 2, p. 818.

13 arregimentou trinta mil trabalhadores de todo o Israel (NVI). V. notas em 9.15; 2Sm 20.24. O ressentimento entre o povo contra esse tipo de trabalho forçado acabou levando a um levante civil e à divisão do reino de Salomão imediatamente depois de sua morte (12.1-18). Bíblia de Estudo NVI Vida.

18 Gebal, hoje chamada Byblos, se localizava ao norte da atual Beirute, próximo da floresta de cedros. Life Application Study Bible Kingsway.

Gebal (ou Biblos) se tornara internacionalmente conhecida por seu comércio de papiro, a forma antiga de papel feita de folhas prensadas e secas da cana de papiro. Bíblia de Genebra.




%d blogueiros gostam disto: