Reavivados por Sua Palavra


SOFONIAS 3 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
8 de abril de 2021, 0:50
Filed under: Sem categoria

625 palavras

1 Ai. Passando a falar a Jerusalém, Sofonias a adverte de que a punição de Deus para os ímpios incluiria também os pecadores impenitentes de Judá (v. 1-5).

3. Leões rugidores. Os líderes de Judá devoravam o povo como presa (ver Pv 28:15). Durante a minoridade do rei Josias tal procedimento seria comparativamente fácil.

4 Profetas. Isto é, os falsos profetas (ver Mq 2:11; 3:5).

Levianos. Literalmente, “insolentes” ou “dissolutos.

Profanam o santuário. Os sacerdotes ímpios não faziam diferença entre o sagrado e o profano (ver Ez 22:26).

Lei. Do heb. Torah (ver com. de Dt 31:9; Pv 3:1). Os sacerdotes deviam ser os guardiões dos ensinos de Deus e os disseminadores da luz da verdade divina (ver com. de 2Cr 15:3); mas, em vez disso, eram precisamente eles que desviavam o povo da lei de Deus.

5 No meio. Os transgressores recebem um severo lembrete de que Deus sempre está entre eles, testemunhando de Sua justiça através do templo, de seus serviços e de seus verdadeiros adoradores, removendo assim qualquer desculpa para a desobediência à Sua vontade.

6 Exterminei. Os transgressores sabiam que, no passado, o Senhor havia exterminado nações ímpias, como os cananeus, quando os israelitas tomaram posse da terra prometida e, também o reino do norte de Israel, que foi destruído pela Assíria. Assim Judá, juntamente com outras nações, é aqui advertida da punição de Deus como resultado do pecado.

Ninguém que as habite. Esta profecia se cumpriu durante o cerco final a Jerusalém, mesmo antes de a cidade cair (vem com. de Jr 32:43). A linguagem empregada simplesmente significava que Judá seria assolada.

Eles se levantaram de madrugada. Um idiomatismo hebraico que significava fazer algo com intenso desejo ou determinação (ver com. de Jr 7:13).

8 Esperai-me, pois. Como os pecadores não queriam se arrepender, o castigo divino seria certo.

Os massoretas (ver vol. 1, p. 10-12) notaram que este é o único versículo em todo o AT que contém todas as 22 letras do alfabeto hebraico.

9 Então. Esta passagem claramente indica um tempo de restauração para Israel.

10 Etiópia. Do heb. Kush (ver com. de Sf 2:12).

Sacrifícios. Do heb. minchah, aqui usado como um presente ofertado a Deus (ver com de Lv 2:1).

11 Naquele dia. O profeta indica um tempo futuro quando as pessoas servirão ao Senhor com sinceridade e de todo o coração.

Tirarei. Naquele dia, serão destruídos os que de forma soberba e autossuficiente andaram em seus próprios caminhos e confiaram no que é material e secular, em vez de confiar em Deus (ver Is 2:12-22).

12 Modesto. Do heb. ‘ani, traduzido como “humilde” (Zc 9:9) e “aflitos” (Sl 9:12). O profeta está descrevendo as qualificações de caráter dos remanescentes. Era propósito de Deus que não se encontrasse entre Seus filhos nenhum indivíduo que exaltasse a si mesmo ou que fosse autossuficiente e vaidoso.

14 Filha de Sião. Isto é, Jerusalém (ver com. de Is 1:8).

16 Afrouxem. Do heb. rafah, “afundar”, “deixar cair”, ou “baixar”. “Afrouxar os braços” é uma expressão idiomática que significa “desanimar-se” ou “perder a coragem”.

17 Com júbilo. A NTLH diz: “Ele cantará”. A medida do amor e da alegria que Deus terá em relação a Seu povo é tal que Deus é apresentado como se estivesse cantando.

18 Entristecidos. Enquanto estavam no exílio, os fiéis de Deus foram privados de frequentar as festas sagradas (ver Os 2:11). Pela fé, o profeta espera o tempo em que os verdadeiros filhos de Deus estarão reunidos para adorá-Lo, sem ser perturbados por qualquer “opróbrio”.

19 Salvarei os que coxeiam. A obra do Senhor sempre é ajudar os que necessitam, aqueles que talvez estejam tropeçando ao longo do caminho da vida. Deus espera que cooperemos com Ele ao estendermos essa ajuda a outros (ver T6, 458).

20 Eu vos farei voltar. O profeta encerra seu livro com um glorioso quadro de promessa, enfatizando a futura restauração do cativeiro babilônico (ver p. 18, 19).

 

Referências: Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1176-1178.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



<span>%d</span> blogueiros gostam disto: