Reavivados por Sua Palavra


MALAQUIAS 1 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
25 de abril de 2021, 0:50
Filed under: Sem categoria

894 palavras

1 Sentença. A “sentença” de Malaquias era para que Israel não esquecesse as lições do passado. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1236.

Em que nos tens amado? Esforçando-Se para despertar o povo para a percepção de sua ingratidão, o Senhor faz perguntas específicas. O Seu amor os constituiu como nação (Dt 7:6-9; ver p. 1233, 1234). CBASD, vol. 4, p. 1236.

Todavia, amei. Referindo-se aos irmãos gêmeos (Gn 25:24-26), que tiveram a mesma hereditariedade e o mesmo ambiente, o Senhor deixou claro aos judeus que o favor divino não veio a Israel por causa de nascimento, mas por causa do caráter, Jacó foi o único que, embora tendo cometido erros dolorosos, por fim, devotou a vida ao serviço de Deus. CBASD, vol. 4, p. 1236.

3 Aborreci a Esaú. O contexto sugere que Edom, a nação dos descendentes d Esaú, é primariamente mencionada neste versículo, em vez do próprio Esaú como pessoa. O verbo “aborreci”é uma típica hipérbole [exagero] oriental (ver Gn 29:33; Dt 21:15; ver com. de Sl 119:136) e não deve ser tomado em seu sentido literal. Neste versículo, o Senhor indica claramente Sua preferência por Jacó  seus descendentes. Essa preferência, naturalmente, é fruto do relacionamento dos dois irmãos com Deus. Uma vez que Jacó era espiritualmente orientado e possuía a fé que salva, amando as coisas de Deus, seus pecados foram perdoados e ele desfrutou o companheirismo e o favor divino. Esaú, por outro lado, era uma “pessoa profana” e mundana, sem amor pelas coisas e, assim, punha a si mesmo fora do favor de Deus (Hb 12:16, 17). CBASD, vol. 4, p. 1236, 1237.

A frase não se refere a uma hostilidade pessoal em relação a Esaú. Na verdade, Deus proibiu que esse tipo de ódio fosse dirigido aos edomitas (Dt 23:7). Bíblia de Estudo Andrews.

Dei. Considerando que, após o retorno do cativeiro, os israelitas tomaram posse da sua terra e a cultivaram, restaurando Jerusalém e seu templo, os edomitas não parecem ter-se recuperado da desolação e destruição impostas sobre eles pelos babilônios. CBASD, vol. 4, p. 1237.

3, 4 Esta declaração de derrota e juízo perpétuo contra os edomitas foi cumprida durante o período de 550 a 400 a.C., quando os nabateus derrotaram os edomitas aos poucos e os perseguiram desde o sul da Palestina até uma região posteriormente chamada de Idumeia. Bíblia de Estudo Andrews.

5 Vossos olhos. Isto é, os de Judá. Quando o povo sentisse a realidade do amor de Deus, a queixa e murmuração dariam lugar ao louvor e gratidão por Sua bondade. CBASD, vol. 4, p. 1237.

Dos limites de Israel. … possivelmente seja uma expressão que indica o mundo todo. CBASD, vol. 4, p. 1237.

7 Pão. Do heb. lechem, palavra às vezes usada para alimentos em geral (ver Gn 3:19; 43:32; Êx 2:20). “Pão” não poderia se referir aos pães da proposição, porque eles não eram ofertados no altar. Possivelmente “pão”, neste versículo, se referira à carne das vítimas sacrificiais (ver Lv 3:9-11, 15, 16). Este é, possivelmente, um dos exemplos que poderiam ser dados acerca da negligência deles em seguir a lei ritual. CBASD, vol. 4, p. 1237.

Que pensais. Eles possivelmente não expressavam abertamente desprezo pelo altar do Senhor, mas por meio de ações. CBASD, vol. 4, p. 1237.

A mesa do SENHOR. Uma referência ao altar de sacrifício. CBASD, vol. 4, p. 1237.

8 Animal cego para o sacrificardes. Uma vez que a lei exigia que as vítimas sacrificais fossem “sem defeito” (Lv 22:19), os sacrifícios mencionados neste versículo eram uma ofensa a Deus. O povo argumentava que não fazia diferença se as vítimas sacrificadas eram perfeitas ou não. Eles queriam se livrar das ovelhas e do gado deformados e manter os animais perfeitos para si mesmos. Deus designou que as pessoas apresentassem a Ele o melhor. Reservar o melhor para algum outro propósito é evidência de que Deus não está em primeiro lugar. Oferecer a Deus menos que o melhor é, na verdade, não oferecer nada. CBASD, vol. 4, p. 1237.

Governador. Do heb. pachah, “um governador provincial” (ver com. de Ag 1:1). Oferecer a um dignatário o que era defeituoso seria insulto. Se isso era verdade no que diz respeito ao ser humano, quanto mais o seria com respeito ao grande e exaltado “SENHOR dos Exércitos” (ver com. de Jr 7:3). CBASD, vol. 4, p. 1237.

10 feche as portas. Uma provável referência às portas da entrada do átrio dos sacerdotes, no complexo do templo. Caso essas portas estivessem fechadas, seria impossível oferecer sacrifícios. Isso seria melhor do que os sacrifícios defeituosos que o povo apresentava. Bíblia de Estudo Andrews.

A oferta. Do heb. minchah, normalmente a oferta de “farinha” ou “cereal” (ver com. de Lv 2:1). Talvez o profeta, neste versículo, queira dizer que essas ofertas alimentícias, que naturalmente não eram imundas, eram inaceitáveis a Deus por causa do espírito errado com que eram oferecidas. CBASD, vol. 4, p. 1238.

11 Desde o nascente. Era propósito de Deus que a verdadeira adoração fosse espalhada por toda a Terra (ver p. 12-25). CBASD, vol. 4, p. 1238.

Malaquias enfatiza um tema universal muito presente no NT, unindo-se a outros profetas que também previram um momento em que os povos de todas as portas do mundo adorarão o Deus verdadeiro (Is 45:22-24; 49:6; Sf 2:11; 3:8-10; Zc 14:16). Bíblia de Estudo Andrews.

13 Que canseira! Uma alusão ao tédio e desdém dos sacerdotes ao realizar os serviços do templo. CBASD, vol. 4, p. 1238.

O dilacerado. Literalmente, “aquilo que foi pego pela violência”, isto é, coisas roubadas ou tomadas erradamente. CBASD, vol. 4, p. 1238.

Aceitaria Eu … ? Eles bem sabiam que nenhum ser humano se agradaria com tias presente (ver v. 8). Por que pensavam que Deus Se Agradaria? CBASD, vol. 4, p. 1238.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: