Reavivados por Sua Palavra


1SAMUEL 7 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
12 de junho de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Tomou, então, Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor” (v.12).


Há uma sequência a ser observada no relato de hoje. Notem que, primeiro, o povo dirigiu lamentações a Deus, orou, chorou, e, por se voltar a Ele de todo o coração, deu ouvidos a voz de Deus por meio do profeta, livrando-se de tudo o que lhe trazia maldição, arrependendo-se de seus maus caminhos e confessando os seus pecados. Essa, meus irmãos, é a fórmula para se obter o perdão e a salvação. A busca de Deus para salvar o pecador pode ser um processo lento, gradativo, rápido ou até instantâneo. Vamos analisar alguns exemplos bíblicos para entendermos cada situação:

  1. Processo lento: Manassés. Um dos piores reis de Judá, Manassés era tão sanguinário que não via problema algum em sacrificar seus filhos a deuses pagãos, e, segundo a tradição, mandou serrar o profeta Isaías ao meio. Era tão cruel, que as Escrituras dizem que ele fez o povo tornar-se pior do que as nações que Deus havia destruído (2Cr.33:9). Detalhe, ele começou a reinar aos 12 anos de idade e reinou 55 anos. Foi tempo o suficiente para inúmeros apelos divinos. Só quando foi afligido e preso como um animal, orou, se humilhou e se arrependeu diante de Deus. Uma oração e Deus o cobriu de perdão;
  2. Processo gradativo: Que melhor exemplo do que o do apóstolo Pedro? Pedro era impulsivo e autossuficiente. Queria estar sempre perto de Cristo, sempre se adiantava em falar, sempre se adiantava em agir. Era uma pedra bruta. Mas o Senhor o foi lapidando com paciência e amor. As suas epístolas provam a mudança ocorrida na vida daquele homem. E a sombra de Jesus projetada em sua vida fazia com que até a sua sombra manifestasse a glória de Deus (At.5:15);
  3. Processo rápido: Se teve um processo que foi rápido, foi o de Zaqueu. De cobrador de impostos fraudulento a cristão honesto. Bastou um olhar do Salvador, bastou o tempo de uma refeição, para que o homem corrupto fosse transformado em homem de bem (Lc.19:1-10);
  4. Processo instantâneo: Creio que não há na Bíblia um processo entre conversão, arrependimento e salvação mais rápido do que o foi com o ladrão na cruz. Aquele homem não teve tempo e nem oportunidade de descer da cruz, ser batizado e recomeçar a sua vida transformada. Ele só teve a chance de abrir o coração, se arrepender e clamar por ajuda. Só que ele estava diante do Senhor do Universo, da Água da vida e do Doador da vida aos que nEle crêem. Aquele homem clamou à Pessoa certa e morreu com a fiel promessa da ressurreição para a vida.

Que tipo de processo você viveu ou tem vivido? Meus amados, existem três fases na vida cristã. A primeira acontece como vimos nos exemplos anteriores. Deus tem maneiras diferentes de alcançar Seus filhos, porque Ele nos fez cada um com seu jeitinho especial. O que o Senhor realizou na vida daqueles personagens foi o processo de conversão. Após essa fase, inicia-se então a fase da santificação. E essa dura enquanto há vida. Deus não quer apenas uma entrega emocional e passageira. O encontro real com Cristo promove constante crescimento espiritual (2Co.3:18).

Não bastava os filhos de Israel pedirem a ajuda de Deus, eles precisavam fazer aquilo de todo o coração para que então pudessem iniciar a outra fase do processo: a santificação, o andar com Deus. Eles ainda se apoiavam na figura de Samuel, e não no Senhor. Seus pecados os haviam afastado tanto dEle, que não se sentiam seguros em buscar por si mesmos o socorro divino. Vendo em Samuel um homem de Deus, sabiam que o Senhor aceitaria a oração de Seu fiel servo. A resposta favorável do Senhor à oração de Seu profeta deveria ser para Israel uma prova inequívoca de que não os havia rejeitado. De que por mais longe que tivessem ido, Deus estava disposto a perdoá-los e transformá-los na poderosa e feliz nação cujo Deus é o Senhor (Sl.33:12).

Mas e quanto à terceira fase? Ah, esta é especial e definitiva: a glorificação. Porém, dependemos do êxito nas duas anteriores para podermos alcançá-la. Precisamos erguer em nosso coração, dia após dia, um monumento chamado Ebenézer. Reconhecer que dependemos totalmente de Deus em todas as circunstâncias, é o que nos coloca no centro de Sua vontade e o que nos guiará para Casa. Quando Jesus voltar, Ele não espera nos encontrar perfeitos, e sim perfeitamente dependentes do Espírito Santo. Se formos obedientes à Sua Palavra, não temos o que temer: “Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos Seus profetas e prosperareis” (2Cr.20:20). Vigiemos e oremos!

Bom dia, povo cujo Deus é o Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Samuel7 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: