Reavivados por Sua Palavra


1SAMUEL 12 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
17 de junho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Tão somente, pois, temei ao Senhor e servi-O fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez” (v.24).


Samuel serviu a Israel desde a tenra idade até envelhecer. Em sua velhice, declarou o fim de sua liderança sob o estandarte da fidelidade. O profeta iniciou como uma criança que “crescia diante do Senhor” (1Sm.2:21) e encerrou como um idoso que permanecia fiel diante de Deus: “o meu procedimento esteve diante de vós desde a minha mocidade até ao dia de hoje” (v.2). “Eis-me aqui” (v.3), foi a sua atitude diante de todos os filhos de Israel para que provassem se algum mal lhes tinha causado. E, como Deus por Testemunha, todo o povo confirmou o caráter íntegro do profeta.

Em suas palavras, Samuel fez um pequeno paradoxo entre a fidelidade de Deus e a infidelidade de Israel. Como um filho malcriado, Israel exigia ver cumpridos todos os seus caprichos. Até ao ponto de rejeitar a teocracia e, insolentemente, exigir a monarquia. Mas apesar de sua rejeição ao plano divino, se fossem obedientes ao conselho do profeta, seriam bem-sucedidos: “Se temerdes ao Senhor, e O servirdes, e Lhe atenderdes à voz, e não Lhe fordes rebeldes ao mandado, e seguirdes o Senhor, vosso Deus, tanto vós como o vosso rei que governa sobre vós, bem será” (v.14).

A exortação do profeta, porém, precisava ser acompanhada de algo visível que desse ao povo um vislumbre dos resultados de suas más escolhas. E “o Senhor deu trovões e chuva naquele dia; pelo que todo o povo temeu em grande maneira ao Senhor e a Samuel” (v.18). Os filhos de Israel haviam aprendido a temer a Deus da forma errada. Seus pecados os acusavam diante de Deus. E, mediante a manifestação do poder do Senhor, não O adoravam, mas dEle se escondiam. Rogaram, pois, que o profeta intercedesse por eles. E a resposta de Samuel foi: “Não temais”, mas não se desviem de seguir a Deus de todo o coração (v.20).

Samuel foi dedicado a Deus por sua mãe, mas também decidiu entregar-se a Ele voluntariamente. E sua vida foi uma demonstração de humildade, fidelidade e confiança. Não havia coisa alguma de que o povo pudesse acusá-lo. Todavia, não se tratava apenas de reputação, mas de comunhão. Antes de ser amigo do povo, Samuel era amigo de Deus. Como o Pai lhe orientava, também como um pai cuidava de Israel. Não que fosse perfeito em tudo, mas em tudo era perfeitamente habilitado pelo Senhor.

O quanto necessitamos reviver os princípios que outrora moveram os grandes homens e mulheres de Deus a avançarem na divina obra! Humildade, fidelidade, dependência e confiança que, somados ao poder de Deus, iluminaram o mundo. Se tivéssemos mais intercessores e menos críticos, certamente poderíamos proclamar com poder que abalaria a Terra: “Eis o Noivo! Saí ao Seu encontro!” (Mt.25:6). Samuel não deixou de advertir os filhos de Israel, mas também não ousou deixá-los à sua própria sorte, antes, lhes ensinou “o caminho bom e direito” (v.23), intercedendo ao Senhor por eles. Você deseja aprender o caminho bom e direito? Então persevere em examinar as Escrituras e não negligencie o privilégio da oração. “Tão-somente, pois, temei ao Senhor e servi-O fielmente de todo o vosso coração” (v.24). Vigiemos e oremos!

Bom dia, homens e mulheres de oração!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Samuel12 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: